Página 1 dos resultados de 113 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

‣ Influência da umidade em quatro tipos de solo no desenvolvimento pupal de Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824), Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830), do parasitóide Diachasmimorpha longicaudata (Ashmed, 1905) e de Gymnandrosoma aurantianum Lima, 1927.; The influence of moisture on four soil types in the pupal development of Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824), Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830), of parasitoid Diachasmimorpha longicaudata (Ashmed, 1905) and Gymnandrosoma aurantianum Lima, 1927.

Bento, Flavia de Moura Manoel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
513.28445%
Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da umidade em quatro tipos de solos sobre a emergência de adultos e duração da fase pupal das moscas-das-frutas, Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824) e Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) e do bicho-furão dos citros, Gymnandrosoma aurantianum Lima, 1927 e na emergência do parasitóide de moscas-das-frutas, Diachasmimorpha longicaudata (Ashmed, 1905), utilizando-se diferentes potenciais mátricos de água no solo e com uma metodologia própria e desenvolvida no presente trabalho. As profundidades de pupação de G. aurantianum e A. fraterculus foram estudadas em tratamento seco e úmido (5%), com a finalidade de se determinar a profundidade adequada para cada espécie utilizada nos experimentos de avaliação da influência da umidade em quatro tipos de solo. G. aurantianum pupou na mesma profundidade em substrato úmido ou seco. A pupação de A. fraterculus é mais superficial em condições secas, com 100% de pupação entre 0 e 1,5 cm. Para C. capitata, a profundidade utilizada no experimento de influência da umidade e do tipo de solo foi a de 3,0 cm. A duração da fase pupal desta espécie foi influenciada diferentemente para machos e fêmeas. Para fêmeas, apenas o tipo de solo influenciou a duração da fase pupal...

‣ Criação massal em dieta líquida e radioesterilização da mosca-sul-americana Anastrepha sp.1 aff. fraterculus (Wied., 1830) (Diptera: Tephritidae); Mass production in liquid diet and radioesterilização of South American fruit fly Anastrepha sp.1 aff. fraterculus (Wied., 1830) (Díptera: Tephritidae)

Kamiya, Aline Cristiane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
493.2625%
Tanto as técnicas de controle biológico quanto a Técnica do inseto estéril (TIE), são utilizadas em vários países para o controle, supressão e até mesmo erradicação de moscas-das-frutas e outras pragas da agricultura, pecuária e saúde publica. O uso de tais técnicas minimiza o emprego contínuo de inseticidas, protege o ambiente e se adequa aos padrões de segurança alimentar. No entanto, é necessário para a implementação de tais programas, tecnologia para produzir milhões de parasitóides e a própria praga em laboratório com qualidade biológica similar aos insetos encontrados na natureza e com custo competitivo com o controle químico. Os objetivos deste trabalho foi estabelecer protocolos para criação artificial de A. sp. 1 aff. fraterculus em dieta larval líquida que permita atingir níveis de criação massal, para uma possível diminuição no custo da criação e determinar a dose de radiação esterilizante para adultos de A. sp. 1 aff. fraterculus atendendo os parâmetros de qualidade exigidos pela Técnica do Inseto Estéril com insetos provenientes da criação do Laboratório de Radioentomologia do CENA/USP. Foram testadas sete dietas em relação à dieta convencional utilizada no laboratório de Radioentomologia do CENA/USP...

‣ Avaliação dos efeitos da radiação por feixe de elétrons na resistência de embalagens a Lasioderma serricorne, Plodia interpunctella e Sitophilus zeamais; Radiation effects evaluation for electrons sheaf in packages resistance in a Lasioderma serricorne, Plodia interpunctella and Sitophilus zeamais

Alves, Juliana Nazaré
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
505.6454%
As pragas de produtos armazenados constituem um problema para o homem, depreciando produtos e causando prejuízos econômicos. Dentre estas pragas temos o Lasioderma serricorne (F. 1792), Sitophilus zeamais (M. 1855) e Plodia interpunctella (H. 1813) conhecidos por infestar produtos armazenados como: grãos, farelos, farinhas, café, fumo, frutas secas e especiarias. Essas pragas perfuram e adentram as embalagens, ovipositando sobre o substrato. Neste contexto a embalagem desempenha um papel fundamental, impedindo o contato e proliferação de pragas no produto acondicionado. Assim, para proteger o produto acondicionado e prolongar a sua vidaútil a embalagem deve apresentar boa resistência mecânica à tração e à perfuração, boa selabilidade, boas propriedades de barreira e não transferir odores nem sabores estranhos ao produto acondicionado. A radiação ionizante pode causar mudanças estruturais nos materiais poliméricos de embalagens, essas mudanças são causadas pelos processos de cisão e reticulação das cadeias poliméricas. Estes são processos concorrentes e a predominância de um sobre o outro depende da estrutura química do polímero, das condições da irradiação e de fatores específicos do material que irá absorver a energia. Este trabalho teve o objetivo de avaliar as mudanças nas propriedades mecânicas de estruturas de embalagem utilizadas para armazenar granola...

‣ Caracterização de três espécies do grupo fraterculus (Diptera, Tephritidae, Anastrepha) por meio da análise de imagens e morfometria; Characterization of three species of fraterculus group (Diptera, Tephritidae, Anastrepha) by image analysis and morphometry

Perre, Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
499.65824%
As moscas-das-frutas são pragas de importância quarentenária, entre as quais se destacam as espécies do gênero Anastrepha. Apesar de muito estudada, a taxonomia de alguns grupos do gênero ainda não está adequadamente resolvida. A correta identificação do grupo fraterculus exige prática/conhecimento e a utilização de uma série de técnicas. Assim, o presente estudo propõe testar a eficiência de duas técnicas na identificação de três espécies (A. fraterculus, A. obliqua e A. sororcula) e na identificação de espécimes de A. fraterculus em relação a três hospedeiros (goiaba, nêspera e pêssego). Foram testadas as técnicas de análises de imagens, pela primeira vez em moscas-das-frutas, e de morfometria (multivariada para os acúleos e geométrica para as asas). Pela análise de imagens, obtiveram-se acurácias bastante altas na identificação das espécies, tanto por meio das imagens de asas quanto dos acúleos, com médias de acerto de 87,8% e 90,6%, respectivamente. Em relação à associação de A. fraterculus com os hospedeiros, também foram obtidos resultados positivos com a análise de imagens (médias de 85,3% de acerto nas imagens de asas e de 88,3% nas imagens de acúleos). A morfometria geométrica das asas...

‣ Moscas-das-frutas (Diptera, Tephritidae) no Estado de Goiás: ocorrência e distribuição

Veloso,Valquiria Rocha Santos; Pereira,André Ferreira; Rabelo,Lilian Rosana Silva; Caixeta,Claudini Vieira Deboni; Ferreira,Gislene Auxiliadora
Fonte: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG Publicador: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
501.85906%
O Estado de Goiás apresenta grande número de espécies vegetais hospedeiras de moscas-das-frutas, cujos frutos amadurecem em diferentes estações do ano, proporcionando o aumento da densidade populacional da praga e sua ampla distribuição. Em todo o território goiano, são observadas moscas-das-frutas em alta ou baixa frequência, tanto em áreas rurais quanto urbanas. Além da mosca-do-mediterrâneo (Ceratitis capitata), são conhecidas, até o momento, 21 espécies de moscas do gênero Anastrepha, destacando-se as espécies A. obliqua, A. fraterculus, A. sororcula e A. zenildae, pela importância econômica, e A. grandis, pelo destaque como praga quarentenária. A espécie A. grandis foi registrada, até o momento, em 13 municípios goianos, porém, esta informação não inviabiliza os programas de exportação de frutos implantados no Estado, pois verificou-se que, nas unidades de produção, o índice MAD (moscas armadilha-1 dia-1) foi inferior a 0.1, mantendo-se dentro dos índices estabelecidos pela legislação, para a exportação de frutos de cucurbitáceas.

‣ Inferências sobre a variabilidade genética disponível no banco de germoplasma de bananeira da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical.

SOUZA, C. P. F.; BRANDÃO, L. P.; AMORIM, E. P.; PEREIRA, V. M.; SILVA, S. de O. e; SANTOS-SEREJO, J. A. dos
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
580.91438%
A Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical possui uma das maiores coleções de bananeiras do mundo,com aproximadamente 300 acessos, de diferentes grupos genômicos e níveis de ploidia. Um banco de germoplasma deve conter uma variabilidade genética mínima que represente o acesso, seja cultivar elite ou primitiva, espécie ou gênero. Considera-se, que o germoplasma de bananeira da Embrapa é bem representativo, apresentando desde espécies selvagens do gênero Musa, como M. acuminata e M. balbisiana, até cultivares e variantes dos tipos Prata e Maçã. A bananicultura brasileira possui grande importância econômica e social, destacando-se como segundo produtor mundial. No entanto, apresenta poucos cultivares com potencial agronômico para exploração comercial, com resistência ao despencamento, alta produtividade e tolerantes às pragas e que apresentem frutos com boas características pós-colheita. Uma das estratégias para a solução dos problemas mencionados é a seleção de novos genótipos, mediante o melhoramento genético. Entretanto, essa estratégia passa obrigatoriamente pelo conhecimento da variabilidade genética disponível, utilizada como critério de seleção para os cruzamentos entre genótipos com características agronômicas complementares. Desta forma...

‣ Influência do tempo, temperatura e umidade na qualidade das amostras de citometria de fluxo de bananeira.

OLIVEIRA, A. C. L.; PIO, L. A. S.; PASQUAL, M.; SILVA, S. de O. e.; MADAIL, R. H.; SILVA, R. A. L.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
592.64535%
A banana é uma das frutas mais consumidas no mundo, possui alto valor nutritivo e socioeconômico, pois mobiliza um grande contingente de mão-de-obra, permite retorno rápido ao produtor e é geradora de divisas (Ganga, 2002). Em 2008 o Brasil era o quarto maior produtor mundial de banana, produzindo mais de 7 milhões de toneladas de frutos por ano, em uma área de 513 mil hectares (FAO, 2010). Embora exista um número expressivo de variedades de banana no Brasil, quando se considera preferência dos consumidores, produtividade, tolerância a pragas, porte adequado, resistência à seca e ao frio, restam poucas variedades com potencial agronômico para utilização comercial. Estratégias alternativas de melhoramento genético da bananeira, fundamentadas na duplicação de cromossomos tem a função de gerar híbridos com características desejáveis pelo programa de melhoramento genético da cultura (Vakili, 1967; Stover e Buddenhagen, 1986).; 2010; pdf 1862

‣ Estimativa de parâmetros genéticos associados à caracteristicas físicas e químicas de frutos de bananeira.

LEDO, C. A. da S.; SILVEIRA, T. C. da; AMORIM, E. P.; SILVA, S. de O. e
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
580.02266%
No Brasil a bananeira é cultivada em todos os estados, assumindo importância tanto social quanto econômica, sendo considerada fonte contínua de alimento e renda principalmente para pequenos produtores em função de sua produção durante todo o ano. A falta de cultivares de bananeira que apresentam simultaneamente alta produtividade, porte adequado, resistência a principais pragas, adaptação a diferentes ecossistemas e aceitação pelos consumidores tornam-se um dos fatores limitantes para expansão da bananicultura (Silva et al., 2000).; 2010; pdf 231

‣ Adequação da técnica de massa específica na diferenciação de diplóides e poliplóides de Musa acuminata Cola.

SILVA, M. R. da; COSTA, F. H. da S.; SILVA, S. de O. e; LINO, L. S. M.; PIO, L. A. S.; SANTOS JUNIOR, A. M. P. dos; SANTOS-SEREJO, J. A. dos.
Fonte: In:CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010. Publicador: In:CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 21., 2010, Natal. Frutas: saúde, inovação e responsabilidade: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Fruticultura, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
580.80184%
A duplicação cromossômica de diplóides, com a produção de autotetraplóides, é uma técnica que vem sendo usada no melhoramento genético de bananeira para obtenção de triplóides secundários. Mediante cruzamento desses tetraplóides com diplóides melhorados (Silva et al., 2005). Desta forma é possível, produzir híbridos com boas características agronômicas e resistentes a pragas que podem ser recomendados como novas cultivares (Bakry et al., 2007).Vários são os fatores que podem determinar o sucesso da poliploidização em bananeira, dentre eles destaca-se o uso de técnicas práticas e seguras para identificação dos poliplóides putativos. Dentre essas, são usadas a citometria de fluxo, estudo da estrutura de estômatos e contagem de cromossomos (Ganga & Chezhiyan, 2002; Bakry et al., 2007; Dolezel, 2007).A pré-seleção de indivíduos tratados com antimitótico é uma prática, que se observou necessária para redução do número de indivíduos que necessitam ter a ploidia confirmada por citometria ou outros métodos. A pré-seleção é feita na fase de aclimatização e baseia-se em características morfológicas e ou estruturais, como espessura das folhas, uma vez que, os tetraplóides normalmente são plantas vigoras e com folhas mais espessas. Plantas com folhas mais espessas podem ser identificadas por pessoas treinadas por meio do tato. A espessura foliar pode ser medida por vários métodos e de forma indireta...

‣ Diversidade e índices de infestaão de moscas-das-frutas e seus parasitoides em sis cultivares de café no município de Bom Jesus do Itabapoana, RJ.

SILVA, P. S.; AGUIAR-MENEZES, E. de L.; MOURA, A. P. de; FERRARA, F. A. A.
Fonte: Vértices, Campo dos Goytacazes, RJ, v. 13, n. 2, p. 193-203, maio/ago. 2011. Publicador: Vértices, Campo dos Goytacazes, RJ, v. 13, n. 2, p. 193-203, maio/ago. 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
602.2307%
Este estudo foca uma das mais importantes pragas da fruticultura mundial: as moscas-das-frutas, mas há poucos estudos concernentes a sua associação com frutos de café. O estudo foi conduzido no município de Bom Jesus do Itabapoana, região Noroeste do Estado do Rio de Janeiro com os objetivos de determinar as espécies que ocorrem nos cafezais dessa região, seus respectivos índices de infestação natural e o parasitismo natural dessas espécies. Frutos maduros de seis cultivares de café arábica (Mundo Novo, 2SL Vermelho, Catuaí Amarelo, Catuaí Vermelho, Catuaí 785 e Acauã) foram coletados. Todas as cultivares avaliadas foram infestadas por moscas-das-frutas, as quais se associaram a apenas uma espécie de parasitoide em cada cultivar.; 2011

‣ Avaliação econômica do controle de pragas do mamoeiro cultivado em sistemas de produção integrada e convencional.

SANTOS FILHO, H. P.; SOUZA, J. da S.; OLIVEIRA, A. A. R.; SANCHES, N. F.; CARDOSO, C. E. L.; OLIVEIRA, A. M. G.; ANDRADE, P. R. O.; LOPES, F. F.
Fonte: In: SIMPÓSIO DO PAPAYA BRASILEIRO, 5., 2011, Porto Seguro. Inovação e sustentabilidade: anais. Porto Seguro: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2011. 1 CD-ROM. Publicador: In: SIMPÓSIO DO PAPAYA BRASILEIRO, 5., 2011, Porto Seguro. Inovação e sustentabilidade: anais. Porto Seguro: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2011. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
507.98562%
Os principais problemas fitossanitários do mamoeiro são causados por vírus, fungos, ácaros e insetos destacando-se o vírus da meleira, da mancha anelar, a pinta preta, as podridões de Phytophthora, o ácaro rajado, o ácaro-branco, a cigarrinha-verde, a mosca-branca e as cochonilhas (MARTINS, 2003; SANCHES et al.2005); Na maioria das propriedades produtoras de mamão, a decisão do controle dessas pragas é tomada após simples constatação da sua presença e, na maioria dos casos, não se leva em consideração a presença dos inimigos naturais nem se faz nenhum tipo de intervenção com produtos biológicos. O controle é feito pela aplicação de produtos químicos em épocas predeterminadas, utilizando, na maioria das vezes, quantidades e princípios ativos inadequados. O controle das pragas no sistema da Produção Integrada de Frutas é baseado em monitoramento para detecção e, se necessário, intervir no controle como é preconizado pelo Manejo Integrado de Pragas - MIP, considerando a presença de inimigos naturais e apenas na parte do pomar em que a praga atinge o nível de dano econômico. O objetivo deste trabalho foi determinar os custos fitossanitários de controle das pragas do mamoeiro comparando o sistema de controle monitorado com o sistema convencional do produtor.; 2011; PDF. T46.

‣ Sistema de alerta.

NAVA, D. E.; MELO, M.; UENO, B.
Fonte: Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas, v. 10, n. 71, p. 26-28, dez. 2011/jan. 2012. Publicador: Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas, v. 10, n. 71, p. 26-28, dez. 2011/jan. 2012.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
597.37945%
Diante da diminuição no número de inseticidas disponíveis para o controle de pragas em pêssego cresce a preocupação com o ataque de insetos como a mosca-das-frutas. Pesquisadores e produtores do sul do Rio Grande do Sul têm apostado no monitoramento e em mecanismos para prever a ocorrência da praga, na busca por alternativas mais eficientes de manejo.; 2011

‣ Implantação do laboratório de moscas-das-frutas na Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola.

OLIVEIRA, C. P. de; BRAVO, I. S. J.; DIAS, M. C.; NASCIMENTO, A. S. do; BARBOSA, C. de J.; DUARTE, C. S. A.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 5., 2011, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, 2011. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 5., 2011, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, 2011.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; 1 p.
Português
Relevância na Pesquisa
504.136%
A fruticultura baiana vem se destacando como um dos mais importantes segmentos da agropecuária. Entretanto, a ocorrência de pragas é considerada como um dos entraves ao seu desenvolvimento, e em especial à exportação de frutas ao mercado externo.; 2011; PDF. 151_11.

‣ Criação e manutenção de colônias de Ceratitis capitata e Anastrepha obliqua para estudos de biologia e ecologia da praga na Bahia.

OLIVEIRA, C. P. de; CONCEIÇÃO, C. S.; DUARTE, C. S. A.; BRAVO, S. J.; NASCIMENTO, A. S. do; SILVA, D. R. de B.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 5., 2011, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, 2011. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA EMBRAPA MANDIOCA E FRUTICULTURA, 5., 2011, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, 2011.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 p.
Português
Relevância na Pesquisa
612.14312%
.As moscas-das-frutas são consideradas pragas agrícolas de uma extensa variedade de frutíferas apresentando algumas características biológicas que as favorecem, como elevado potencial biótico, habilidade de se dispersarem no meio ambiente e de se adaptarem a novos hospedeiros. Essas espécies são responsáveis por danos diretos e indiretos, sendo consideradas um dos principais problemas fitossanitários da fruticultura brasileira e mundial. Os danos diretos ocorrem devido à postura de ovos no interior dos frutos, originando larvas que consomem a polpa do fruto. Em relação aos danos indiretos, são impostas barreiras fitossanitárias pelos países importadores de frutas in natura, a exemplo dos EUA e Japão.; 2011; PDF. 152_11.

‣ Implantação do Laboratório de Moscas-das-Frutas na Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola.

OLIVEIRA, C. P. de; BRAVO, I. S. J.; DIAS, M. C.; NASCIMENTO, A. S. do; BARBOSA, C. de J.; DUARTE, C. S. A.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CULTURA NO RECÔNCAVO DA BAHIA - RECITEC RECÔNCAVO. 1., 2011, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, 2011. 1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO E CULTURA NO RECÔNCAVO DA BAHIA - RECITEC RECÔNCAVO. 1., 2011, Cruz das Almas. Anais... Cruz das Almas: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, 2011. 1 CD-ROM.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 2 p.
Português
Relevância na Pesquisa
518.39746%
A fruticultura Baiana vem se destacando como um dos mais importantes segmentos da Agropecuária. Entretanto, a ocorrência de pragas é considerada como um dos entraves ao seu desenvolvimento, e em especial à exportação de frutas ao mercado externo As moscas-das-frutas são responsáveis por grandes perdas diretas no pomar bem como se constituem em um gargalo para a exportação de frutas in natura.; 2011; Em paralelo aconteceram também os seguintes eventos: V Seminário de Pesquisa do Recôncavo da Bahia; V Seminário Estudantil de Pesquisa da UFRB; V Seminário da Pós-Graduação da UFRB; II Seminário Regional de Pesquisa da EBDA; 5ª Jornada Científica da Embrapa Mandioca e Fruticultura; VIII Seminário Estudantil de Pesquisa e Extensão da FAMAM; Semana de Ciência, Tecnologia e Inovação no Agronegócio; Fórum de Gestores de Iniciação Científica e Tecnológica da Bahia; II Simpósio Baiano de Defesa Agropecuária; I Semana de Educação Tutorial da UFRB.

‣ Onze anos de monitoramento populacional de moscas-das-frutas no pólo fruticola do Vale do Rio Brumado, Ba.

AGUIAR, W. M. M.; SÁ, R. F.; OLIVEIRA, R. C.; BRANDÃO, M. H. T.; NASCIMENTO, A. S. do
Fonte: In: CONFERÊNCIA, 3., 2012, Salvador. Defesa agropecuária responsabilidade compartilhada: Livro de resumos. Salvador: Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária e a Sociedade de Medicina Veterinária da Bahia; SEAGRI; ADAB, 2012. Documento eletrônico. Publicador: In: CONFERÊNCIA, 3., 2012, Salvador. Defesa agropecuária responsabilidade compartilhada: Livro de resumos. Salvador: Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária e a Sociedade de Medicina Veterinária da Bahia; SEAGRI; ADAB, 2012. Documento eletrônico.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
509.8196%
Moscas-das-Frutas é o termo usado para designar um grupo de pragas da família Tephritidae cujos efeitos econômicos têm sido mundialmente reconhecidos. São insetos que causam dano direto ao produto final, o fruto, sendo classificados como pragas-chaves das fruteiras e, como tal, atinge o nível de dano econômico em densidades populacionais baixas, merecendo cuidados especiais.; 2012

‣ Efeito de conservantes antimicrobianos usados em dietas de moscas-das-frutas sobre a virulência de isolados de Beauveria bassiana (Bals.) Vuill.

TAVARES, P. F. de S.; GONÇALVES, J. S.; COELHO, R. S.; PARANHOS, B. A. J.; GAVA, C. A. T.
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 7.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACEPE/UNIVASF, 1., 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 7.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACEPE/UNIVASF, 1., 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; p. 321-327.
Português
Relevância na Pesquisa
498.26562%
As moscas-das-frutas são importantes pragas de fruteiras, com sérias restrições quarentenárias sobre a exportação de frutos frescos. Por causa das restrições impostas pelos mercados consumidores ao uso de inseticidas, o controle microbiano dessa praga apresenta grande potencial. Contudo, no processo de seleção de entomopatógenos em laboratório, a composição das dietas em que são criados pode interferir nos resultados. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito dos conservantes usados na dieta de larvas de Ceratitis capitata na patogenicidade dos fungos a larvas e adultos. Os fungos foram aplicados a pupas e adultos criados em dietas contendo os conservantes nipagin e benzoato de sódio, avaliando-se a mortalidade e a conidiogênese ao longo de 10 dias. A mortalidade média de pupas da dieta completa foi de 8,33%, enquanto na dieta sem adição de conservantes foi de 17,5%. O conservante com maior restrição à patogenicidade sobre as pupas foi o benzoato de sódio, com média de mortalidade de 3,33%. A dieta sem adição de conservantes apresentou maior mortalidade de adultos, com média de 63,25%, e na dieta completa essa média foi de 26,45%. As dietas apenas com nipagin ou benzoato de sódio resultaram em mortalidade similar...

‣ Uso do SIG para estimar o potencial de distribuição geográfica de pragas quarentenárias em função de variáveis climáticas

HAMADA, E.; LANA, J.T. de O.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 15., 2007, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2007. 5p. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 15., 2007, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2007. 5p.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
504.17156%
Praga quarentenária é uma praga de importância econômica potencial para uma área com risco de sua introdução, mas não presente? ou presente, mas não amplamente distribuído na área e estando oficialmente controlado. Um Sistema de Informações Geográficas pode ser utilizado como ferramenta na análise de risco de pragas a fim de avaliar o seu potencial de introdução e de dispersão em uma área após o seu estabelecimento. O objetivo deste estudo foi determinar o potencial de distribuição geográfica de duas espécies quarentenárias, a mosca oriental das frutas (Bactrocera dorsalis), e o mal seco (Deuterophoma tracheiphila ), no estado de São Paulo, com base em variáveis climáticas e a utilização da ferramenta de SIG. Como resultado deste estudo, ambas as pragas quarentenárias indicaram potencial de introdução e dispersão no estado de São Paulo.; 2007

‣ Controle biológico de pragas em fruteiras tropicais.

PARANHOS, B. A. J.; ARAÚJO, E. L.; FANCELLI, M.; NORONHA, A. C. da S.; SILVA, L. D.; BARBOSA, F. R.; COSTA, M. de L. Z.; SANCHES, N. F.; WALDER, J. M. M.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE CONTROLE BIOLÓGICO, 11., 2009, Bento Gonçalves. Tecnologia e conservação ambiental: resumos. [Bento Gonçalves]: Sociedade Entomológica do Brasil: IRGA: Unisinos: Fiocruz, 2009. Publicador: In: SIMPÓSIO DE CONTROLE BIOLÓGICO, 11., 2009, Bento Gonçalves. Tecnologia e conservação ambiental: resumos. [Bento Gonçalves]: Sociedade Entomológica do Brasil: IRGA: Unisinos: Fiocruz, 2009.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
626.24336%
A colheita anual brasileira de frutas tropicais é de aproximadamente 38 milhões de toneladas, o que coloca o país em terceiro lugar entre os maiores produtores mundiais. Entretanto, o volume de frutas frescas exportado ainda é muito pequeno, menos de 2%. A fruticultura brasileira emprega mais de 5 milhões de pessoas e ocupa uma área aproximada de 42 milhões de hectares. As principais frutas tropicais produzidas no Brasil são abacaxi, banana, mamão, manga e melão. Todas estas culturas são atacadas por pragas chave: o abacaxizeiro é atacado pela broca do fruto (Strymon megarus); a bananeira pelo moleque da bananeira (Cosmopolites sordidus); o mamoeiro pelo ácaro rajado (Tetranychus urticae); a mangueira pelas moscas-das-frutas (Anastrepha spp. e Ceratitis capitata); e o meloeiro pela mosca-minadora (Liriomyza spp.). Com foco em segurança alimentar e preservação do meio ambiente, os fruticultores estão buscando novos métodos para o controle de pragas e dentre esses está o biológico. Dessa forma, o parasitóide Diachasmimorpha longicaudata tem sido utilizado com sucesso, em vários países, no controle de moscas-das-frutas. Além disso, recentemente foi implementado na região do Vale do São Francisco um programa de controle de C. capitata baseado na técnica do inseto estéril. O moleque da bananeira tem sido controlado com o fungo Beauveria bassiana. Na região da Chapada do Apodi (RN e CE)...

‣ Bahia: polos citrícolas, trânsito vegetal e riscos da introdução do huanglongbing dos citros.

Almeida, Uilian Costa de
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Português
Relevância na Pesquisa
500.68305%
A Bahia é o segundo maior polo de produção de citros do país, sendo o Huanglongbing (HLB), uma ameaça fitossanitária relevante, onde o trânsito de frutos e de material de propagação representam riscos de disseminação da praga. A bactéria Liberibacter spp, agente causal da doença Huanglongbing (HLB), é praga de importância quarentenária em diversos países produtores de citros e está amplamente distribuída na Ásia, África e Américas, assim como o seu vetor, Diaphorina citri Kuwayama, 1908 (Hemiptera, Psyllidae). A associação do vetor com a bactéria é prejudicial, ocasionando danos irreversíveis aos pomares citrícolas em todo o mundo, inclusive no Brasil. O HLB infecta todas as espécies de citros e outras espécies da família Rutaceae. A análise de riscos de pragas é o instrumento técnico amplamente utilizado na identificação, mitigação e gerenciamento dos riscos de introdução de pragas. Este trabalho teve por objetivo analisar as principais rotas prováveis de entrada do HLB no Estado da Bahia a partir de uma análise da rede de barreiras fitossanitárias localizadas nas divisas do Estado. Os polos citrícolas foram categorizados quanto ao risco de entrada do HLB considerando os seguintes fatores: Proximidade de Unidades da Federação (UFs) com presença da praga; Proximidade de rotas de ingresso de frutos e mudas; potencial de expansão de área plantada com citros. Os Polos Oeste e Extremo Sul da Bahia foram categorizados como de alto risco em relação à praga HLB...