Página 1 dos resultados de 66 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

‣ Consumo de adoçantes e produtos dietéticos por indivíduos com diabetes melito tipo 2, atendidos pelo Sistema Único de Saúde em Ribeirão Preto, SP; Consumption of sweeteners and dietetic foods by individuals with type 2 diabetes mellitus, assisted by the National Health System in Ribeirão Preto, SP

OLIVEIRA, Paula Barbosa de; FRANCO, Laércio Joel
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
16.674424%
OBJETIVO: Analisar o consumo de adoçantes e produtos dietéticos por indivíduos com diabetes melito tipo 2, atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Ribeirão Preto, SP. SUJEITOS E MÉTODOS: Por meio de questionário, foram entrevistados 120 pacientes, estratificados por sexo, faixa etária e nível de atendimento. RESULTADOS: Os resultados mostram que o uso de adoçantes é frequente na população em estudo, com predomínio do tipo líquido, e o uso de produtos dietéticos é menor, com predomínio dos refrigerantes. O diagnóstico do DM foi determinante para o uso dos produtos e o critério de seleção mais utilizado foi o sabor. É pequena a porcentagem da amostra que sabe a diferença entre diet e light, que tem o hábito de ler o rótulo dos alimentos e que se preocupa com a quantidade utilizada de adoçante. CONCLUSÃO: É uma necessidade a inclusão de informações sobre o uso adequado desses produtos nas atividades assistenciais aos pacientes com DM nos diversos níveis do SUS.; OBJECTIVE: To analyze the consumption of sweeteners and dietetic foods by individuals with type 2 diabetes, assisted by the Brazilian National Health System, in the city of Ribeirão Preto, SP. SUBJECTS AND METHODS: Through a questionnaire were interviewed 120 patients were interviewed...

‣ Steviol effect, a glycoside of Stevia rebaudiana, on glucose clearances in rats; O efeito do esteviol, um glicosídeo da Stevia rebaudiana, no clearance da glicose em ratos

MELIS, MS.; ROCHA, ST.; AUGUSTO, A.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
16.674424%
Stevia rebaudiana, a South American plant normally used as a natural herbal sweetener, has been suggested as exerting beneficial effects on human health, including as an antihypertensive and antihyperglycemic. The present experiment was undertaken to evaluate the renal excretion of steviol, the aglycone of several natural products extracted from the leaves of S. rebaudiana, and to clarify the actual participation of this compound on the renal excretion of glucose in rats, which has been previously suggested as the preferential action of steviol on the Na+-glucose renal tubular transport system. Steviol was obtained by enzymatic hydrolysis of stevioside with pectinase. Thirty normal male Wistar rats weighing 345 g were used. After a control period, steviol was infused iv at three doses (0.5, 1.0 and 3.0 mg.kg-1/h), according to classical clearance techniques. During all the experiments no significant changes in inulin clearance (Cin) and p-aminohipuric acid clearance (C PAH) were observed. Administration of steviol resulted in a statistically significant increase in the fractional sodium excretion (FeNa+), fractional potassium excretion (FeK+), urinary flow as percent of glomerular filtration rate (V/GFR) and glucose clearance (C G) when compared to controls...

‣ Uso de adoçantes e alimentos dietéticos por pessoas diabéticas; Use of sweeteners and diet food by diabetic people

Sousa, Gisele de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2006 Português
Relevância na Pesquisa
17.631238%
O impacto do diabetes mellitus como sério problema de saúde pública está no fato de que a maioria das complicações crônicas inerentes a doença é incapacitante para a realização das atividades diárias e produtivas, compromete a qualidade de vida e é onerosa para o sistema de saúde. A terapia nutricional é parte fundamental do cuidado do diabetes e tem como principal alvo manter a glicemia mais próxima possível do valor normal, balanceando dieta, medicamentos e exercício físico. É comum o uso de adoçantes dietéticos em substituição ao açúcar por pessoas com diabetes, pois possuem alto poder adoçante conferindo ao alimento pouca ou nenhuma caloria. O presente estudo tem como objetivo investigar o uso de adoçantes e alimentos dietéticos por pessoas diabéticas cadastradas em um Serviço de Medicina Preventiva ? SEMPRE do interior do Estado de São Paulo. Para tanto, os dados foram obtidos por meio de um questionário composto de variáveis sócio-demográficas, variáveis relacionadas à doença e referentes ao consumo de adoçantes e alimentos dietéticos. Os dados foram registrados em planilhas construídas no MS Excel e a análise estatística foi realizada através do programa SPSS. A coleta de dados ocorreu nos meses de novembro e dezembro de 2005. Participaram do estudo 65 pessoas diabéticas...

‣ Consumo de adoçantes e produtos dietéticos por indivíduos com diabetes mellitus tipo 2, atendidos pelo Sistema Único de Saúde em Ribeirão Preto - SP; Consumption of sweeteners and dietetic foods by individuals with type 2 diabetes mellitus, assisted by the National Health System (SUS) in Ribeirão Preto - SP

Oliveira, Paula Barbosa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
17.631238%
OLIVEIRA, P. B. Consumo de adoçantes e produtos dietéticos por indivíduos com diabetes mellitus tipo 2, atendidos pelo Sistema Único de Saúde em Ribeirão Preto SP. 2009. 84 f. Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. Devido às suas complicações crônicas, o diabetes mellitus (DM) apresenta impacto considerável como problema de saúde pública pela morbidade, mortalidade e custos no seu tratamento. Para obter um bom controle metabólico, a educação alimentar é um dos pontos fundamentais no seu tratamento. O uso de adoçantes e alimentos dietéticos é importante para as pessoas com DM, apesar de serem dispensáveis na alimentação. Este setor cresceu nos últimos anos e atualmente 35% dos lares brasileiros consomem algum tipo de produto light ou diet. Diante das dificuldades e do pouco conhecimento dos indivíduos com DM sobre o uso destes produtos, verificou-se a necessidade de coletar informações sobre o assunto para subsidiar programas educativos. Este estudo tem como objetivo analisar o consumo de adoçantes e produtos dietéticos por indivíduos com diabetes tipo 2 (DM2), atendidos pelo Sistema Único de Saúde em Ribeirão Preto-SP. Os dados foram obtidos por meio de um questionário envolvendo variáveis sóciodemográficas...

‣ Aceitação e preferência por cafés submetidos a diferentes métodos de extração de cafeína; Acceptance and preference for coffees submitted to different methods of extraction of caffeine

Leite, Claudia Luciane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/11/2009 Português
Relevância na Pesquisa
16.674424%
Introdução: pesquisas sobre consumo de café têm sido feitas para determinar os componentes da bebida e suas respectivas funções, além de características sensoriais e efeitos associados à saúde humana. A cafeína é uma das substâncias psicoativas mais consumidas no mundo. Durante as últimas cinco décadas, seu consumo mundial per capita dobrou através do consumo de água cafeinada, de bebidas energéticas e, principalmente, do café. Por este motivo, muitos trabalhos têm sido realizados sobre os efeitos fisiológicos desta substância, resultando na impossibilidade de se chegar a um consenso sobre seus efeitos positivos e negativos. Tal dicotomia acarreta um aumento do consumo de café descafeinado, muitas vezes por aconselhamento médico. A descafeinação é realizada nos grãos crus inteiros, antes do processo de torrefação. A maioria dos métodos de descafeinação existentes utiliza solventes para extração da cafeína, como diclorometano, clorofórmio, álcool, acetona, água e outros, sendo o diclorometano mais utilizado no Brasil. Embora existam vários estudos sobre a composição química do café integral, pouco se sabe sobre a composição do café descafeinado. Tais modificações químicas podem acarretar não somente alterações nas características sensoriais da bebida...

‣ Adoçantes dietéticos e excesso de peso corporal em adultos e idosos do Estado de São Paulo; Nonnutritive sweeteners and overweight in adults and eldery, São Paulo State, Brasil.

Geraldo, Ana Paula Gines
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.631238%
A crescente preocupação dos efeitos da ingestão de açúcar sobre a saúde tem levado a um aumento acentuado no consumo de adoçantes artificiais (ADDs). Ao mesmo tempo em que se nota elevada prevalência de obesidade, há também um aumento expressivo no número de produtos alimentícios com adoçantes artificiais. Objetivo. Caracterizar o perfil e analisar a atitude em relação ao consumo de ADD e alimentos dietéticos (ALDs) e sua relação com o excesso de peso corporal. Métodos. Estudo transversal com indivíduos com idades 20 anos, funcionários e docentes de universidades públicas do estado de São Paulo. Foi aplicado um questionário online com perguntas quanto ao uso de ADD e ALD e informações demográficas, socioeconômicas, antropométricas e de saúde. Verificaram-se associações entre as variáveis sócio-demográficas e antropométricas e o consumo de ADDs e ALD; utilizou-se análise de cluster para o reconhecimento de grupos homogêneos e regressão logística binária com cálculo do Odds-Ratio (OR). Resultados. Participaram do estudo 1323 indivíduos. A prevalência de uso de adoçante dietético foi 53,3 por cento , sendo maior entre aqueles com 30 a 60 anos. O peso médio foi de 72,03 kg e o IMC médio 25...

‣ Produção de fruto-oligossacarídeos e açúcar Invertido utilizando enzimas imobilizadas

Lorenzoni, André Soibelmann Glock
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.302334%
Fruto-oligossacarídeos (FOS) são fibras prebióticas com poder adoçante considerável, sendo um produto de alto valor para a indústria de alimentos. Açúcar invertido é o produto da hidrólise da sacarose possuindo maior poder adoçante, menor susceptibilidade à cristalização e maior higroscopicidade com relação à sacarose, sendo de grande interesse industrial. Ambos produtos podem ser produzidos por reações enzimáticas, utilizando β-frutosiltransferase e β- frutofuranosidase respectivamente, no entanto processos enzimáticos costumam ser caros devido ao alto custo e baixa estabilidade de enzimas. Esses fatores podem ser contornados com a imobilização da enzima, permitindo a reutilização e por vezes aumentando a estabilidade. No presente trabalho a enzima β-frutosiltransferase proveniente de um extrato comercial de Aspergillus aculeatus (Viscozyme L) foi parcialmente purificada, com resina de troca iônica, imobilizada covalentemente em esferas de quitosana e utilizada na produção de FOS. O processo de purificação aumentou a atividade específica em 6 vezes. A estabilidade do biocatalisador imobilizado foi avaliada em 50 bateladas para produção de FOS, foi observado cerca de 55 % de rendimento em cada batelada...

‣ Sintese formal do adoçante natural (-)-monatina

Davi de Jesus Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2003 Português
Relevância na Pesquisa
27.631238%
Nesse trabalho descreveremos a síntese formal assimétrica da (-)-monatina,(3-indolil)-2-amino-4-carboxi-4-hidroxipentanóico), um potente adoçante natural presente nas raízes da planta africana Schlerochiton ilicifolius, que apresenta um teor dulcifico 1400 vezes mais doce do que a sacarose. A (-)-monatina contém dois centros estereogênicos, 2S e 4S. O centro 2S veio da conservação do centro estereogênico do derivado piroglutamato e centro quaternário 4S foi gerado de uma oxidação e alquilação de enolatos com alta diastereosseletividade induzida pelo primeiro centro. Foram estudadas duas estratégias para a síntese total desse adoçante natural. Na primeira estratégia um éter de enol cinético seria utilizado como intermediário chave para reação de cicloadição [2+2] com dicloroceteno na formação do centro quaternário. O enol éter seria preparado a da N-benzenosulfonamina-3-indoilpropanona, obtida a partir do ácido 3-indolil-acético comercial. Como estávamos trabalhando com uma cetona não simétrica foi preciso estabelecer as condições experimentais necessárias ao controle da regiosseletividade na etapa de geração do enolato. O enolato cinético era o desejado. Utilizando condições favoráveis à geração do éter de enol cinético...

‣ Bebida de maracuja natural "light" pronta para beber : formulação, produção e estudo de vida-de-prateleira.; Passion fruit juice beverage with different sweetener systems : formaulation, production and shelf life study.

Renata De Marchi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
17.302334%
O mercado de bebidas à base de frutas está em constante expansão. Os consumidores querem desfrutar de bebidas que vão além de apenas saciar a sede, e que ofereçam vantagens nutricionais e conveniência. Paralelamente à preferência dos consumidores por bebidas saudáveis, há uma crescente tendência ao consumo de bebidas de baixa caloria. Os consumidores estão cada vez melhor informados sobre a importância de uma dieta saudável, com menor ingestão de açúcar e gordura. Assim, o presente trabalho teve como objetivo formular, produzir, avaliar a aceitação em dois diferentes mercados consumidores ? Brasil e Estados Unidos, determinar o perfil sensorial e estudar a vida-de-prateleira de bebidas de maracujá naturais, prontas para beber, adoçadas com sacarose (referência), aspartame, sucralose, e mistura aspartame/acesulfame-K (4:1) (light), respectivamente, durante 180 dias de estocagem. A bebida de maracujá referência foi formulada utilizando-se metodologia de superfície de resposta e testes de aceitação. O conteúdo de polpa de maracujá e a concentração de sacarose, selecionados para serem usados em tal bebida foram, respectivamente, 2,5°Brix (resultantes da mistura: polpa de maracujá e água) e 10%. Para a formulação das bebidas light...

‣ Determinação por ICP OES de especies metalicas em adoçantes dieteticos; Determination of metallic species in dietetic sweeteners by ICP OES

Rafael Arromba de Sousa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
17.302334%
Métodos para a análise de adoçantes dietéticos, líquidos e sólidos, foram estudados empregando-se a técnica de ICP OES e, em alguns casos, as técnicas de ICP-MS (para adoçantes líquidos com aspartame) e GF AAS (para adoçantes líquidos em geral). Exceto para os adoçantes líquidos à base de aspartame, que necessitaram de uma etapa de mineralização, as amostras foram introduzidas diretamente no equipamento de ICP OES, após diluição em HNO3 2 ou 0,3 % v/v, dependendo do tipo de adoçante. As espécies estudadas foram As, Ca, Cd, Co, Cu, K, Fe, Mg, Mn, Na, Ni, Pb, Se e Zn e como não existe material de referência certificado para adoçantes, a exatidão dos métodos propostos foi avaliada por meio de experimentos de adição e recuperação de analitos e/ou comparando os resultados obtidos analisando a amostra antes e após uma etapa de mineralização. Para a maioria dos analitos as recuperações obtidas foram adequadas, na faixa de 90 a 110 %, sendo os elementos As, K, Na e Se os mais difíceis de serem determinados com boa exatidão. Os limites de detecção obtidos dependeram do tipo de adoçante (líquido ou sólido) e análise (direta ou após mineralização), variando de 0,03 (Mn) a 2,3 (K) µg g. Os desvios padrões relativos foram satisfatórios...

‣ Avaliação dos níveis de ingestão diária de edulcorantes pelo consumo de adoçantes líquidos de mesa; Evaluation of the intake of sweeteners by consuming tabletop weeteners

Michelle Del Bianchi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
17.83364%
Edulcorantes sao compostos quimicos de origem sintetica ou natural que tem a propriedade de adocar alimentos, em substituicao total ou parcial a sacarose ou outros acucares e reduzem o teor calorico do produto resultante. A ingestao de adocantes artificiais no mundo tem crescido nos ultimos anos, com o objetivo principal de reduzir a ingestao calorica. O aumento global de doencas cronicas relacionadas com a ingestao de acucar, particularmente a obesidade e a diabetes, e tambem uma razao para o aumento do consumo de adocantes artificiais. O objetivo deste estudo foi avaliar a ingestao de adocantes artificiais atraves do consumo de adocantes de mesa liquidos e avaliar a possibilidade de consumo superior a sua ingestao diaria aceitavel (IDA) estabelecida por FAO/WHO comite de peritos em aditivos alimentares (JECFA). Inicialmente, uma pesquisa de campo foi realizada para avaliar qual marca de adocante de mesa liquido mais consumido no Brasil e as caracteristicas de uso do mesmo. Para tanto, um questionario foi enviado por correio eletronico, para individuos, com questoes relativas ao consumo de adocantes e, caso consumidos, aspectos de uso incluindo marca do adocante, ingestao e motivo de consumo. O questionario tambem continha perguntas sobre questoes socioeconomicas...

‣ Efeito da administração oral do edulcorante à base de estévia em ratas prenhes e o reflexo do tratamento dos fetos

Fausto, Lílian de Souza Leite
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 49 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
18.069778%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Florianópolis, 2013.; OBJETIVOS: avaliar o efeito do adoçante à base de estévia em ratas prenhes e o reflexo do tratamento nos fetos. MÉTODOS: vinte oito ratas Wistar foram distribuídas em 04 grupos: GC (controle)- dieta padrão e água; GS (sacarose)- dieta padrão e solução de sacarose; GE4 (estévia 4mg/kg/dia)- dieta padrão e 4mg/kg/dia de adoçante; GE8 (estévia 8mg/kg/dia)- dieta padrão e 8mg/kg/dia de adoçante. O tratamento ocorreu do 8° ao 17° dia de prenhez, por gavagem. Foram avaliados: consumo de ração, ganho de peso gestacional, peso de órgãos, concentrações séricas de glicose, perfil lipídico sérico, número de fetos, peso e comprimento dos fetos, medida do cordão umbilical e presença de malformações maiores externas. RESULTADOS: o consumo de ração foi estatisticamente diferente entre os grupos. Houve ganho gradual e progressivo do peso corporal das ratas durante a prenhez em todos os grupos, sendo este ganho mais evidente no período final, porém não foram constatadas diferenças estatisticamente significativas. Houve redução significativa na concentração plasmática de HDL-c das ratas tratadas com adoçante. O peso e comprimento dos fetos foram significativamente maiores no GE8. Apesar de ter havido aumento do número de natimortos e de malformações nos grupos tratados...

‣ Utilização de adoçantes dietéticos entre adultos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil: um estudo de base populacional

Zanini,Roberta de Vargas; Araújo,Cora Luiza; Martínez-Mesa,Jeovany
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
17.970752%
Estudo de base populacional avaliou o uso de adoçantes dietéticos na população com idade ≥ 20 anos, residente na zona urbana do Município de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. A coleta de dados ocorreu entre janeiro e julho de 2010, e 2.732 indivíduos foram entrevistados. Além das questões específicas quanto ao uso de adoçante dietético, foram coletadas informações sobre características demográficas, socioeconômicas e de saúde. Para as análises estatísticas, foram utilizados testes qui-quadrado de heterogeneidade e de tendência linear. A prevalência de uso de adoçante dietético foi 19% (IC95%: 17,1; 20,9), sendo 3,7 vezes maior entre idosos do que entre aqueles com 20-29 anos de idade. Nível econômico e estado nutricional apresentaram associação direta e significativa com o desfecho. Quase 98% da amostra utilizou adoçantes na forma líquida, sendo os mais consumidos (89,2%) aqueles constituídos por sacarina e ciclamato de sódio. A mediana de ingestão diária foi 10 gotas (P25; P75 = 6; 18), entre usuários de adoçante líquido, ou 1,5 sachet (P25; P75 = 1; 4), para adoçante em pó. O uso de adoçante dietético foi maior entre mulheres e idosos.

‣ Efeitos do consumo agudo de cafeína sobre parâmetros metabólicos e de desempenho em indivíduos do sexo masculino

Brunetto,Daniela; Ribeiro,Jerri Luiz; Fayh,Ana Paula Trussardi
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
17.302334%
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do consumo agudo de cafeína sobre a oxidação de lipídeos e desempenho durante o exercício aeróbico. Foram avaliados 15 indivíduos do sexo masculino, com idade média de 22,3 ± 2,7 anos, que realizaram teste de cargas progressivas em esteira rolante para determinação do consumo máximo de oxigênio (VO2máx) e limiares ventilatórios (LV). Cada voluntário realizou três testes submáximos na intensidade de 10% abaixo do segundo LV, sendo orientados a permanecer em exercício até a exaustão. Trinta minutos antes de cada teste submáximo, foram ingeridos 250ml de uma das bebidas compostas por: café com adoçante (CAD), café com açúcar (CA) e café descafeinado com adoçante (CD). Durante o exercício, os indivíduos foram monitorados pelo ergoespirômetro e frequencímetro. A oxidação de lipídeos foi predita pelo quociente respiratório (QR) durante o teste, e o desempenho foi verificado pelo tempo de exercício. Para comparar os resultados de QR e tempo de exercício entre os grupos, foi utilizado Anova fatorial, e considerou-se significância estatística um valor de p < 0,05. A média de VO2máx foi de 50,18 ± 9,9ml/kg/min. Com a ingestão de CAD, a média do QR foi de 0...

‣ Avaliação do efeito de um adoçante comercial com sucralose na marcação de constituintes sanguíneos com tecnécio-99m, na morfologia das hemácias e na biodisponibilidade dos radiofármacos pertecnetato de sódio e ácido dietilenotriaminopentacético-tecnécio-99m em ratos Wistar.

Rocha, Gabrielle de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.83364%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Células e moléculas são marcadas com tecnécio-99m (99mTc) e usadas na obtenção de imagens em medicina nuclear. Produtos naturais e sintéticos podem interferir na marcação de constituintes sanguíneos com 99mTc. A sucralose é um adoçante utilizado em alimentos e bebidas, sendo indicado para indivíduos com dietas de restrição calórica como obesos e diabéticos. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito do adoçante comercial com sucralose: (i) na marcação de constituintes sangüíneos com 99mTc; (ii) na morfologia das hemácias e (iii) na biodistribuição dos radiofármacos pertecnetato de sódio (Na99mTcO4) e ácido dietilenotriaminopentacético marcado com 99mTc (99mTc-DTPA) em ratos Wistar. No estudo in vitro, amostras de sangue de animais foram isoladas e incubadas com diferentes concentrações da solução de sucralose ou solução de NaCl 0,9% (controle). No tratamento in vivo, animais foram tratados com sucralose em diferentes doses ou solução de NaCl 0,9% (controle) e em diferentes tempos. Amostras de sangue foram isoladas e a marcação de constituintes sanguíneos com 99mTc foi realizada. Plasma e células foram isolados por centrifugação. Frações solúvel e insolúvel de plasma e células sanguíneas também foram separadas utilizando-se ácido tricloroacético a 5% e centrifugação. A radioatividade em cada fração foi contada e a porcentagem de radioatividade incorporada (%ATI) foi calculada. Distensões sanguíneas foram preparadas...

‣ Estudo da estabilidade térmica de adoçantes naturais e artificiais

Freire, Rosimere Maria Lima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.302334%
Sweeteners provide a pleasant sensation of sweetness that helps the sensory quality of the human diet, can be divided into natural sweeteners such as fructose, galactose, glucose, lactose and sucrose, and articial sweeteners such as aspartame, cyclamate and saccharin. This work aimed to study the thermal stability of natural and artificial sweeteners in atmospheres of nitrogen and syntetic air using thermogravimetry (TG), derivative thermogravimetry (DTG), Differential Thermal Analysis (DTA) and Differential Scanning Calorimetry (DSC). Among the natural sweeteners analyzed showed higher thermal stability for the lactose and sucrose, which showed initial decomposition temperatures near 220 ° C, taking advantage of the lactose has a higher melting point (213 ° C) compared to sucrose (191 ° C). The lower thermal stability was observed for fructose, it has the lowest melting point (122 °C) and the lower initial decomposition temperature (170 °C). Of the artificial sweeteners studied showed higher thermal stability for sodium saccharin, which had the highest melting point (364 ° C) as well as the largest initial decomposition temperature (466 ° C under nitrogen and 435 ° C in air). The lower thermal stability was observed for aspartame...

‣ Design e síntese de aminoácidos derivados do 3-vinil-1H-indol via hidroformilação catalítica para o desenvolvimento de potenciais adoçantes. Modelação molecular dos ligandos e catalisadores de ródio

Lourenço, Mirtha Alejandra de Oliveira.
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
17.302334%
Os aminoácidos sintéticos são uma classe de compostos com múltiplas aplicações, nomeadamente para o desenvolvimento de novos compostos com algum carácter doce. Baseado neste pressuposto, o trabalho desenvolvido e apresentado nesta dissertação tinha como objectivo fulcral promover o design molecular e a síntese de aminoácido(s) derivado(s) do indol. Deste modo, o trabalho orientou-se, em primeiro lugar, na síntese do 3-vinil-1H-indol, que por via da reacção de hidroformilação seguida de reacção de Strecker permitiu sintetizar o ácido 2-amino-3-(1H-indol-3-il)butanóico, 2.10, com bons rendimentos. Sabendo que os ligandos de fósforo desempenham um papel muito importante na actividade e selectividade de reacções de hidroformilação de vinil-aromáticos, neste trabalho recorremos a métodos semi-empíricos PM6, para efectuar o design molecular de duas famílias de ligandos, do tipo bis-fosfinaéter e bis-fosfitoéter. A partir destes estudos obtiveram-se algumas informações estruturais acerca da tendência dos ligandos para formar quelatos ou complexos de ródio monodentados o que permitiu retirar conclusões acerca da selectividade obtida experimentalmente nas reacções de hidroformilação. O trabalho prosseguiu com a síntese dos ligandos 1...

‣ Efeito da agitação e da aeração na produção de inulinase em processo de batelada simples por Kluvermyces Marxianus Var. Bulgaricus ATCC 16045

Bernardo Onaga Yepez Silva-Santisteban
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2001 Português
Relevância na Pesquisa
17.302334%
A enzima inulinase oferece uma alternativa interessante na produção de xaropes enriquecidos em frutose usando como matéria prima polímeros de reserva de inulina, os quais se encontram na natureza como reserva de carboidratos. Alem disso as inulinases apresentam atividade de transferase o que permite a produção de frutoligosacarídeos a partir de dímeros como a sacarose. A frutose apresenta vantagens em relação à sacarose, como um adoçante confiável e alternativo por ser mais saudável, possuir maior poder adoçante e pode dissimular o sabor amargo da sacarina. A levedura Kluyveromyces marxianus varo bulgaricus ATCC16045 tem sido amplamente estudada por ser um microrganismo hiperprodutor de inulinase. Uma ampla revisão bibliográfica revela que a produção de muitos sistemas de enzimas e influenciada pelos parâmetros de aeração e agitação, por tanto e com base em estudos prévios sobre otimização de meio de cultivo estudou-se a influencia da agitação, aeração e tipo de agitador (Rushton, hélice naval e "ptiched blade up") na produção da enzima em fermentações em batelada simples. O efeito da agitação e aeração sobre a atividade da enzima foi estudado usando sistemas com duas turbinas de Rushton. A faixa estudada foi 50 a 250 rpm e 0...

‣ Monitorização do adoçante ciclamato de sódio através de sensor óptico

Baía, João
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.302334%
O presente trabalho pretendeu desenvolver e testar um sensor óptico para detectar ciclamato de sódio, um adoçante artificial utilizado nas bebidas em geral. A primeira abordagem neste sentido baseou-se na preparação de um sensor óptico através da formação de complexos corados entre o ciclamato e várias espécies metálicas, nomeadamente Hg(II), Ba(II), Fe(II), Ag(II), Pb(II), Cd(II), Mn (II), Ni(II), Cu(II), Co(II), Sn(II) e Mg(II). Perante a ausência de resultados satisfatórios optou-se por explorar a acção do ciclamato de sódio na transferência/partilha de um corante entre duas fases líquidas imiscíveis. As fases líquidas utilizadas foram a água e o clorofórmio. Testaram-se várias famílias de corantes mas só uma classe se mostrou com as características apropriadas para o objectivo pretendido. Dentro dessa família de corantes, seleccionou-se aquele que, à partida, garantiu o melhor desempenho. O sensor foi testado em diferentes condições de pH e também na presença de potenciais interferentes de forma a estabelecer as melhores condições de utilização. O método mostrou-se bastante simples de executar, rápido na obtenção de resultados e com boas características para ser avaliado visualmente, mas sempre de acordo com os critérios de objectividade que um trabalho deste tipo requer. Além o disso permitiu ser calibrado de uma forma rápida e simples...

‣ Utilização de adoçantes dietéticos entre adultos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil: um estudo de base populacional

Zanini,Roberta de Vargas; Araújo,Cora Luiza; Martínez-Mesa,Jeovany
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
17.970752%
Estudo de base populacional avaliou o uso de adoçantes dietéticos na população com idade ≥ 20 anos, residente na zona urbana do Município de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. A coleta de dados ocorreu entre janeiro e julho de 2010, e 2.732 indivíduos foram entrevistados. Além das questões específicas quanto ao uso de adoçante dietético, foram coletadas informações sobre características demográficas, socioeconômicas e de saúde. Para as análises estatísticas, foram utilizados testes qui-quadrado de heterogeneidade e de tendência linear. A prevalência de uso de adoçante dietético foi 19% (IC95%: 17,1; 20,9), sendo 3,7 vezes maior entre idosos do que entre aqueles com 20-29 anos de idade. Nível econômico e estado nutricional apresentaram associação direta e significativa com o desfecho. Quase 98% da amostra utilizou adoçantes na forma líquida, sendo os mais consumidos (89,2%) aqueles constituídos por sacarina e ciclamato de sódio. A mediana de ingestão diária foi 10 gotas (P25; P75 = 6; 18), entre usuários de adoçante líquido, ou 1,5 sachet (P25; P75 = 1; 4), para adoçante em pó. O uso de adoçante dietético foi maior entre mulheres e idosos.