Últimos itens adicionados do Acervo: Universidade Federal do Pará

Universidade Federal do Pará (UFPA) é uma universidade pública mantida pelo governo federal do Brasil. É considerada a maior, melhor e mais conceituada instituição federal da Região Norte do Brasil.

Página 14 dos resultados de 4789 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

‣ Estudo geossociolingu?stico da varia??o lexical na zona rural do estado do Par?

GUEDES, Regis Jos? da Cunha
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Este estudo tem por objetivo principal mapear uma parcela do corpus coletado por pesquisadores do projeto GeoLinTerm para a elabora??o do Atlas Geossociolingu?stico do Par? (ALIPA) no intento de projetar imagens pr?vias desse, no que se refere ? varia??o lexical na zona rural do Estado. Para tanto, foram cartografados dados de doze munic?pios, sendo dois de cada uma das seis mesorregi?es paraenses, quais sejam: Santar?m e Oriximin? (Mesorregi?o do Baixo Amazonas); Anaj?s e Breves (Mesorregi?o do Maraj?); Castanhal e Santo Ant?nio do Tau? (Mesorregi?o Metropolitana de Bel?m); Abaetetuba e Bragan?a (Mesorregi?o Nordeste); Altamira e Itaituba (Mesorregi?o Sudoeste); e Concei??o do Araguaia e Reden??o (Mesorregi?o Sudeste). Foram adotados os pressupostos te?rico-metodol?gicos da Dialetologia e da Geografia Lingu?stica, essas que, com o advento da Sociolingu?stica Labovina, passaram a controlar variantes sociais, como: sexo, idade, escolaridade dos informantes, al?m da variante geogr?fica tradicionalmente estudada, o que resultou no que se entende hoje por multidimensionalidade nos atlas lingu?sticos. Os dados foram selecionados, transcritos foneticamente, cartografados e discutidos. As an?lises foram realizadas no intuito de dar conta das dimens?es diat?pica...

‣ Os instrumentos formativos no processo de ensino/aprendizagem da escrita

LAMEIRA, Renata dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O presente estudo versa sobre os instrumentos formativos e os processos de regula??o na aprendizagem da produ??o escrita, em Portugu?s como l?ngua materna. Inscreve-se na perspectiva da avalia??o formativa de orienta??o franc?fona, que se focaliza nos processos de regula??o e de autoavalia??o, com a finalidade principal de favorecer a aprendizagem, de maneira que os pr?prios aprendentes possam detectar suas dificuldades e, a partir das atividades de an?lise propostas, desenvolver instrumentos para super?-las. Articula-se esta concep??o da avalia??o com os pressupostos de uma abordagem interacionista do ensino/aprendizagem de l?ngua materna que visa, mediante atividades de linguagem significativas, promover a reflex?o sobre o uso da l?ngua e o desenvolvimento das compet?ncias discursivas. Neste contexto, relata-se um projeto de escrita de contos fant?sticos, realizado em uma turma do 7? ano do ensino fundamental, no ?mbito de uma pesquisa-a??o, metodologia essa que permite a todos os participantes ? professores e alunos ? serem sujeitos mais efetivos na constru??o do conhecimento. No desenvolvimento do projeto de escrita adotou-se o procedimento Sequ?ncia Did?tica, tal como modelizado por Schneuwly e Dolz (2004), uma vez que tal procedimento se coaduna plenamente com os princ?pios da avalia??o formativa. Ao longo da sequ?ncia foram sendo elaborados pelos participantes alguns instrumentos (listas...

‣ Das imagens de si ao mundo das edi??es: Paul de Kock, romancista popular

PAES, Alessandra Pantoja
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Paul de Kock ? considerado um escritor popular e de segunda monta do s?culo XIX franc?s. Partindo desse lugar comum, a presente disserta??o pretendeu investigar como o pr?prio Paul de Kock e seus bi?grafos o definiam enquanto escritor e, por outro lado, averiguar se os aspectos editoriais e materiais dos exemplares de suas obras presentes no acervo do Gr?mio Liter?rio Portugu?s do Par? podem dizer algo a respeito do suposto p?blico leitor ao qual suas obras se destinavam. Assim, no primeiro cap?tulo foram analisadas as biografias e autobiografia do escritor, buscando verificar qual teria sido a representa??o do escritor Paul de Kock elaborada em sua pr?pria ?poca. No segundo cap?tulo foram analisadas as caracter?sticas editoriais dos exemplares das obras do romancista franc?s presentes no Gr?mio Liter?rio Portugu?s do Par?, de modo a realizar um mapeamento dos intermedi?rios da literatura - editores, tip?grafos e tradutores - envolvidos no processo de publica??o dos romances do autor. No ?ltimo cap?tulo procuramos analisar as particularidades do suporte material de parcela dessas edi??es, com o intuito de compreender at? que ponto os formatos nos quais as obras do escritor circularam podem dar pistas sobre a representa??o dos editores acerca de seu prov?vel p?blico leitor...

‣ A personagem feminina em ?Linha do Parque?, de Dalc?dio Jurunadir

SANTOS, Alinnie Oliveira Andrade
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O escritor paraense Dalc?dio Jurandir (1909 ? 1979) al?m de publicar os dez romances que comp?em o chamado Ciclo do Extremo Norte, contribuiu para diversos peri?dicos de Bel?m e do Rio de Janeiro e escreveu o livro Linha do Parque (1959) sob encomenda do Partido Comunista Brasileiro (PCB) do qual era membro. Esse romance, escrito aos moldes do Realismo Socialista ? est?tica oficial da Uni?o Sovi?tica (URSS) naquele per?odo, que se estendeu tamb?m a v?rios outros pa?ses, por meio de seus partidos comunistas ? narra as lutas dos oper?rios na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, no decorrer da primeira metade do s?culo XX. Nessa obra, ? percept?vel o destaque dado ao trabalho das mulheres nas f?bricas e nas reuni?es da Uni?o Oper?ria, as quais participam ativamente, em igualdade com os homens, do movimento oper?rio retratado no livro. Este trabalho, portanto, objetiva analisar a import?ncia das personagens femininas para o desenvolvimento de tal narrativa, dando destaque ?quelas que tiveram grande participa??o nas lutas dos oper?rios descritas no romance, refletindo tamb?m sobre as manifesta??es ideol?gicas que est?o presentes na obra.; ABSTRACT: The writer Dalcidio Jurandir (1909 - 1979) published ten novels that comprise the so-called Ciclo do Extremo Norte...

‣ ?L?rias, letras, alegres ou tristes? do conto: oralidade e amor em Guimar?es Rosa

PANTOJA, Jorge Lu?s Ferreira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O estudo da novela "Uma est?ria de amor", de Guimar?es Rosa (1908-1967), que pretendemos desenvolver na realiza??o desta Disserta??o de Mestrado, traz como principal mote a recep??o cr?tica e a interpreta??o das cantigas, narrativas e est?rias cantadas e contadas durante a "Festa de Manuelz?o" (esp?cie de subt?tulo de "Uma est?ria de amor"). Desse modo, nosso trabalho ter? sua metodologia desenvolvida com fundamento na Est?tica da Recep??o, formulada por Hans Robert Jauss (1921-1997), por?m, n?o se trata de amparar a feitura dessa Disserta??o, ?nica e exclusivamente, nos m?todos est?tico-recepcionais, mas, de amparados pelos estudos hermen?uticos, sobretudo os formulados por Jauss, constituir um cen?rio poss?vel para a obra de Guimar?es Rosa, considerando suas v?rias interpreta??es e sua import?ncia para a afirma??o do car?ter vanguardista atribu?do ao seu legado, em especial ? "Uma est?ria de amor". Durante a realiza??o da festa que marcar? a inaugura??o da fazenda, os muito contadores e cantadores chegam ? Samarra (propriedade de Federico Freire, patr?o de Manuelz?o) com a miss?o de contar narrativas e cantigas que conduzir?o o velho vaqueiro a um raro momento de parada dos seus afazeres na fazenda, levando-o a fazer parte da celebra??o de sua festa. Com vista a realizar o objetivo proposto nesta Disserta??o...

‣ Entre cacauais e paran?-mirins: cultura e identidade em "Cenas da vida do Amazonas"

TRINDADE, Maria de Nazar? Barreto
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Este trabalho interpreta as categorias cultura e identidade a partir da trilogia Cenas da vida do Amazonas de autoria do escritor paraense de ?bidos, Herculano Ingl?s de Sousa. A an?lise foi realizada com base na perspectiva te?rica dos Estudos Culturais que se preocupam em conectar cultura, significado, identidade, poder e territ?rio, privilegiando a concep??o de Identidade.; RESUM?: Cette th?seinterpr?tela cultureet de l'identit?qui se d?gage des"Sc?nes de la vie de l'Amazonie" de la trilogie?critepar l'?crivain deObidosPara, Herculano Ingl?s de Sousa. L'analysea ?t? r?alis?e? partir dela perspective th?oriquedes ?tudes culturellesqui s'inqui?tent derelierla culture, le sens, l'identit?, le pouvoir et le territoire, en favorisant le concept d'identit?.

‣ A contribui??o da cultura para o desenvolvimento do territ?rio: um olhar de Ananindeua, na regi?o metropolitana de Bel?m, Par?

BASTOS, Eliana Benassuly Bog?a
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Esse trabalho vai ? escuta de artistas e agentes culturais para analisar suas a??es e as demandas delas correspondentes com o prop?sito de compreender quais as escolhas de Ananindeua para a cultura, sem perder de vista que a cidade ? livre para privilegiar ou n?o a cultura, orientado em perman?ncia pela convic??o de que a dimens?o cultural privilegia um desenvolvimento adaptado ao contexto do territ?rio e cultura locais ao permitir ?s comunidades protagonismo nesse processo da forma como elas o entendem e absorvem. Significa (re)pensar o territ?rio a partir das perspectivas que esse territ?rio se d? para o futuro no que diz respeito ao seu ordenamento e ao seu desenvolvimento, segundo a compreens?o de que a cultura como modo de express?o das diferen?as, ao mesmo tempo que o meio privilegiado de ultrapass?-las (TEISSERENC, 1997) ? um recurso para desenvolver a cidade. Nessa via, o desafio de buscar um modelo segundo a l?gica do desenvolvimento socioespacial pressup?e privilegiar o lugar da cultura ao propor um desenvolvimento autrement ? um outro desenvolvimento ? a partir do que as pessoas ? aqui artistas e agentes culturais ? desse territ?rio querem/entendem. O presente trabalho, portanto, compreende ser a cultura a via capaz de proporcionar um novo projeto do territ?rio elaborado por quem vive ali. Afinal...

‣ Desenvolvimento local sustent?vel como liberdade: uma experi?ncia de planejamento estrat?gico do Grupo de Mulheres Erva Vida

SILVA, Cleber Gomes da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
A presente disserta??o intitulada Desenvolvimento Local Sustent?vel como Liberdade: uma Experi?ncia de Planejamento Estrat?gico do Grupo de Mulheres Erva Vida tem como objetivo principal analisar as perspectivas das participantes do grupo Erva Vida na discuss?o de estrat?gias que contribuam para o processo de desenvolvimento local sustent?vel. Alicer?a seu arcabou?o te?rico, na apropria??o do conceito de Instrumental Freedoms (IF?s) , discutidas por Amartya Sen (2000). S?o ao mesmo tempo o fim e o meio do processo de desenvolvimento. Est?o entrela?adas e se fortalecem ? medida que s?o alcan?adas. Essas liberdades instrumentais foram denominadas de political freedom; econ?mic facilities; social opportunities; transparency e guarantees e measures ensurig social protection and security. Para alcance dos resultados desta pesquisa, foram observados os aspectos internos e externos de uma organiza??o social e an?lise das perspectivas de remo??o de restri??es a essas liberdades, a partir de uma experi?ncia de Planejamento Estrat?gico conduzido junto ao grupo de mulheres Erva Vida, em Marapanim (PA). O grupo foi selecionado a partir de uma a??o de economia solid?ria, desenvolvida pelo laborat?rio de Etnofarm?cia, do N?cleo de Meio Ambiente da UFPA com uma associa??o de mulheres do bairro Sossego...

‣ Projeto Tipitamba: um estudo sobre recep??o e desenvolvimento local na transfer?ncia de tecnologia ambiental

RUFFEIL, N?lia Rosa Sampaio
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O presente trabalho analisa como os instrumentos de comunica??o e de transfer?ncia de tecnologia criados pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecu?ria (Embrapa) no projeto ?Tipitamba? foram percebidos. Para tanto realizou-se um estudo de recep??o com os agricultores dos munic?pios de Igarap?-A?u e Marapanim, no nordeste do estado. A pesquisa baseou-se em instrumentos de comunica??o criados pela equipe do projeto Tipitamba como cartilhas educativas, calend?rios, folders e v?deos com o objetivo de ensin?-los a substituir a queima da vegeta??o, pr?tica agropastoril ou florestal muito usada na Amaz?nia, pela agricultura sem queima. O estudo tamb?m verifica se a ado??o da agricultura sem queima, ao longo de duas d?cadas de exist?ncia do projeto Tipitamba, contribuiu ou vem contribuindo para o desenvolvimento local a partir da percep??o dos agricultores familiares inseridos nessa pr?tica.; ABSTRACT: The present work analyzes as the communication instruments and of technology transfer created by the Brazilian Company of Agricultural Research (Embrapa) in the "Tipitamba" project were noticed. For so much it took place a reception study with the farmers of the municipal districts of Igarap?-A?u and Marapanim towns, in the northeast of the state. The research based on communication instruments created by the team of the Tipitamba Project as educational spelling books...

‣ N?veis de merc?rio, prolactina e interleucina 10 em mulheres em idade reprodutiva e pu?rperas dos munic?pios de Itaituba e Ananindeua, Par?

JESUS, Iracina Maura de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Ao merc?rio tem sido atribu?da a capacidade de interferir nos sistemas org?nicos imunol?gico e hormonal, al?m dos sistemas nervoso e renal frequentemente atingidos por esse agente t?xico. Mulheres em idade f?rtil ou gr?vidas constituem um grupo vulner?vel a esses efeitos, em rela??o a si mesmas e seus conceptos. Foi avaliada a exposi??o ao merc?rio (Hg) e os n?veis de prolactina (PRL) e interleucina-10 (IL-10) em 144 mulheres (no p?s-parto e cerca de um ano depois) de Itaituba, ?rea sob impacto ambiental do merc?rio e em mulheres de munic?pios da ?rea metropolitana de Bel?m, sobretudo Ananindeua, ?rea sem impacto conhecido do merc?rio (156 pu?rperas e 156 n?o pu?rperas). As an?lises de merc?rio total (Hg-t) em sangue foram feitas por Espectrometria de Absor??o At?mica por Vapor Frio. As an?lises s?ricas de PRL foram feitas por Ensaio Imunoenzim?tico com detec??o final em fluoresc?ncia e as determina??es de IL-10 foram realizadas por Ensaio Imunoenzim?tico de Fase S?lida. Dados demogr?ficos e epidemiol?gicos foram obtidos atrav?s de question?rio semi-estruturado. As pu?rperas de Itaituba apresentaram m?dia de Hg-t, PRL e IL-10 de 13,93 ?g/l, 276,20 ng/ml e 39,54 pg/ml, respectivamente. Nas pu?rperas de Ananindeua as respectivas m?dias foram 3...

‣ Acidentes por centop?ia notificados pelo "Centro de Informa??es Toxicol?gicas de Bel?m", num per?odo de dois anos

BARROSO, Eduardo; HIDAKA, Alexandre Shigemi Vicente; SANTOS, Amanda Xavier dos; FRAN?A, Joana D'arc Matos; SOUSA, Adriana Maria Brito de; VALENTE, Jorgianne Rodrigues; MAGALH?ES, Andr?a Franco Amoras; PARDAL, Pedro Pereira de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Centop?ias s?o animais invertebrados do filo dos artr?podes e da classe Chilopoda . Este trabalho objetiva estudar o perfil dos acidentes por centop?ias notificados pelo "Centro de Informa??es Toxicol?gicas de Bel?m" (CIT-Bel?m). Foram estudados 76 protocolos registrados no per?odo de mar?o de 1998 a mar?o de 2000. Corresponderam a 16,7% dos acidentes por animais pe?onhentos, superados apenas pelo ofidismo (44,4%) e escorpionismo (20,5%). O local do acidente foi a resid?ncia em 86,8% dos casos. A faixa et?ria 20 - 49 anos foi a mais acometida (64,4 %) e 61,8 % dos casos registrados pertenciam ao sexo feminino. Membros superiores foram a parte do corpo mais acidentada (47,4%). Dor local ocorreu em 95,8 % dos pacientes e edema local leve em 52,1%. O tratamento foi predominantemente sintom?tico; 94,7% evolu?ram para a cura e ignora-se a evolu??o nos outros 5,3 %. Sugere-se que o acidente por centop?ia ? benigno e dom?stico e que tratamentos analg?sicos s?o suficientes.; ABSTRACT: Centipedes are arthropods of the class Chilopoda. The objective of this work was to study the incidence of accidents involving centipedes at "Centro de Informa??es Toxicol?gicas de Bel?m" (CIT-Bel?m) over a two-year period. Seventy-six patients were studied from March 30...

‣ Projovem urbano como pol?tica p?blica de educa??o: escolariza??o e inser??o profissional dos egressos no munic?pio de Imperatriz - MA

RAMOS, Antonia Marcia Meireles
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Esta disserta??o intitulada ?Projovem Urbano como pol?tica p?blica de educa??o: escolariza??o e inser??o profissional dos egressos no munic?pio de Imperatriz/MA? teve como objetivo analisar as repercuss?es do Projovem Urbano na escolariza??o e na profissionaliza??o dos jovens e como o programa os possibilitou o prosseguimento dos estudos, bem como a inser??o no mercado de trabalho, incidindo na melhoraria das condi??es materiais, sociais, espirituais e culturais dos estudantes. A investiga??o pautou-se na perspectiva metodol?gica da pesquisa qualitativa e nas refer?ncias que adotam o materialismo hist?rico-dial?tico como m?todo de an?lise dos dados. A coleta de dados foi precedida de revis?o bibliogr?fica, seguida da pesquisa de campo com a realiza??o de entrevistas semiestruturadas com dezessete (17) jovens egressos do Projovem Urbano. Constatamos, inicialmente, que semelhante a outros munic?pios e estados do Brasil, o n?vel de evas?o e repet?ncia no Projovem Urbano em Imperatriz alcan?a patamares acima de 50%. No que diz respeito ? continuidade dos estudos a maioria n?o deu continuidade, e o n?mero de jovens que conseguiu atuar na ?rea para a qual foram qualificados representou menos de um ter?o dos entrevistados. Os resultados revelam que as metas de prosseguimento dos estudos e da inclus?o dos jovens no mercado de trabalho n?o foram alcan?adas. Dentre os problemas apontados...

‣ Mem?rias de saberes constru?dos no processo de se constituir professor em Vila Que Era (Bragan?a-Par?)

OLIVEIRA, S?lvia do Nascimento
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Este estudo apresenta registro e reflex?es sobre a trajet?ria de forma??o docente de um professor do campo aposentado que atuou na d?cada de 80 e 90 na Localidade de Vila Que Era, pr?ximo ao Munic?pio de Bragan?a, nordeste do Estado do Par?, Brasil. Como fonte para recontar e relembrar parte de sua trajet?ria docente foi necess?rio rememorar as hist?rias de vida do sujeito em quest?o, sendo a mem?ria um elemento revitalizador de lembran?as. Para esse estudo foi preciso percorrer pela trajet?ria da Educa??o do Campo no Brasil, na perspectiva de visualizar se as pol?ticas p?blicas que foram desenvolvidas atendem as necessidades desse segmento e de que maneira essas pol?ticas contemplaram a forma??o continuada de professores no Brasil. Como objetivo geral, analisei como se deu a trajet?ria de forma??o docente de um professor do campo aposentado para conhecer saberes presentes nas suas pr?ticas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e para obten??o dos dados foi realizado trabalho de campo com entrevistas parcialmente estruturadas, com observa??o participante, para analisar atrav?s de narrativas do entrevistado que, ao relembrar as hist?rias de vida sua e da localidade, indicam o processo de constituir professor e tra?ar um perfil identit?rio do mesmo...

‣ Entre o parto e a ben??o: mem?rias e saberes de mulheres que partejam

FARIAS, Degiane da Silva
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
O presente trabalho buscou fazer uma reflex?o sobre o saber-fazer de mulheres que partejam a partir da narrativa de vida de uma parteira da cidade de Bragan?a-(PA). Para tanto, foi utilizado o conceito de mem?ria e identidade em Halbawchas (2006) e Bosi (1994). Compreendendo esse of?cio inserido na l?gica da cultura popular, foram utilizados os conceitos de Cultura em Burke (1989) e Cuche (1999) e Cultura Popular em Bosi (1992), sempre na perspectiva da heterogeneidade. A problematiza??o dessa tem?tica s? foi poss?vel mediante um olhar mais sens?vel e aproximado desses sujeitos, assim, a etnografia ofereceu os subs?dios necess?rios nessa rela??o, apoiado nas fomenta??es de Clifford (2002) e Laplantine (1995). E por ser um conhecimento t?cito a Hist?ria Oral foi a base metodol?gica que sustentou toda a pesquisa, sendo constantemente aplicadas as orienta??es metodol?gicas proposta por Thompson (1992) e Delgado (2006). A pesquisa possibilitou compreender que existe uma representa??o feita por essas mulheres e pela sociedade sobre o trabalho de partejar, e que o mesmo se constitui um dom, ou um aprendizado adquirido atrav?s do contato com os mais antigos. A import?ncia deste estudo se d? no fato de que existem diversos sujeitos sociais...

‣ "Um passeio nos campos seria uma viagem pelo mundo?: linguagem e experi?ncia em Dalc?dio Durandir

AQUINO, Andr? Luis Valadares de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Trabalho pela pluralidade do texto de Dalc?dio Jurandir, Chove nos campos de Cachoeira (1941). O trabalho ? uma pr?tica semiol?gica, principalmente com R. B. par lui-m?me (1975) de Roland Barthes, a sua teoria do texto plural. Assim, persigo a teoria do texto de Dalc?dio Jurandir, a que ? a sua pr?pria, a que nasce da sua pr?pria pr?tica significante, Dalc?dio Jurandir por Dalc?dio Jurandir. Nesse passo, Dalc?dio Jurandir com Augusto e Haroldo de Campos, com Roman Jakobson, Dalc?dio Jurandir um poeta na prosa; com Maurice Blanchot, com a tradi??o de inven??o, Dalc?dio Jurandir produtor de metalinguagem; com a antropologia e a geopo?tica, Dalc?dio Jurandir das paisagens do arquip?lago do Maraj?. Tudo em fun??o da abertura dos sentidos do seu texto. O texto de Dalc?dio Jurandir contradiz todo empreendimento ledor que o submete ? determina??o referencial e ao fechamento dos seus sentidos. O texto de Dalc?dio Jurandir est? sempre para ganhar novos campos de experi?ncia. O texto de Dalc?dio Jurandir solicita que se continue a escrev?-lo.; I work for the plurality of the Dalc?dio Jurandir?s text Chove nos campos de Cachoeira (1941). The work is a semiologic practice, especially with R. B. par lui-m?me (1975) of Roland Barthes, his theory of the plural text. So i chase Dalc?dio Jurandir?s text theory...

‣ Atitude lingu?stica e revitaliza??o da L?ngua Munduruk?: observa??es preliminares

FRANC?S J?NIOR, Celso
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Os Munduruk? do Kwat?-Laranjal est?o inclu?dos na lista de comunidades ind?genas que apresentam a l?ngua num processo de perigo iminente. A l?ngua, que recebe o mesmo nome da etnia munduruk?, ? pertencente ? fam?lia munduruk?, do tronco tupi, a qual, antigamente, era falada por povos munduruk? que habitavam os estados do Mato Grosso, Par? e Amazonas, entretanto, a concentra??o maior de indiv?duos ? nos dois ?ltimos estados. O foco deste estudo est? na comunidade ind?gena munduruk? do Kwat?-Laranjal, no Estado do Amazonas, pois indiv?duos desta comunidade j? n?o falam mais a l?ngua nativa e por esse motivo manifestam o interesse revitalizar e fortalecer sua identidade e cultura. Assim, o Projeto desenvolvido pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM), denominado Licenciatura Espec?fica para Forma??o de Professores Ind?genas/Turma Munduruk? (AM/PA), al?m do objetivo de forma??o em n?vel superior, pretende tamb?m ser instrumento da revitaliza??o da l?ngua munduruk? em aulas com disciplinas espec?ficas da l?ngua. ? nesse contexto, da licenciatura espec?fica para forma??o de professores ind?genas, que nossa pesquisa est? inserida; objetivando verificar as atitudes lingu?sticas em rela??o ? l?ngua original da comunidade ind?gena munduruk? do Amazonas dentro do processo de revitaliza??o. Dessa forma...

‣ Movimento Xingu Vivo Para Sempre: a??es, reivindica??es e estrat?gias

MORGADO, Cau? Vieira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Esta disserta??o desenvolve uma an?lise sobre um movimento social denominado Movimento Xingu Vivo Para Sempre, observado com base em suas a??es e nas dos atores sociais que o integram. Como metodologia utilizamos o estudo de caso e como t?cnicas metodol?gicas para atingir nosso objetivo, optamos pelas entrevistas semi-estruturadas e observa??o-participante. A principal categoria anal?tica s?o os movimentos sociais, que analisamos sob a ?tica dos Novos Movimentos Sociais, tendo por base autoras como Gl?ria Gohn e Ilse Scherer-Warren. Al?m disso, utilizamos alguns conceitos, como: redes de movimentos sociais e estrutura de oportunidades, sendo o ?ltimo desenvolvido por Tarrow. O objetivo principal foi produzir uma an?lise sobre o Movimento Xingu Vivo Para Sempre, a partir de suas a??es, estrat?gias e reivindica??es, atentando para a estrutura de oportunidades na qual esse processo ocorre. Como objetivos espec?ficos tivemos: reflex?o sobre a din?mica do movimento social estudado a partir de sua hist?ria; an?lise da composi??o do movimento e sua forma de organiza??o; e an?lise da rela??o entre o movimento e os v?rios segmentos sociais atingidos pela UHE Belo Monte; an?lise da rela??o entre o movimento e os distintos setores e institui??es estatais. Ficou evidenciado em nossa pesquisa que o Movimento Xingu Vivo Para Sempre ? uma rede de movimentos sociais que sofreu diversas transforma??es...

‣ Imunopatogenia da intera??o entre acr?fagos e/ou c?lulas de Langerhans e Lacazia loboi

YAMANO, Suellen Sirleide Pereira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
Português
A lobomicose ? uma infec??o subcut?nea cr?nica, granulomatosa, causada pela implanta??o traum?tica do fungo Lacazia loboi nos tecidos cut?neo e subcut?neo. Ocorre predominantemente na regi?o Amaz?nica e atinge qualquer grupo populacional. Histologicamente, observa-se rea??o inflamat?ria cr?nica caracterizada por intensa histiocitose e fibroplasia, abundante n?mero de macr?fagos, c?lulas gigantes multinucleadas do tipo corpo estranho e presen?a de consider?vel n?mero de c?lulas leveduriformes. Os macr?fagos s?o c?lulas fagoc?ticas que participam do reconhecimento e da resposta a pat?genos atrav?s da fagocitose, da apresenta??o de ant?genos aos linf?citos T e da produ??o de citocinas. As c?lulas de Langerhans (LC) s?o um grupo de C?lulas dendr?ticas (CD) derivadas da medula ?ssea situadas principalmente em uma camada suprabasal da epiderme. Estudos envolvendo a intera??o fungo-hospedeiro na doen?a de Jorge Lobo s?o escassos. Assim, Este estudo ? um passo importante para o melhor entendimento da biologia e patogenia do L. loboi, e para o estudo da imunopatologia da intera??o pat?geno versus hospedeiro desta doen?a emergente e pouco conhecida. O objetivo do presente trabalho foi analisar a intera??o in vitro entre macr?fagos peritoneais n?o ativados e/ou LC...

‣ ''Bailando com o Senhor'': t?cnicas corporais de culto e louvor (o ?xtase e o transe como t?cnicas corporais)

MAU?S, Raymundo Heraldo
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
A utiliza??o do corpo como instrumento de culto e louvor, em t?cnicas de cura ou de outros tipos, por cat?licos carism?ticos, que tem despertado tanta aten??o, tamb?m por sua exibi??o na m?dia (atrav?s da atua??o de ministros como o padre Marcelo Rossi, no Brasil), permite uma reflex?o e um estudo comparativo com outras formas de culto, entre as quais aquelas com caracter?sticas xam?nicas, como a pajelan?a rural amaz?nica (n?o ind?gena) e as religi?es afro-brasileiras. Partindo da no??o de t?cnicas corporais, formulada por Marcel Mauss, e lidando com conceitos de autores como Merleau Ponty, Pierre Bourdieu e Thomas Csordas, o artigo analisa parte do material emp?rico coletado pelo autor em sua pesquisa de campo, que tem como locus a cidade de Bel?m e a regi?o do Salgado, na Amaz?nia Oriental brasileira.; ABSTRACT: Charismatic Catholic's utilization of the body as instrument of cult and praise, with healing and other techniques, has called so much attention in Brazil. This is reinforced by mass media, especially through the role played by ministers as Father Marcelo Rossi. This fact permits a reflection and a comparative study with other kinds of cult, mainly those with shamanistic characteristics, as rural Amazon pajelan?a and Afro-Brazilian religions. This article begins with the notion of body techniques...

‣ Povos e comunidades tradicionais da Amaz?nia Legal: an?lise das normas jur?dicas de acesso aos territ?rios e aos bens ambientais

LOPES, Syglea Rejane Magalh?es
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Este estudo examina o direito de acesso aos territ?rios por parte de povos e comunidades tradicionais e o direito de acesso aos bens ambientais localizados nos territ?rios tradicionais, ? luz da Constitui??o Federal de 1988 e das normas infraconstitucionais. A abordagem da pesquisa privilegia a Amaz?nia Legal e utiliza como exemplo o Estado do Par?. A an?lise concentra-se em tr?s categorias de povos e comunidades tradicionais: povos ind?genas, comunidades remanescentes de quilombos e comunidades extrativistas tradicionais, localizadas em unidades de conserva??o (RESEX, RDS e FLONA) e em PAE. Faz-se um exame cr?tico dos institutos jur?dicos que garantem aos povos e comunidades tradicionais o acesso aos territ?rios e dos instrumentos que permitem o uso de bens ambientais localizados em seus territ?rios. Os resultados da pesquisa enfatizam a import?ncia da normatiza??o e da regulamenta??o, com base no direito coletivo, do acesso aos territ?rios por parte de povos e comunidades tradicionais, bem como do acesso aos bens localizados nesses territ?rios, considerando-se que povos e comunidades tradicionais comp?em o patrim?nio ambiental nacional ? meio ambiente ecologicamente equilibrado. Constata-se, por tr?s da resist?ncia a essa normatiza??o ou regulamenta??o...