Página 1 dos resultados de 15 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

‣ Influência do uso de aditivos alternativos a antimicrobianos sobre o desempenho, morfologia intestinal e imunidade de frangos de corte; Influence of the use of alternative additives instead of antimicrobials on the performance, intestinal morphology and immunity of broilers

Nunes, Aryana Duckur
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
48.131724%
Frente à preocupação da saúde pública com o uso de antimicrobianos promotores de crescimento na produção animal, intensificou-se a pesquisa de estratégias alternativas aos antimicrobianos. Algumas pesquisas relacionadas ao uso de prebióticos e probióticos como aditivos têm demonstrado que estes, além de promoverem a modulação benéfica da microbiota intestinal, resultam em efeitos imunomodulatórios que permitiriam reduzir o estresse imunológico. Dessa forma, o presente estudo teve como objetivo verificar a influência de um prebiótico e de um probiótico sobre o desempenho, morfologia intestinal e parâmetros de imunidade de frangos de corte, tendo um antibiótico e um controle para comparação. Foram utilizados 960 pintos de corte, criados até 42 dias de idade sobre cama reutilizada. O delineamento era inteiramente casualizado, com 4 tratamentos: Dieta basal (DB) com Antibiótico; DB com Prebiótico; DB com Probiótico; Controle (DB) , sendo 8 repetições/tratamento. Quanto ao desempenho e, considerando-se o período total de criação, os aditivos alternativos testados não demonstraram efeito sobre o ganho de peso (GP), consumo de ração (CR) e mortalidade. Por sua vez, a conversão alimentar (CA) dos aditivos alternativos foi similar à do antibiótico...

‣ Influência do exercício sobre a resposta imunológica de ratos desnutridos.; Influence on the physical exercise on the immunological response of undenourished rats.

Cunha, Wilton Darleans dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
38.32767%
A desnutrição é capaz de induzir diversas alterações metabólicas afetando marcadamente a composição corporal e o sistema imunológico. O exercício físico, por sua vez, produz alterações no organismo para uma melhor capacidade de adaptação a situações de estresse. O desvio da situação de homeostase produzida pelo exercício físico induz uma reorganização de seus mecanismos funcionais, principalmente dos mecanismos endócrinos e imunológicos. Ainda é pouco conhecida a influência do exercício sobre a desnutrição e também as conseqüências sobre o sistema imunológico quando as duas variáveis são combinadas. Assim, esse trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos do exercício físico de endurance sobre ratos submetidos a um protocolo de desnutrição crônica. Avaliamos ratos Wistar machos, desnutridos por 16 semanas, divididos em 4 grupos: eutrófico sedentário (ES), eutrófico treinado (ET), desnutrido sedentário (DS), desnutrido treinado (DT). O treinamento físico foi realizado em esteira, por 10 semanas, 5 vezes por semana, com intensidade aproximada de 60- 65% do consumo máximo de oxigênio. Avaliou-se a composição corporal, através da aferição do peso corporal, peso dos tecidos muscular esquelético e adiposo...

‣ Caracterização da ação inibitória da crotoxina sobre as funções de células endoteliais em matriz extracelular bidimensional e tridimensional. Estudos in vitro.; Characterization of inhibitory action of Crotoxin on endothelial cells functions in two-dimensional and three-dimensional extracellular matrix: in vitro studies.

Kato, Ellen Emi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.509268%
Diversos estudos, in vivo e in vitro, demonstraram a atividade antitumoral da Crotoxina (CTX), toxina majoritária do veneno de serpente Crotalus durissus terrificus, porém, não foi demonstrada, até o momento, a ação desta toxina sobre eventos envolvidos com a neovascularização, essenciais para o crescimento e sobrevivência do tumor. Assim, neste estudo foi investigado o efeito in vitro da CTX sobre os eventos envolvidos com a angiogênese. A CTX inibiu, principalmente na concentração de 1,2µg/mL, a proliferação, adesão e a morfologia das células endoteliais murinas derivados do hemangioma do timo (t.End.1) sobre as matrizes de laminina, colágeno tipo I e fibronectina, bem como a migração por meio dos modelos de cicatrização (Wound Healing), quimiotaxia (transwell) e a formação de tubos no matrigel 3-D, tanto na presença de meio de cultura como no meio condicionado de célula tumoral. Ainda, a CTX inibiu a distribuição das subunidades v e 2 de integrinas e a polimerização do citoesqueleto de actina, evidenciados em microscopia confocal. Os resultados demonstram, pela primeira vez, que a CTX inibe os principais eventos envolvidos com a angiogênese, podendo contribuir de forma importante para o efeito inibitório da toxina sobre a progressão tumoral.; Several studies...

‣ Suprimento vascular arterial do timo em aves (Gallus gallus domesticus) da linhagem Master Gris Cou Plumé; Arterial vascular supply of the thymus in poultry (Gallus gallus domesticus) of the master gris cou plumé lineage

Lima, Eduardo Maurício Mendes de; Bravo, Martha de Oliveira; Vianna, André Rodrigues da Cunha Barreto; Silva, Frederico Ozanam Carneiro e; Severino, Renato Souto; Drummond, Sérgio Salazar; Santana, Marcelo Ismar Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
48.266455%
Para ampliar as informações sobre a morfologia comparativa, foram estudados, em aves (Gallus gallus domesticus) da linhagem Master Gris Cou Plumé, dados sobre o número de lobos tímicos, as origens, o número e a forma de distribuição das artérias que promoveram o suprimento sanguíneo deste órgão. Foram utilizadas 30 aves, 15 machos e 15 fêmeas, de aproximadamente seis semanas de idade, doadas, após morte natural, por criatórios do Distrito Federal. Os contingentes arteriais foram marcados com solução aquosa, a 50%, de Neoprene Látex “450”, corada com pigmento específico. Posteriormente, as aves foram fixadas e conservadas em solução aquosa, a 10%, de formaldeído, mediante aplicações intramusculares profundas, subcutâneas e intracavitárias e mantidas submersas na mesma solução. Foram encontrados de quatro a nove lobos tímicos cervicais e de um a dois lobos torácicos no antímero esquerdo; já no antímero direito, encontraram-se de três a sete lobos tímicos cervicais e de um a dois lobos torácicos. Verificou-se que os lobos tímicos foram supridos por ramos indiretos das artérias carótida comum, ingluvial, tireóidea caudal, tireóidea cranial, esofágica ascendente, comum do nervo vago e occipital...

‣ Suprimento arterial dos lobos cervicais do timo em fetos de suínos (Sus scrofa domesticus) da linhagem Camborough 25; Arterial supply of the cervical thymus lobes in swine fetuses (Sus scrofa domesticus) of the Camborough 25 lineage

Lima, Eduardo Maurício Mendes de; Paim, Tiago do Prado; Rocha, Leilane Dias; Borges, Bárbara Oliveira; Moraes, Daniella Dianese; Silva, Frederico Ozanam Carneiro e; Severino, Renato Souto; Drummond, Sérgio Salazar
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
78.48872%
O objetivo do presente estudo foi conhecer o suprimento arterial dos lobos cervicais do timo, relativamente às suas origens, distribuições e ordenações, em suínos (Sus scrofa domesticus) da linhagem Camborough 25. Foram estudados 29 suínos da linhagem Camborough 25, sendo 17 machos e 12 fêmeas. Os exemplares tiveram o sistema arterial preenchido com solução aquosa corada a 50% de Neoprene Látex, e, em seguida foram submetidos à fixação em solução aquosa a 10% de formaldeído. Observou-se uma grande variação individual na disposição, comprimento e calibre dos vasos supridores do timo, assim como uma grande variação individual na disposição, tamanho e espessura dos lobos cervicais do timo. As artérias cervical superficial (96,55%), carótida comum (54,54%) e occipital (55,17%) contribuíram com o suprimento vascular sanguíneo dos lobos cervicais do timo nos dois antímeros. Ainda foram vistos ramos das artérias lingual (3,45%) e carótida interna (3,45%) nos dois antímeros e da artéria subclávia (6,90%) no antímero esquerdo. Não foram evidenciadas diferenças significativas da vascularização dos lobos em relação aos antímeros e os sexos. Diante dos achados foi possível concluir que cada um dos animais apresentaram características próprias e peculiares...

‣ Artérias dos lobos torácicos do timo em fetos de suínos da linhagem camborough 22; Arteries of the thoracic lobes of thymus in camborough 22 swine fetuses

Lima, Eduardo Maurício Mendes de; Silva, Frederico Ozanam Carneiro e; Severino, Renato Souto; Queiroz, Daise Nunes; Silva, Thiago Lourenço da; Bombonato, Pedro Primo; Borges, Bárbara Oliveira; Vianna, André Rodrigues da Cunha Barreto
Fonte: Escola de Veterinária e Zootecnia Publicador: Escola de Veterinária e Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
58.60117%
O estudo teve como objetivo retratar os aspectos morfológicos particulares apresentados pelas artérias responsáveis pelo suprimento sanguíneo do timo em fetos de suínos da linhagem Camborough 22. Para tanto, as origens e distribuições das artérias que vascularizaram os lobos torácicos do timo, direito e esquerdo, foram estudadas em 30 fetos suínos, 15 machos e 15 fêmeas, da linhagem Camborough 22. Os exemplares tiveram o sistema arterial preenchido com solução aquosa a 50% de Neoprene Látex corado, através da parte descendente da aorta torácica, e em seguida foram submetidos à fixação em solução aquosa, a 10%, de formaldeído. Os lobos torácicos do timo eram irrigados pelos ramos diretos das artérias torácica interna direita (40%) e esquerda (30%) e cervical superficial esquerda (3,33%). O tronco bicarótico (3,33%) contribuiu com ramos diretos para o lobo torácico esquerdo do timo. As artérias torácica interna direita (66,67%) e esquerda (50%), subclávia direita (6,67%) e esquerda (6,67%), cervical profunda direita (3,33%) e escapular dorsal esquerda (3,33%) emitiram ramos indiretos para os correspondentes lobos torácicos do timo em cada antímero. Os troncos braquiocefálico (13,33%) e bicarótico (6...

‣ Irrigação e morfologia do timo de suínos híbridos Dalland e Penarlan; Thymus irrigation and morphology in hybrid Dalland and Penarlan pigs

Arruda, Patrícia Garcia Caporalli de; Barbosa, Beatrice Cristina Ribeiro; Silva, Frederico Ozanam Carneiro e; Severino, Renato Souto; Drummond, Sérgio Salazar; Lima, Eduardo Maurício Mendes de; Santana, Marcelo Ismar Silva
Fonte: Centro de Ciências Biológicas - Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Centro de Ciências Biológicas - Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
68.74355%
O objetivo desta pesquisa foi contribuir com dados relativos à morfologia e à irrigação do timo de fetos de suínos, resultantes do cruzamento entre as raças Dalland e Penarlan. Para tanto, foram utilizados 40 fetos de suínos (16 machos e 24 fêmeas), após óbito natural; eles foram doados pela Granja Beira-Rio, do município de Andradas (MG). O sistema vascular arterial dos animais foi preenchido com solução aquosa corada de látex (diluição a 50%), via aorta torácica, em seguida, houve fixação em formoldeído estabilizado (diluição a 10%), para posterior dissecação das artérias endereçadas aos lobos tímicos. As observações permitiram relatar que o timo foi irrigado por ramos diretos e indiretos das artérias cervicais superficiais direita e esquerda, carótidas comuns direita e esquerda, torácicas externas direita e esquerda e torácicas internas direita e esquerda. As principais artérias supridoras dos lobos tímicos cervicais foram as artérias cervicais superficiais, enquanto que o lobo torácico recebeu um maior número de ramos das artérias torácicas internas direita e esquerda. Após as análises estatísticas, foi possível concluir que não existe correlação entre o tamanho do timo e os ramos das artérias que o irrigam. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This research aimed to contribute with data related to the morphology and irrigation of the thymus of swine fetuses...

‣ Morfologia e biometria do timo em araras dos gêneros Ara e Anodorhynchus; Morphology and biometry of the thymus gland in macaw of Ara and Anodorhynchus genera

Lima, R.Z.; Gonçalves, E.S.; Santana, Marcelo Ismar Silva; Lima, Eduardo Maurício Mendes de; Silva, F.O.C.; Severino, Renato Souto; Drummond, S. S.; Armando, A.P.R.N.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
48.44878%
Foram utilizados 12 exemplares de Ara ararauna – seis fêmeas e seis machos –, cinco exemplares de Ara chloropterus (uma fêmea e quatro machos) e dois exemplares de Anodorhynchus hyacinthinus – uma fêmea e um macho –, todos adultos, doados por criadouro particular, após óbito natural. Os lobos foram dissecados e medidos com paquímetro – comprimento x largura x espessura – e analisados quanto ao peso, à topografia e à morfologia individual. Independentemente do gênero, foram identificados, em 17 casos (89,5%), lobos tímicos nos antímeros cervicais esquerdo e direito, e em oito casos (42,1%), lobos na cavidade celomática. Os lobos apresentaram formatos alongados – 52,6% –, arredondados – 21,1% – ou ovalados – 15,8% –, posicionados preferencialmente ventromedialmente ao longo do plexo vasculoneural do pescoço, com número médio de cinco lobos por antímero, tamanho médio de 0,49cm de comprimento, 0,12cm de largura e 0,05cm de espessura e peso médio de 0,076g. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Twelve samples of Ara ararauna – six females and six males –, five samples of Ara chloropterus (one female and four males) and two samples of Anodorhynchus hyacinthinus (one female and one male)...

‣ Embryonic thymic epithelium differentiation in chicken: study of molecular signals involved in lymphoid progenitor cells colonization

Zilhão, Rita, 1959-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
38.769253%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Molecular e Genética). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012; O timo é o órgão linfóide primário responsável pela diferenciação de progenitores hematopoiéticos linfóides (PHL) em linfócitos T maduros. Após o nascimento, os PHL entram no timo através dos vasos sanguíneos e iniciam a timopoiese, processo complexo de diferenciação em linfócitos T. Os PHL começam por especificar-se na linhagem T e depois iniciam o seu longo processo de diferenciação adquirindo coreceptores de membrana característicos das células T maduras, como os marcadores CD3, CD4 e CD8. A timopoiese é essencial para a constituição de um sistema imunitário saudável. De facto, os linfócitos T são o componente principal do sistema imunitário adaptativo, capazes de responder a agentes infecciosos, e aumentando a capacidade de defesa do organismo com cada exposição a antigénios específicos. O timo é um órgão constituído por células epiteliais tímicas (CET), células mesênquimais derivadas da crista neural (CN), células dos vasos sanguíneos e células hematopoiéticas. O seu desenvolvimento está intimamente ligado ao das glândulas paratiróides, uma vez que os seus epitélios partilham a mesma origem embrionária: a endoderme das terceira e quarta bolsas faríngicas (3/4 BF)1...

‣ Morfologia e biometria do timo em araras dos gêneros Ara e Anodorhynchus

Lima,R.Z.; Gonçalves,E.S.; Santana,M.I.; Lima,E.M.M.; Silva,F.O.C.; Severino,R.S.; Drummond,S.S.; Armando,A.P.R.N.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
68.46892%
Foram utilizados 12 exemplares de Ara ararauna - seis fêmeas e seis machos -, cinco exemplares de Ara chloropterus (uma fêmea e quatro machos) e dois exemplares de Anodorhynchus hyacinthinus - uma fêmea e um macho -, todos adultos, doados por criadouro particular, após óbito natural. Os lobos foram dissecados e medidos com paquímetro - comprimento x largura x espessura - e analisados quanto ao peso, à topografia e à morfologia individual. Independentemente do gênero, foram identificados, em 17 casos (89,5%), lobos tímicos nos antímeros cervicais esquerdo e direito, e em oito casos (42,1%), lobos na cavidade celomática. Os lobos apresentaram formatos alongados - 52,6% -, arredondados - 21,1% - ou ovalados - 15,8% -, posicionados preferencialmente ventromedialmente ao longo do plexo vasculoneural do pescoço, com número médio de cinco lobos por antímero, tamanho médio de 0,49cm de comprimento, 0,12cm de largura e 0,05cm de espessura e peso médio de 0,076g.

‣ Morfologia de frutos, sementes e plântulas de Averrhoa bilimbi L. oriundas de dois estágios de maturação

Santos,Helder Henrique Duarte; Matos,Valderez Pontes; Albuquerque,Aurélia Pietrina da Costa; Sena,Lúcia Helena de Moura; Ferreira,Elane Grazielle Borba de Sousa
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.66692%
Este trabalho teve por objetivo descrever as características morfológicas de frutos, sementes e plântulas de Averrhoa bilimbi L. oriundas de frutos imaturos e maduros. Os frutos de A. bilimbi foram separados de acordo com a sua coloração em frutos imaturos e maduros. O registro das características morfológicas dos frutos, sementes e plântulas foram realizados por meio de ilustrações manuais, fotografias e descrições de todos os aspectos morfológicos. Para o estudo da morfologia da germinação e plântula, foram semeadas quatro repetições de 25 sementes sobre substrato papel mata-borrão e levadas ao germinador tipo B.O.D., regulado à temperatura constante de 30°C e regime de luz contínua. Os frutos tanto imaturos como maduros variaram apenas quanto ao tamanho, consistência e coloração, sendo as demais características comuns à espécie. As sementes dos frutos imaturos e maduros diferenciaram-se quanto à turgescência dos tecidos, assim como sua coloração, brilho e textura. A germinação é do tipo epígea e fanerocotiledonar, com início no sétimo dia e término no décimo quinto dia após semeadura...

‣ Indução de danos Oxidativos em celulas de mamifero por isoproterenol e cobre

Paola Rocha Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2001 Português
Relevância na Pesquisa
17.523812%
O isoproterenol (lP) é uma catecolamina sintética de grande interesse farmacológico, por ser o mais potente agonista (3-adrenérgico conhecido. Recentes trabalhos revelaram o envolvimento das reações de oxidação de IP em mecanismos de cardiotoxicidade. O cobre é um microelemento essencial que possui um papel fundamental no metabolismo dos organismos vivos. Em excesso, o cobre é muito tóxico, fato este ilustrado em disfunções neurodegenerativas como: Doenças de Menkes e Wilson. Os estudos de oxidação do IP mostraram que os metais de transição, principalmente, Cu+2 são catalisadores da reação. Neste trabalho são apresentados alguns efeitos tóxicos de IP associado ao Cu+2, sobre proteína e DNA ín vítro, e em cultura de fibroblastos de pulmão de hamster chinês. O complexo IP/Cu+2 induziu a formação de carbonilas em aminoácidos e fragmentação da cadeia polipeptídica da SSA, e a formação de 8-0H-2'-desoxiguanosina em DNA de timo bovino. O sistema contendo IP até 7,OIJM, associado ao Cu+2 (2SIJM), inibiu totalmente a proliferação celular. A oxidação de IP/Cu+2 promoveu outras alterações funcionais, como a perda da adesão celular às placas de cultura e a perda da viabilidade celular. Em condições contendo IP isolado do metal não foram encontrados efeitos significativos. Alterações morfológicas foram encontradas nas células tratadas com IP/Cu+2...

‣ Staphylococcus aureus em leite cru. I. Contagem, verificação da enterotoxigenicidade e fagotipagem das cepas isoladas; Staphylococcus aureus in raw milk. Bacterial counts, enterotoxin production and phage-typing of the isolates

Araujo, Wanderley Pereira de; Iaria, Sebastiao Timo; Paim, Gil Vianna; Sole-Verni, Carlos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/1989 Português
Relevância na Pesquisa
27.509268%
Foram analisadas 100 amostras de leite cru, obtidas na plataforma de recepção da Usina de Pasteurização do Centro Intraunidade de Zootecnia e Indústrias Pecuárias (CIZIP) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, localizado no Município de Pirassununga, SP. A partir de cada amostra realizou-se a contagem de S. aureus, em ágar Baird-Parker a 37 0C por 24-48 horas, sendo as cepas isoladas identificadas através da verificação microscópica da morfologia e das provas de produção de catalase, de fermentação/oxidação de glicose e da produção de coagulase e termonuclease. Das amostras analisadas, 50 revelaram-se positivas para S. aureus, com contagens que variaram de 30 a 110.000/ml de leite. Das amostras positivas foram isoladas 201 cepas, as quais foram submetidas e verificação da capacidade produtora de enterotoxina estafilococica, empregando-se um método de cultura em saco de celofane. Para a constatação da presença de enterotoxina nos extratos obtidos, usou-se o processo da dupla imunodifusão em gel, em laminas. Do total de cepas examinado, apenas uma, isolada de una amostra com 860 S. aureus por ml de leite, mostrou-se produtora de enterotoxina do tipo B. A fagotipagem esta cepa foi lisada unicamente pelo fago 53...

‣ Suprimento vascular arterial do timo em aves (Gallus gallus domesticus) da linhagem Master Gris Cou Plumé

Bravo, Martha de Oliveira; Vianna, André Rodrigues da Cunha Barreto; Carneiro e Silva, Frederico Ozanam; Severino, Renato Souto; Drummond, Sérgio Salazar; Santana, Marcelo Ismar Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
48.266455%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n3p171Para ampliar as informações sobre a morfologia comparativa, foram estudados, em aves (Gallus gallus domesticus) da linhagem Master Gris Cou Plumé, dados sobre o número de lobos tímicos, as origens, o número e a forma de distribuição das artérias que promoveram o suprimento sanguíneo deste órgão. Foram utilizadas 30 aves, 15 machos e 15 fêmeas, de aproximadamente seis semanas de idade, doadas, após morte natural, por criatórios do Distrito Federal. Os contingentes arteriais foram marcados com solução aquosa, a 50%, de Neoprene Látex “450”, corada com pigmento específico. Posteriormente, as aves foram fixadas e conservadas em solução aquosa, a 10%, de formaldeído, mediante aplicações intramusculares profundas, subcutâneas e intracavitárias e mantidas submersas na mesma solução. Foram encontrados de quatro a nove lobos tímicos cervicais e de um a dois lobos torácicos no antímero esquerdo; já no antímero direito, encontraram-se de três a sete lobos tímicos cervicais e de um a dois lobos torácicos. Verificou-se que os lobos tímicos foram supridos por ramos indiretos das artérias carótida comum, ingluvial, tireóidea caudal, tireóidea cranial...

‣ Irrigação e morfologia do timo de suínos híbridos Dalland e Penarlan

Caporalli de Arruda, Patrícia Garcia; Laboratório de Anatomia Veterinária, PUC Minas, Campus Poços de Caldas; Ribeiro Barbosa, Beatrice Cristina; Laboratório de Anatomia Veterinária da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade d
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
88.94042%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n4p207 O objetivo desta pesquisa foi contribuir com dados relativos à morfologia e à irrigação do timo de fetos de suínos, resultantes do cruzamento entre as raças Dalland e Penarlan. Para tanto, foram utilizados 40 fetos de suínos (16 machos e 24 fêmeas), após óbito natural; eles foram doados pela Granja Beira-Rio, do município de Andradas (MG). O sistema vascular arterial dos animais foi preenchido com solução aquosa corada de látex (diluição a 50%), via aorta torácica, em seguida, houve fixação em formoldeído estabilizado (diluição a 10%), para posterior dissecação das artérias endereçadas aos lobos tímicos. As observações permitiram relatar que o timo foi irrigado por ramos diretos e indiretos das artérias cervicais superficiais direita e esquerda, carótidas comuns direita e esquerda, torácicas externas direita e esquerda e torácicas internas direita e esquerda. As principais artérias supridoras dos lobos tímicos cervicais foram as artérias cervicais superficiais, enquanto que o lobo torácico recebeu um maior número de ramos das artérias torácicas internas direita e esquerda. Após as análises estatísticas, foi possível concluir que não existe correlação entre o tamanho do timo e os ramos das artérias que o irrigam.