Página 1 dos resultados de 1854 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ Mineralogia, Petrologia e Geoquímica de Rochas Granitóides da Área de Castlo Branco - Idanha-a-Nova.

Antunes, Isabel Margarida Horta Ribeiro
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
364.53695%
Na área de Castelo Branco-Idanha-a-Nova, dois plutões intruíram o Complexo Xisto-Grauváquico Câmbrico. O plutão pré-varisco de Oledo-Idanha-a-Nova, do Ordovício inferior (479-480 Ma, U-Pb em zircão e monazite), está deformado. O granodiorito biotítico e o granodiorito de duas micas, do tipo I, têm encraves tonalíticos e granodioríticos. Os diagramas de variação das rochas e minerais e a modelização de elementos maiores e menores mostra que os encraves granodioríticos e o granodiorito biotítico hospedeiro derivam do magma tonalítico por cristalização fraccionada de plagioclase, grunerite, biotite e ilmenite. As variações irregulares de (87 Sr/86Sr) 480, ENd480 e d18 O indicam também mistura de magmas. O granodiorito biotítico-moscovítico, porfiroíde, do tipo I ou híbrido, é uma pulsação magmática distinta. Geoquímica do granodiorito de duas micas e seus encraves granodioríticos indica que resultam da mistura de dois magmas, o que foi testado e é confirmado pelos diagramas lineares e pelos valores de (87Sr/86)479, ENd479 e d18 O, o granito moscovítico-biotílico do tipo S é outra pulsação magmática. O plutão de Castelo Branco é inversamente zonado e formado por granitóides tardi-D3 varisco...

‣ Geotermobarometria, geoquímica, geocronologia e evolução tectônica das rochas da fácies xisto azul da Colômbia nas áreas de Jambaló (Cauca) e Barragán (Valle del Cauca); Geothermobarometry, geochemistry, geocronology and tectonic evolution of blueschists facies rocks in Jambaló (Cauca) and Barragan (Valle del Cauca) areas, Colômbia

Bustamante Londoño, Andres
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
Apesar da importância das rochas da fácies xisto azul para o entendimento da dinâmica das zonas de subducção no passado, pouquíssimos estudos de mapeamento, geoquímica, geotermobarometria, geocronologia e de evolução tectônica têm sido feitos em rochas desse tipo na Colômbia. Na Cordilheira Central dos Andes colombianos ocorrem duas unidades rochas de alta razão P/T, uma delas na região de Jambaló (Departamento de Cauca) e outra na região de Barragán (Departamento de Valle de Cauca). Na região de Jambaló destaca-se a presença de lentes de xistos azuis em uma área constituída predominantemente por rochas da fácies xisto verde. Estas rochas representam núcleos preservados dos processos retrometamórficos que afetam as rochas de alta pressão durante a exumação. Os dados de geoquímica obtidos no conjunto de rochas de Jambaló indicam uma evolução dos protolitos a partir de rochas básicas e intermediárias de arcos de ilhas e de MORB. Usando o software TWQ 1.02, foram obtidos dados P e T que mostram uma forte descompressão acompanhada por quedas relativamente pequenas na temperatura para o as rochas da fácies xisto azul. A pressão tem uma variação entre ~14 e 7 kbar com uma diminuição da temperatura entre ~400 e 300 °C. Para as rochas da fácies xisto verde observa-se uma descompressão (8...

‣ Termobarometria, evolução tectono-metamórfica, e geoquímica de xistos azuis, rochas eclogíticas e litotipos associados da Ilha Diego de Almagro, Patagônia Chilena; Thermobarometry, tectonic-metamorphic evolution and geochemistry of blueschists, eclogitic rocks and associated lithotypes of Diego de Almagro Island, Chilean Patagonia

Hyppolito, Thais Nogueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
364.53695%
Na ilha Diego de Almagro, localizada na Patagônia Chilena, ocorrem metabasitos de alta pressão que compõem, juntamente com metatufos, xistos cloríticos, metacherts (coticulitos), xistos micáceos, xistos grafitosos e quartzo micaxistos, uma seqüência metavulcanossedimentar. Relíquias de pillow lavas com tufos finos inter pillow e camadas com pillow breccias indicam, em conjunto com a composição geoquímica, que esta seqüência formou-se em ambiente oceânico. As rochas da seqüência vulcanossedimentar foram transformadas em xistos azuis e rochas eclogíticas, os quais registram ainda a evolução retrometamórfica para as fácies epidoto anfibolito e xisto verde. A gênese das rochas de alta pressão é atribuída a uma zona de subducção cretácica desenvolvida na margem oeste do supercontinente Gondwana. Os cálculos termobarométricos, realizados mediante o software TWQ 1.02, apontam para a presença de xistos azuis transicionais para eclogitos, gerados em condições de 18 kbar e 400 °C e rocha eclogítica com pico metamórfico calculado entre 19,5 e 21 kbar e 580 e 650 °C. O registro do retrometamorfismo que afetou os xistos azuis ocorreu sob condições de pressão entre 8,5 e 9,5 kbar e temperaturas entre 420 e 500 °C. A rocha eclogítica evidencia uma primeira etapa de descompressão a 18 kbar...

‣ Aplicação dos métodos estatísticos em prospecção geoquímica de sedimentos de corrente e rochas na região de Isla Patrulla, distrito de Treinta y Tres, Uruguai; Not available.

Alba, José Maria Filippini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/1993 Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
Neste trabalho foram comparados os resultados da análise estatística dos dados de prospecções geoquímicas regionais, baseadas em duas metodologias diferentes: amostragem de filões de quartzo (228 amostras) e de sedimentos de corrente (341 amostras). As análises químicas foram realizadas por espectrometria de emissão plasma para 22 elementos (Fe, Mn, P, Ag, As, B, Ba, Be, Cd, Co, Cr, Cu, Mo, Nb, Ni, Pb, Sb, Sn, V, W, Y e Zn) e por absorção atômica para Au (analisado só para as amostras de veios). A área de pesquisa localiza-se em terrenos pré-Cambrianos, no distrito de "Treinta y Tres" (Uruguai) e possui uma extensão aproximada de 250 km2. O estudo estatístico correspondente a cada conjunto de amostras foi realizado separadamente, mediante a aplicação de métodos uni e multivariados, na tentativa de caracterizar o comportamento geoquímico de cada população e diferenciar a resposta regional da local. De maneira acessória procurou-se avaliar a potencialidade dos métodos estatísticos em prospecção geoquímica. A utilização combinada da análise dos componentes principais, a análise de agrupamentos e da análise discriminante permitiu definir conjuntos de amostra de feições homogêneas, representando o fundo geoquímico...

‣ Contribuição ao estudo da mineralogia e geoquímica de pegmatitos da região de Governador Valadores, Minas Gerais; Not available.

Marciano, Vitória Régia Péres da R. Oliveiros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/1985 Português
Relevância na Pesquisa
364.53695%
Os corpos pegmatíticos daslavras do Olhos de Gato, Ferreirinha, Boi e Faria encontram-se localizados na Província Pegmatítica Oriental, distando 30 km a noroeste, da cidade de Governador Valadares, Minas Gerais; encaixados em biotita-xistos. Fez-se estudo mais detalhado nos dois primeiros corpos, nos quais a coleta de amostra foi realizada segundo perfis, que permitem a visualização do zoneamento interno, como também da evolução interna e a distribuição dos elementos alcalinos, alcalinos terrosos e outros, nos minerais das diferentes zonas. Os objetivos principais destes trabalho foram: (1) a caracterização morfológica, mineralógica e geoquímica de alguns pegmatitos; (2) definição do posicionamento geológico e estratigráfico desses corpos; (3) descoberta de evidências da evolução interna capazes de auxiliar o estudo petrogenético deles. A metodologia empregada para alcançar os objetivos já referidos foram: microscopia ótica, difração de raios-x, espectrografia por absorção de infravermelhos, microssonda eletrônica e datação de minerais através do método Rb/Sr. Os corpos estudados possuem mineralogia bastante simples, apresentando-se zoneados (na provável sequência de formação) : zona marginal com uma característica assembléia mineral: albita + quartzo + moscovita + turmalina (exceto na lavra do Ferreirinha que não possue turmalinas); zona mural com albita + microclina pertitizada + quartzo + berilo; zona intermédia com grandes cristais de quartzo e microclima pertitizada; núcleo de quartzo e corpos de substituição com formas irregulares e mineralogia variada. Além dos minerais acima citados ocorrem óxidos...

‣ Definição da assinatura geoquímica multielemento secundária dos depósitos Canoas e Perau - Vale do Ribeira - PR e sua aplicação como ferramenta na seleção de novas áreas potenciais para pesquisa mineral

Ferreira, Juliano Alex
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 154 f. : il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Geologia Regional - IGCE; A região do Vale do Ribeira onde está inserido o Complexo Perau, contempla dois depósitos importantes de Pb-Zn-Ag, (Depósitos Canoas e Perau) além de diversas ocorrências de metais básicos (Água Clara, Pretinhos, Betara, Lavras, Salvador) e inúmeros showings de minerais oxidados de cobre. O presente estudo teve como objetivo a definição da assinatura geoquímica multielementos secundária das mineralizações de chumbo e zinco dos depósitos Canoas, Perau e sua aplicação como uma ferramenta na descoberta de novos depósitos subaflorantes. Para isso, foram utilizados os resultados analíticos adquiridos durante uma extensa campanha geoquímica de sedimento de corrente (2007 a 2008) impetrada durante a execução de um projeto de exploração mineral no Vale do Ribeira. Dentre as ferramentas ou procedimentos estatísticos uni e multivariados disponíveis, são destacados neste trabalho: Estatística Descritiva, Agrupamentos Hierárquico e Análise dos Componentes Principais além da Regressão Polinomial. Os resultados obtidos acerca da assinatura geoquímica secundária das jazidas Canoas e Perau mostram agrupamentos de elementos bem destacados em torno das microbacias contemplando zonas com mineralização aflorantes ou subaflorantes. Dentre os agrupamentos químicos que melhor representam a mineralização secundária dos depósitos Canoas e Perau...

‣ Petrologia e geoquimica do deposito vanadifero da Fazenda Novo Amparo, associado ao complexo mafico-ultramafico Rio Jacare, Bahia

Edilene Pereira Gomes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/1991 Português
Relevância na Pesquisa
364.53695%
O Complexo Rio Jacaré, situado no interior do Estado da Bahia, trata-se de um conjunto de rochas máfico-ultramáficas com cerca de 40km de extensão por 1km de largura, possuindo a mais importante reserva de magnetita vanadífera do país. Geotectonicamente, o Complexo Rio Jacaré situa-se ao longo de uma grande zona de falha, sendo limitado por entidades geológicas bastante distintas: a oeste representada por vulcânicas que compõem parte da Seqüência Vulcano-Sedimentar Contendas Mirante e, a leste, por granitos e quartzo-sienitos proterozóicos. Seus constituintes litológicos principais estão representados por piroxenitos, magnetititos, gabros e anortositos hoje amplamente modificados em virtude dos processos tectônico-metamórficos. Sua principal feição estrutural é marcada por foliação regional com direção N-S, trazendo associada paragêneses da fácies anfibolito. Um segundo marcador tectônico, porém de expressão local, é observado através de pequenas zonas de cisalhamentos nas quais são desenvolvidas paragêneses de fácies xisto-verde. Estudos geotermométricos realizados nos pares hornblenda-granada e biotita-granada em metagabros revelam temperaturas variando de 553 a 633 graus centígrados, relacionadas ao evento metamórfico regional. Feições texturais...

‣ Geoquimica de solos e sedimentos e impacto antropico por elementos-traço, na microbacia do corrego da Fazenda Santa Candida, area periurbana de Campinas (SP); Geochemistry of soil and sediments and anthropogenic impact by trace elements, in the microbasin of the stream of the farm Santa Cândida, urban area of Campinas, São Paulo State

Jose Carlos Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
364.53695%
A caracterização ambiental da microbacia do córrego da fazenda Santa Cândida, manancial periurbano de Campinas (SP), foi realizada a partir da classificação de solos e geoquímica multi-elementar (Ag, AI, As, Sa, Se, Si, Ca, Cd, Ce, Co, Cr, Cs, Cu, Fe, Ga, Ge, Hf, Hg, In, K, La, Li, Mg, Mn, Mo, Na, Nb, Ni, P, Pb, Rb, Sb, Sn, Se, Sr, Ta, Te, Th, Ti, Ta, U, V, W, Y, Zn e Zr) de sedimentos e solos. Amostras superficiais de solo (n = 43) e de sedimentos de corrente (n = 10) foram analisadas por ICPAES, ICPMS ou AAS. Os solos da área, subdivididos em 8 tipos geomorfológicos, foram agrupados estatisticamente em dois grandes domínios geoquímicos, controlados pela natureza da rocha parental: grupo I (solos derivados de diabásios) e grupo 11(solos derivados de granitos e subdivididos em IIa, IIb, IIc e IIe). A geoquímica de sedimentos (fração silte-argila) revelou concentrações anômalas para vários elementos, incluindo Mg, Cr, Sn, Ca, K, Zn, Ag, Mo, Cs, Ni, Rb, Cd, P, Hg e Si, por ordem decrescente de coeficiente de variação nas concentrações. Nos solos, valores anômalos foram computados para K, TI, Sa, Ca, P, Rb, Zn, Cd, Sr, Ag, Pb, Hg, Cu, Ni, Na, Y, Si, Cr, Hf, La e Se, por ordem decrescente de fatores de enriquecimento (entre 13 e 3...

‣ Reavaliação do contexto tectonico dos basaltos do greenstone belt do Rio Itapicuru (Bahia), com base na geoquimica de elementos-traço; Tectonic setting of basalts from the Rio Itapicuru greenstone belt revisited (Bahia, Bazil) by trace-element geochemistry

Jose Paulo Donatti Filho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
369.91504%
O Greenstone Belt Paleoproterozóico do Rio Itapicuru, nordeste do Cráton do São Francisco, está inserido integralmente no Bloco Serrinha e possui um domínio vulcânico máfico com um contexto geodinâmico de formação em debate, se arco, bacia de retro-arco ou rifte intracontinental. Dados geoquímicos dos basaltos deste domínio foram obtidos com o intuito de reavaliar a geoquímica e o contexto tectônico de formação dessas rochas com base principalmente na geoquímica de elementos-traço de elevado poder interpretativo (e.g. Low Field Strenght Element (LFSE), High Field Strenght Element (HFSE), e Rare Earth Element (REE)). Este domínio é composto de lavas almofadadas, basaltos variolíticos, basaltos maciços e porfiríticos, bem expostos no curso médio do Rio Itapicuru. A paragênese metamórfica indica condições variando de fácies xisto verde a fácies anfibolito. O domínio é composto basicamente por basaltos Fe-toleíticos subalcalinos, que são divididos geoquimicamente em dois grupos: ThI ? enriquecidos em Ti-P e elementos-traço incompatíveis, e outro, representado pelos toleiítos tipo II (ThII) que exibem baixas concentrações nesses elementos. Os ThII são mais primitivos geoquimicamente, exibindo valores relativamente mais elevados em Mg...

‣ A unidade Maria Preta : geologia, geoquimica e petrogenese de rochas vulcanicas e sub-vulcanicas intermediarais a felsicas no "Greenstone Belt" do rio Itapicuru, Bahia; The Maria Preta unit : geology, geochemistry and petrogenesis of volcanic and sub-volcanic intermediate to felsic rocks in the Rio Itapicuru greenstone belt, Bahia

Alberto Ruggiero
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
Novos dados geoquímicos nas rochas vulcânicas andesíticas e dacíticas da Unidade Maria Preta (UMP), Greenstone Belt do Rio Itapicuru, revelaram a presença de dois grupos geoquímicos distintos: um de rochas com afinidade adakítica e outro com caráter cálcio-alcalino. A suíte adakítica (ADK), localizada nas porções oeste da UMP, é caracterizada pelos altos valores de Sr/Y (Sr ~900 ppm, Y~5ppm); Na2O ~ 4,5ppm (K2O/Na2O ~0,3). É caracterizada também pelo enriquecimento de LILE (elementos litófilos de alto raio iônico) relativos aos HFSE (elementos de elevado potencial iônico) e também pelo moderado fracionamento dos elementos terras-raras (La/Yb ~ 12). A suíte cálcio-alcalina (CA) apresenta baixas razões Sr/Y (Sr ~ 170 ppm, Y~ 22 ppm), menor fracionamento de elementos terras-raras (La/Yb ~8) e anomalias negativas de Eu. No entanto apresenta maiores concentrações de elementos incompatíveis (Y ~22ppm, Zr ~142ppm, Th ~6ppm) e também Cr e Ni. Foi revelado, através de modelagem geoquímica que as duas suítes não se relacionam por cristalização fracionada. Contudo a suíte Adk apresenta indícios de cristalização fracionada de hornblenda enquanto que na CA a cristalização fracionada de plagioclásio desempenhou papel importante. O ambiente mais provável para a formação das rochas vulcânicas cálcioalcalinas é fusão em baixas profundidades da cunha do manto metassomatizado por fluídos liberados a partir de uma crosta oceânica subductada...

‣ Sazonalidade geoquímica multi-elementar em diferentes frações granulométricas de sedimentos do sistema estuariano de Santos - Cubatão/SP; Multi-elemental geochemical seasonality in different granulometric fractions of sediments at the estuary system of Santos - Cubatão / SP

Ludimila Berno
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
364.53695%
O sistema estuarino de Santos-Cubatão (SP) está localizado em uma das áreas mais industrializadas da América Latina. Os estuários são ambientes de grande complexidade, onde ocorrem interrelações entre componentes geológicos, físicos, biológicos e químicos. O histórico de contaminação desse ambiente estuarino, decorrente de diferentes atividades antrópicas, pode resultar em altos níveis de contaminação, e os sedimentos podem representar uma fonte latente de elementos-traço para o ambiente aquático. Com o objetivo de investigar a variabilidade geoquímica sazonal de elementos-traço, os sedimentos de superfície dos principais rios deste sistema estuarino (Casqueiro, Cubatão, Cascalho, Morrão e Capivari) foram amostrados no inverno e no verão. Concentrações químicas multi-elementares em diferentes granulometrias (<63 mm, <177 mm e total), obtidas por ICP-MS, e os níveis de matéria orgânica foram relacionados. As texturas dos sedimentos estudados apresentaram característica silto-argilosa (64 a 87%). Os maiores níveis de matéria orgânica foram encontrados nos sedimentos do rio Morrão (10,92 a 12,05%), porém não foi observada relação com a granulometria. Em geral, os metais e metalóides foram mais concentrados na textura silto-argilosa...

‣ Cartografia geoquímica da ilha de Santiago com uma densidade de amostragem média/baixa; Geochemical mapping of Santiago island with a medium/low sampling density

Pinto, Marina Marques da Silva Cabral
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
A ilha de Santiago é a maior do arquipélago de Cabo Verde, apresenta uma área de 991 km2, com um comprimento e largura máximos de 54,9 km e 29 km, respectivamente, e 1392 m de maior altitude. As condições climáticas e a erosão são alguns dos problemas naturais do arquipélago de Cabo Verde. Além disso, a intervenção humana no ambiente superficial revela-se muitas vezes inadequada e com forte impacto. A construção em solos com aptidão agrícola ou florestal, as actividades industriais, a deposição de materiais sólidos ou líquidos de forma inadequada, as práticas agrícolas incorrectas e intensivas, o uso abusivo de pesticidas e fertilizantes, a rega com água contaminada, a sobreexploração de aquíferos que levam muitas vezes à salinização, etc. têm enorme impacto em termos de contaminação de solos, águas superficiais e subterrâneas nas áreas envolventes. Por conseguinte, o conhecimento da variabilidade geoquímica natural é fundamental para a resolução de questões de índole económica, ambiental e de ordenamento do território, médica, e jurídica. A necessidade de construir uma base de dados de geoquímica georeferenciada que caracterize o ambiente superficial da ilha de Santiago foi a principal motivação para a realização deste estudo. Realizou-se um levantamento geoquímico de 337 amostras de sedimentos de corrente e 249 amostras de solos na ilha de Santiago...

‣ Geoquímica de superfície na área envolvente da mineralização do Salgadinho: contribuição para o estudo das fases - suporte do Cu Pb e Zn e para a optimização dos métodos de prospecção geoquímica

Cardoso, José Claudino de Pinho
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
Mestrado em Geoquímica

‣ Mineralogy and geochemistry of authigenic carbonates from the Gulf of Cadiz; Mineralogia e geoquímica de carbonatos autigénicos do Golfo de Cádis

Viola, Irene
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
Este trabalho apresenta a caracterização mineralógica e geoquímica de carbonatos autigénicos do Golfo de Cádis. Divide-se numa primeira parte introdutória onde se apresenta um resumo dos conceitos teóricos e o enquadramento geológico e estrutural da área em estudo, seguido da investigação realizada, incluindo a caracterização das amostras estudadas, a descrição dos métodos analíticos e apresentação e discussão dos resultados obtidos, que permitiram a sua caracterização mineralógica e geoquímica. As amostras estudadas provêm de vários vulcões de lama do Golfo de Cádis, localizados em diferentes enquadramentos tectónico - sedimentares. A caracterização mineralógica e geoquímica dos carbonatos autigénicos indicam uma formação em resultado da oxidação anaeróbica de metano na coluna sedimentar, a pouca profundidade, e reflectem características típicas de três processos de formação que deram origem aos três tipos litológicos presentes: chaminés, crostas e concreções carbonatadas.; This work is focused on the mineralogy and geochemistry of authigenic carbonates from the Gulf of Cadiz. It is divided in an introductory part where the background concepts and the geological setting of the study area are presented...

‣ Desenvolvimento de um sistema de aquisição de resistividade eléctrica : análise conjunta entre geofísica-geoquímica no Castro de Ul

Café, Luis Daniel da Cruz Gonçalves
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
371.62027%
Apesar da geofísica e geoquímica serem utilizadas de forma independente, estes dois métodos podem ser combinados de modo a estudar sítios arqueológicos, fornecendo assim um modelo interpretativo melhorado utilizando as informações complementares que ambos fornecem. Este trabalho teve como objectivos o desenvolvimento de um sistema de aquisição capaz de adquirir dados de resistividade eléctrica em 3D (polo-polo) sendo posteriormente aplicado à Arqueologia de forma a poder correlacionar os dados geofísicos esparsos obtidos com dados geoquímicos através da realização de análises de componentes principais. O presente trabalho, realizado na zona do antigo Castro de Ul, zona com ocupação humana conhecida que remonta ao séc. I a.C., permitiu identificar, através da geoquímica, dois factores relacionados com assinaturas geoquímicas tipicamente associadas a xistos e granitos. Para além destes, foram identificados, através da geofísica, três factores relacionados com a geologia, homogeneidade e/ou espessura do aterro, e qualidade dos dados. A análise final aponta para uma correlação entre a geofísica e a geoquímica através dos valores médios de resistividade e da assinatura geoquímica associada a granitos. Deste modo foi possível propor um zonamento...

‣ Caracterização geoquímica dos sedimentos de fundo e em suspensão dos principais cursos de água na ilha de São Miguel

Melo, António Paulo Gomes da Silva
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 02/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
371.62027%
Dissertação de Mestrado em Vulcanologia e Riscos Geológicos.; O primeiro objectivo de um estudo geoquímico é a determinação da abundância relativa e/ou absoluta das várias espécies químicas presentes num dado meio. A partir destes estudos iniciais, pretende caracterizar processos químicos e geológicos, numa tentativa final de modelação dos sistemas. A caracterização geoquímica das rochas no arquipélago dos Açores já foi alvo de numerosos estudos, processo indispensável para o conhecimento existente. Com o presente trabalho, pretende-se estudar a composição geoquímica dos sedimentos em suspensão e de fundo, frutos da erosão física e química dos solos e rochas causada pelos cursos de água, de forma a estabelecer comparações entre as características geológicas das bacias hidrográficas envolvidas e identificar os processos geoquímicos subjacentes. Com este objetivo em mente, recolheram-se 11 amostras de sedimentos de fundo ao longo dos quatro principais cursos de água de São Miguel. Também se recolheram amostras de água para análise química e estudo dos sedimentos em suspensão. Com base nesta amostragem foi possível determinar a assinatura geoquímica dos sedimentos das quatro ribeiras estudadas...

‣ A influência litológica nas taxas de denudação geoquímica do médio Espinhaço Meridional - MG

Rezende,Éric Andrade; Leão,Marina Ribeiro; Salgado,André Augusto Rodrigues; Oliveira,Carmélia Kerolly Ramos de; Nalini Junior,Herminio Arias
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
O presente trabalho visa investigar a influência da litologia nas atuais taxas de denudação geoquímica na média Serra do Espinhaço Meridional. As taxas de denudação correspondem ao volume de material proveniente da alteração das ro chas retirado de uma determinada área em um dado período de tempo (Souch, 2004). Estas taxas são intensamente controladas pelo substrato geológico, notadamente em bacias hidrográficas de menor extensão. O método adotado baseia-se na coleta de amostras das águas superficiais de dezesseis sub-bacias hidrográficas - que apresentam baixa interferência antrópica e estão sobre substrato geológico predominantemente quartzítico - e na medição da vazão dos canais amostrados. Análises químicas de águas superficiais, coletadas nos períodos úmido e seco do ano, foram utilizadas no cálculo da taxa de denudação geoquímica, que, de modo geral, apresentou-se baixa devido a alta resistência dos quartzitos - litologia predominante. Os resultados demonstraram que, apesar da relativa homogeneidade litológica, a área apresenta uma denudação geoquímica diferencial, onde: (i) bacias que drenam rochas carbonáticas possuem taxas mais elevadas de denudação, confirmando a alta solubilidade desse material...

‣ Geoquímica de Sills Basálticos da formação Serra Geral, sul do Brasil, com base em rocha total e micro-análise de minerais

Renner, Leonardo Cardoso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
O grande magmatismo intracontinental ocorrido a 133 Ma na Bacia do Paraná foi desenvolvido por um sistema fissural no qual a interação da Pluma Tristão da Cunha na base da litosfera (com ou sem contaminação crustal) gerou derrames, diques e sills no Brasil, nos Estados do RS, SC, PR, SP, MT, MS e GO, e em parte do Paraguai, Argentina e Uruguai. Na Formação Serra Geral, representativa deste intenso magmatismo, foram coletadas amostras de sills (RS, PR, SP e GO) cristalizados entre os sedimentos Paleozóicos pré-vulcânicos da Bacia do Paraná. Já haviam sido realizados diversos estudos geoquímicos a partir da década de 80 com objetivo de identificar as variações químicas de diques, derrames e sills da Formação Serra Geral. No entanto, a utilização de novas técnicas analíticas (EPMA e LA-ICP-MS), utilizadas no presente estudo, proporcionaram o entendimento das variações químicas de forma pontual em minerais ígneos. A geoquímica dos sills estudados caracteriza-os como sub-alcalinos toleíticos continentais que variam de basaltos a andesitos basáltico. Assim, podendo ser divididos em dois grupos químicos: sills do Rio Grande do Sul (baixo TiO2 < 2 wt.%, com concentrações inferiores de P2O5, Nb, Sr, Zr, Zn...

‣ Volcanismo cuaternario de Sierras de Bellavista: comparación geoquímica con el magmatismo contemporáneo del arco comprendido entre los 34º30' y los 35º30's

Eyquem Fuentealba, Maria Daniela
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
El objetivo de este trabajo es comprender el significado de la Unidad Sierras de Bellavista en el contexto del magmatismo contemporáneo del segmento norte de la Zona Volcánica Sur. Para esto, se estudiaron los siguientes aspectos de la Unidad Sierras de Bellavista: petrografía, geoquímica y geocronología, y además se realizó una comparación para establecer similitudes y diferencias geoquímicas con el Grupo Volcánico Tinguiririca – Cerro altos del Padre, con el Complejo Caldera Calabozos y con la Caldera Diamante. El estudio petrográfico permitió definir principalmente dos grupos entre las rocas de la unidad estudiada: tobas blancas pumíceas y tobas gris-negras soldadas. Estas rocas presentan distinto grado de soldamiento por lo tanto indican distinta temperatura de emplazamiento. Los análisis químicos realizados a rocas de la Unidad Sierras de Bellavista permiten clasificar las tobas blancas pumíceas y tobas gris-negras soldadas como riolitas y dacitas respectivamente. Los análisis de elementos mayores indican que estas rocas tienen afinidad con la serie magmática calcoalcalina y calcoalcalina de alto K, con carácter peraluminoso. Los patrones de Tierras Raras normalizadas a condritos, muestran enriquecimiento en Tierras Raras Livianas (LREE) y empobrecimiento en Tierras Raras Pesadas (HREE) y una anomalía negativa de Eu...

‣ Evaluación estadística de Materiales de Referencia Geoquímica del Centre de Recherches Pétrographiques et Géochimiques (Francia) aplicando un esquema de detección y eliminación de valores desviados

Marroquín-Guerra,Sylvia Gabriela; Velasco-Tapia,Fernando; Díaz-González,Lorena
Fonte: Instituto de Geología, UNAM Publicador: Instituto de Geología, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
367.65973%
Se presentan los resultados de una evaluación estadística de la composición más probable (parámetros de tendencia central y dispersión) para ocho Materiales de Referencia Geoquímica (MRG), disponibles actualmente en el Centre de Recherches Pétrographiques et Géochimiques (CRPG; Nancy, Francia): bauxita BX-N, diorita DR-N, sienita DT-N, feldespato de potasio FK-N, granito GS-N, microgabro PM-S, serpentina UB-N y dolerita WS-E. La metodología consistió en la preparación de bases de datos actualizadas de composición para cada MRG y su procesamiento estadístico. A cada base de datos se le aplicó, por elemento y con n i >5, un filtro estadístico consistente de variantes sencillas y compuestas de pruebas de desviación/extensión, Grubbs, Dixon y momentos de alto orden. Este procedimiento tuvo como objetivo detectar y en su caso, eliminar valores desviados en muestras de población que, según la teoría, tienden a distribuirse normalmente. Los datos de concentración obtenidos en esta evaluación se compararon con los valores de trabajo propuestos por el CRPG, generados a partir de un enfoque de parámetros de tendencia central (método robusto). Una evaluación estadística tipo ANOVA (a un nivel de confianza del 99%) indicó que...