Página 1 dos resultados de 344 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ Estudo da cadeia alimentar do cavalo-marinho Hippocampus guttulatus em condições de cultivo utilizando isótopos estáveis

Ferreira, Tânia
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 15/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
719.6153%
Dissertação de Mestrado em Aquacultura apresentada à ESTM - Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Instituto Politécnico de Leiria; Este trabalho visa o desenvolvimento de um conhecimento sobre a cadeia alimentar do cavalo-marinho Hippocampus guttulatus em condições de cultivo. Esta análise foi efectuada utilizando isótopos estáveis, de Carbono (d 13C) e de Azoto (d15N). O trabalho desenvolvido tem como finalidade um estudo e acompanhamento das alterações isotópicas nos tecidos dos indivíduos utilizados nas experiências. Foram efectuadas duas experiências: alimentação de adultos e de crias. Analisando amostras de barbatana dorsal de adultos (recorrendo a técnica de fin-cliping) a diferentes tempos de cultivo podemos determinar a assimilação de alimento, e assim efectuar uma comparação entre estes indivíduos e os selvagens. É possível também, acompanhar a temporalidade e alterações isotópicas nos tecidos (a nível de d 13C e d 15N). Já com as crias (sacrificando o indivíduo e analisando a totalidade da massa corporal) efectuou-se uma experiência de comparação isotópica dos diferentes tipos de alimento disponibilizados desde o primeiro dia, artémia e copépodes (calanóides e harpacticóides). No estudo levado a cabo com os adultos foi visível uma assimilação adequada do alimento oferecido o que remete a uma assinatura isotópica semelhante à encontrada nos indivíduos no meio natural. A técnica de fin-clippnig possibilitou a toma de amostras sem ter de sacrificar o animal e mostrou ser um método de amostragem eficaz para utilizar com espécies ameaçadas. No caso das crias é perceptível uma melhor condição em cultivo das mesmas quando alimentadas inicialmente com copépodes calanóides (entre 4 a 5 dias) e posteriormente adicionando artémia á sua dieta. Existe também uma melhor assimilação inicial do alimento e uma maior taxa de sobrevivência quando comparado com indivíduos alimentados tanto com artémia ou harpacticóides.

‣ Variação espacial e temporal da trama trófica bentônica de um ambiente costeiro à plataforma continental adjacente no Atlântico Sudoeste: análise de isótopos estáveis

Corbisier, Thais Navajas; Petti, Monica Angelica Varella; Ujikawa, Maria Cláudia Y; Muto, Elizabeti Y
Fonte: Faculdad de la Replublic (UDELAR). Faculdad de Ciencias; Punta del Este Publicador: Faculdad de la Replublic (UDELAR). Faculdad de Ciencias; Punta del Este
Tipo: Aula
Português
Relevância na Pesquisa
719.6153%
A análise das razões de isótopos estáveis de carbono (δ13C) e nitrogênio (δ15N) vem sendo utilizada para identificar as fontes primárias de carbono dos ecossistemas e traçar as interações tróficas entre seus componentes. Nesse contexto, a variabilidade espacial e temporal da trama trófica bentônica da Baía de Santos e da plataforma continental interna e média, ao largo da costa sul do estado de São Paulo, Brasil (23,9-24,5°S), foi investigada durante o inverno de 2005 e o verão de 2006. A matéria orgânica particulada em suspensão (MOPS), zooplâncton, macroalgas, vegetais terrestres (C3), sedimento e 21 categorias de consumidores bentônicos foram analisados. Segundo os valores de δ13C, a MOPS foi a principal fonte primária de matéria orgânica. A análise de regressão entre os valores médios de δ15N e δ13C indicou, no inverno, semelhanças nas assinaturas isotópicas dos consumidores bentônicos entre a plataforma interna e média e diferenças entre essas e as da baía. Por outro lado, no verão, foram observadas diferenças nessas assinaturas entre a baía, a plataforma interna e a média. Os valores de 13C dos consumidores decresceram do ambiente costeiro em direção à plataforma média...

‣ Fontes de carbono e nitrogênio para consumidores aquáticos nas microbacias da Mata Atlântica utilizando-se isótopos estáveis ; Carbon and nitrogen sources to aquatic consumers in watersheds of the Atlantic forest using stable isotopes.

Pereira, Alexandre Leandro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
719.6153%
Isótopos estáveis de 13C e 15N de fontes basais e consumidores foram utilizados para descrever e quantificar as fontes de matéria orgânica que sustentam as teias alimentares em riachos da Floresta Atlântica em um gradiente altitudinal (Floresta Montana, Submontana e Terras Baixas) e em riachos com diferentes usos do solo floresta, cultivo de eucalipto e pastagem). Os estudos foram realizados no Parque Estadual da Serra do Mar Núcleos Picinguaba e Santa Virgínia e no seu entorno. No gradiente altitudinal os resultados indicam que em floresta Montana os consumidores mostraram dependência das fontes autóctones (principalmente seston), em Submontana as fontes autóctones também são as que mais contribuem para os consumidores, principalmente perifíton. Em Terras Baixas as plantas C3 entram como contribuintes nas teias alimentares, contudo os consumidores continuam assimilando mais C e N do perifíton e seston. Nos diferentes usos do solo, as fontes basais tiveram diferenças isotópicas, com valores mais negativos de 13C em floresta e menos negativos nos riachos alterados e 15N mais positivo na pastagem. A comunidade em riachos de floresta assimila C e N proveniente do seston, enquanto que em cultivo de eucalipto as fontes autóctones (perifíton e seston) contribuem com mais de 70% e gramíneas C4 com 14%. Os riachos de pastagem são ambientes heterotróficos com grande dependência das fontes alóctones (plantas terrestres C3 e gramíneas C4). Destaca-se um aumento na contribuição das fontes alóctones à medida que se muda a cobertura vegetal do entorno...

‣ Análise da ecologia alimentar de aranhas (Araneae) através da variação na abundância natural de isótopos estáveis em cultivos de citros no município de Gavião Peixoto - SP; Analysis of the feeding ecology of spiders (Araneae) through the variation in the natural abundance of stable isotopes at citrus orchards in the municipality of Gavião Peixoto - SP

Santi Júnior, Adelino de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
724.5884%
O Brasil é o maior produtor mundial de citros, com aproximadamente 455 milhões de caixas por ano. No país os principais problemas da cultura estão relacionados a fitopatologias e ataques de fitófagos, que diminuem a produtividade e afetam os preços do produto no mercado. Nesse contexto, o controle desses insetos se faz necessário para que sejam evitadas perdas econômicas e produtivas. Assim, as aranhas surgem como potenciais agentes de controle, devido à estratégia trófica que adotam, sendo completamente dependentes da predação, auxiliando na regulação de espécies-praga em cultivos comerciais. O presente trabalho teve como finalidade lançar mão da análise dos isótopos estáveis 13C e 15N, para determinar as principais fontes de carbono e nível trófico das principais famílias e grupos de aranhas presentes em cultivos de citros no município de Gavião Peixoto - SP. Foram coletados 4.832 indivíduos, distribuídos em 17 famílias, das quais 12 eram comuns às duas áreas estudadas; as famílias foram classificas em sete guildas funcionais. Através análise dos isótopos 13C e 15N foi possível determinar o percentual de carbono dos citros presente na alimentação das principais famílias e grupos amostrados, além do nível trófico médio. Os resultados indicaram que as famílias diferem na dependência de teias alimentares baseadas nos citros. Além disso...

‣ Análise da estrutura populacional da abrótea-de-profundidade, Urophycis mystacea Ribeiro, 1903 (Teleostei: Phycidade) da região sudeste-sul do Brasil. Morfologia e relação entre isótopos estáveis dos otólitos sagittae; Analysis of the population structure of deep-hake , Urophycis mystacea Ribeiro, 1903 ( Teleostei: Phycidae ) from the Southeastern Brazil. Morphology and relationship between stable isotopes of sagitta otoliths

Romero, Cesar Santificetur
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
728.8165%
Estudos sobre a análise populacional da abrótea-de-profundidade, Urophycis mystacea, uma ferramenta importante para a gestão de estoques, nunca haviam sido realizados. Na presente dissertação, através da análise da distribuição em comprimentos de exemplares coletados ao longo da região sudeste-sul do Brasil, da análise quali-quantitativa das características morfológicas e morfométricas dos otólitos sagittae e da análise das razões de isótopos estáveis dos mesmos, foi avaliada a homogeneidade do estoque, que constitui importante recurso pesqueiro na região. Para as análises, a região entre o cabo de São Tomé e o Chuí foi dividida em três áreas. As análises morfológicas foram feitas seguindo metodologia de TUSET et. al (2008) e ASSIS (2002), usando quinze feições da sagittae. O teste qui-quadrado foi aplicado para verificar a homogeneidade da distribuição dos caracteres em relação a ontogenia. As análises morfométricas foram realizadas em um estereomicroscópio, com otólitos de peixes da faixa entre 300 e 499 mm de comprimento total, comum às três áreas. Foram obtidas variáveis morfométricas (Co, Ao, Eo, Po, Ar e Pe) e calculadas relações morfométricas e os indicadores de forma. Testes estatísticos foram aplicados para verificar diferenças dos caracteres entre as áreas pré-estabelecidas. Para a análise isotópica foram análizados dez otólitos por área...

‣ Integração de dados mineralógicos, isótopos estáveis (O, H) e porosidade de rochas (14C-PMMA) no reconhecimento da evolução da alteração no sistema hidrotermal de Lavras do Sul/RS, Brasil

Bongiolo, Everton Marques
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
724.5884%
O distrito mineiro de Lavras do Sul compreende prospectos contendo Au-Cu (±Pb, Zn, Ag) em uma seqüência plutono-vulcânica neoproterozóica no Sul do Brasil. As mineralizações ocorrem em veios e brechas de quartzo com direção preferencial N40°W a E-W e em halos hidrotermais nas encaixantes. Os principais minerais de alteração associados às mineralizações filonianas nos granitóides e nas rochas vulcanogênicas compreendem sericita e clorita, respectivamente. Estudos de campo, petrografia (ótica e MEV), difratometria de raios X, decomposição de difratogramas e química mineral das zonas de alteração mineralizadas mostram que as sericitas associadas à alteração fílica compreendem: (i) fengita, ilita e interestratificados I/S (R≥1) ricos em ilita (>80%). Estes componentes mostram uma zonalidade espacial e temporal em escala regional: grandes cristais hexagonais fengíticos (2M1) predominam nos prospectos à Oeste do complexo granítico, sendo substituídos em abundância por pequenos cristais em ripa de ilita e I/S R≥1 (ambos 1M) em direção às zonas à Leste. A distribuição espacial destes minerais ratifica observações prévias de que as zonas mais profundas do complexo granítico se localizam à Oeste. Esta evolução em relação aos argilominerais é acompanhada por diferenças texturais nos veios de quartzo...

‣ Avaliação do Metabolismo Nutricional em Poedeiras pela Técnica dos Isótopos Estáveis do Ccarbono (13C/12C)

Carrijo, AS; Pezzato, AC; Ducatti, C
Fonte: Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas Publicador: Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 209-218
Português
Relevância na Pesquisa
719.6153%
Os isótopos estáveis do carbono que eram utilizados em estudos ecológicos e paleoecológicos apresentaram um incremento nos últimos trinta anos, na utilização em estudos dietéticos em animais. Entretanto, existem poucas informações sobre o padrão metabólico e sobre as taxas de turnover do 13C em aves. O presente experimento estabeleceu curvas de substituição e taxas de movimentação do 13C no ovo e no fígado de aves de postura adultas, pela substituição da ração comercial por dietas compostas de grãos dos ciclos fotossintéticos C3 e C4, durante 50 dias. A diferença no conteúdo isotópico do delta per mil do carbono-13 (delta 13C) entre as duas dietas foi de 16,13 . A taxa de substituição do 13C das dietas, nos tecidos, adequou-se num modelo exponencial, descrevendo o turnover do carbono nos tecidos analisados. As taxas de movimentação do 13C, nas aves alimentadas com dieta baseada em grãos C3, foi maior no fígado em relação ao ovo, com valores para a meia-vida de 2,9 e 3,7 dias, respectivamente. As aves que receberam ração com grãos C4 apresentaram uma taxa de turnover no ovo superior àquela obtida para o fígado, com meia-vida de 4,0 e 5,3 dias, respectivamente. Os valores do delta 13C observados para ovo e fígado diferiram em aproximadamente 2 daqueles referentes às dietas.; The stable carbon isotopes used in ecology and paleoecology during the last 30 years has now been used in dietary studies of animals. However...

‣ Rastreabilidade de camarão amazônico proveniente de cultivo e ambiente natural utilizando a técnica de isótopos estáveis

Costa, Gelcirene de Albuquerque
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: iii, 48 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
734.6185%
Pós-graduação em Aquicultura - FCAV; A globalização no comércio de pescado tem aumentado à oferta do produto, mas tem favorecido a prática de fraudes, como por exemplo, a substituição de espécies nobres por espécies de menor valor comercial. Por outro lado, consumidores cada vez mais exigentes têm demonstrado preferências por produtos de sistemas agroalimentares diferenciados. No Brasil, a regulamentação para as indicações geográficas tem crescido em ritmo acelerado nos últimos dois anos, exigindo o desenvolvimento de ferramentas analíticas para comprovação dos atributos de qualidades destes produtos diferenciados. Neste trabalho foi verificada a eficiência das análises de composição química (carne) e isótopos estáveis de carbono e nitrogênio (carne e carapaça) como ferramentas para autenticação e rastreabilidade do camarão da Amazônia. Foram analisados camarões de ambiente natural provenientes de lagos do Amazonas (Rei e Catalão); Lagoa Bahiazinha, Pantanal de Miranda, MS; Ilhas próximas ao estuário no Pará. As amostras de camarão cultivado foram coletadas no CAUNESP, Jaboticabal, São Paulo. Amostras do Lago Rei foram coletadas em julho e dezembro para avaliar o efeito sazonal nos componentes analíticos. Os resultados mostraram que a análise fatorial exploratória (AFE) permitiu diferenciar camarões em função da origem geográfica e modo de produção tanto para a composição de isótopos estáveis como para composição química; Globalization and increasing international trade in fish and fisheries products...

‣ Avaliação da essencialidade da metionina e lisina em frangos de corte pelo turnover de isótopos estáveis de carbono

Maruno, Mariana Kiyomi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 57 f. : tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
719.6153%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da suplementação de metionina e lisina sobre a taxa de troca isotópica do carbono em tecidos de frangos de corte e seu processo de renovação, utilizando-se a variação natural do carbono-13. Foram utilizados 206 pintos, os quais do 1 a 20 dias de idade, receberam dieta basal compostas predominantemente por plantas do ciclo fotossintético C4 e a partir de 20 dias de idade passaram a receber as dietas experimentais compostas por plantas do C3 possuindo sinal isotópico de 13C diferentes da dieta na fase inicial. O ensaio consistiu em quatro tratamentos: dieta Basal (sem suplementação de aminoácidos); B+ 0,47Met (dieta basal com suplementação de metionina); B+1,18Lys (dieta basal com suplementação de lisina) e B+0,47Met+1,18Lys (dieta basal com suplementação de metionina e lisina). Os animais que receberam dieta B+1,18Lys apresentaram a taxa de troca isotópica mais rápida de carbono nos tecidos analisados em relação às outras dietas, o que evidencia a importância desse aminoácido na formação desses tecidos analisados. O tecido mais representativo foi o tecido muscular...

‣ Técnica dos isótopos estáveis para determinar o turnover de carbono nas fezes, no sangue e plasma de bovinos jovens confinados

Ribeiro, Felipe Azevedo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 40 p. : grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
719.6153%
Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; A pecuária de corte é uma atividade de grande relevância no contexto econômico nacional. Entretanto, o Brasil ainda não dispõe de um sistema de rastreabilidade confiável que forneça informações sobre a dieta a qual o animal foi submetido. Recentes episódios na Europa, como a crise provocada pela encefalopatia espongiforme bovina e pela febre aftosa, reafirmaram a necessidade de melhorar os métodos para o rastreamento de animais vivos e seus derivados. O objetivo deste trabalho foi determinar o turnover do carbono nas fezes, sangue e plasma de bovinos jovens confinados utilizando a técnica dos isótopos estáveis. Foram utilizados dezoito bovinos Aberdeen Angus x Nelore provindos de pastagem de gramínea C4. Os animais foram confinados e distribuídos aleatoriamente em dois tratamentos: C3 e C4. Os animais do tratamento C3 receberam dietas com sinal isotópico C3 e os animais do tratamento C4 receberam dietas com sinal isotópico C4, por um período de 153 dias. Para mensurar o turnover do carbono nas fezes, sangue e plasma em determinado intervalo de tempo, foi utilizada a função exponencial do tempo. Foram coletadas amostras de sangue nos dias: 0,1, 2, 3, 6, 9, 12, 16, 21, 28, 35...

‣ Utilização de isótopos estáveis de 13C e 15N na identificação de bacalhau Gadus e outras espécies de peixes salgados secos

Lima, Emanuel Joaquim Victória Monteiro Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xi, 59 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
728.8165%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Aquicultura - FCAV; O Brasil é dos países líderes na importação de peixes salgados e secos. Em 2008, importou da Noruega cerca de 30 mil toneladas destes produtos, a um custo de aproximadamente 190 milhões de dólares. O bacalhau é um produto salgado e seco bastante apreciado no país, mas espécies afins, de menor valor comercial, são também utilizadas na fabricação de peixes salgados secos e muitas vezes comercializadas como o bacalhau do Atlântico (Gadus morhua). A variação da razão de isótopos estáveis de carbono (13C/12C) e de nitrogênio (15N/14N) é medida com alta precisão por espectrômetro de massa de razão isotópica (IRMS) e nos últimos 20 anos tem aumentado significativamente a aplicação desta tecnologia na avaliação de fraudes e adulterações dos alimentos. O objetivo deste trabalho foi utilizar isótopos estáveis de 15N e 13C na identificação de bacalhau e espécies afins. Utilizando a análise isotópica, em músculos e ossos, foi possível diferenciar o bacalhau (do Atlântico e do Pacífico) de Ling, Zarbo e Saithe (p < 0,01), que são três produtos salgados e secos de menor valor comercial. Com a pele não foi possível tal distinção entre bacalhau do Pacífico e Ling (p > 0...

‣ Detecção de farinha de vísceras nas fases de alimentação em frangos de corte pela técnica de isótopos estáveis

Gottmann, Rosana
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: vi, 95 f: tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
719.6153%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; O objetivo deste trabalho foi identificar a inclusão de níveis crescentes de farinha de vísceras (FV) na alimentação de frangos de corte, usando os isótopos estáveis de carbono e nitrogênio na análise do sangue e músculo peitoral das aves coletados semanalmente. Foram utilizados 560 pintos machos (Cobb), com um dia de idade, distribuídos aleatoriamente em tratamentos: controle (dieta vegetal), os demais tratamentos tiveram a inclusão de 0,5; 1,0; 1,5; 2,0; 2,5; 3,0; 3,5; 4,0 e 8,0% de FV na dieta. A cada 7 dias foram separadas ao acaso oito aves (n = 8) por tratamento e coletados sangue e músculo peitoral para análise da razão isotópica do carbono e nitrogênio. Tanto no sangue quanto no músculo peitoral das aves aos 7 dias de idade a FV foi detectada a partir de 3,5%, valor que é mantido para o sangue aos 14 dias de idade. No músculo peitoral aos 14 dias a detecção foi a partir de 4,0%. Com 21 dias de idade no sangue a FV foi detectada a partir 2,0% e no músculo peitoral acima de 0,5% de inclusão. Aos 28, 35 e 42 dias no sangue foi detectado a partir de 4,0; 2,5 e 3,0%; respectivamente. No músculo peitoral aos 28 e 35 dias de idade foi identificada a FV em nível a partir de 2...

‣ Técnica dos isótopos estáveis na incorporação de 13C proveniente da L-metionina nos tecidos de frangos de corte em fases de crescimento

Stradiotti, Ana Cristina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: x, 82 f. : il., grafs, tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
719.6153%
Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; O presente trabalho teve como objetivo utilizar a técnica de isótopos estáveis para avaliar a taxa de incorporação do carbono-13, proveniente da L-metionina, nos tecidos de frangos de corte em crescimento. Foram alojados em galpão experimental 1000 pintos de corte machos da linhagem Cobb, sendo distribuídas 51 aves, após seleção por peso em cada um dos seis grupos (G) avaliados: período de 1 a 7 (G1), 8 a 14 (G2), 15 a 21 (G3), 22 a 28 (G4), 29 a 35 (G5) e 36 a 42 (G6) dias de idade. As aves foram submetidas à administração via oral de solução contendo L-[13C1]metionina (abundância isotópica de 99 atm % em 13C), na dosagem de 29 μmol/kg peso vivo/h, durante 6 h. Nos tempos 0 h (controle); 0,5; 1; 2; 3; 4; 5; 6; 8; 10; 12; 16; 20; 24; 48; 72 e 96 h após a primeira administração de solução enriquecida, foram abatidas 3 aves por tempo em cada período, para amostragem dos tecidos utilizados nas análises isotópicas em espectrômetro de massa. Foram coletadas amostras de mucosa duodenal (M), plasma sanguíneo (PL), fígado (F), coxa (C), sobrecoxa (SC), peito (PE), penas (PN) e gordura abdominal (GA). Os dados obtidos foram analisados utilizando o software estatístico Minitab 16 (2010). Nas condições experimentais não foi detectada incorporação na GA em nenhum período avaliado...

‣ Potencial da técnica dos isótopos estáveis para caracterização de diferentes sistemas de produção de bovinos de corte em condições tropicais

Vieira Júnior, Luiz Carlos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: iv, 54 f. : il., grafs, tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
727.95734%
Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; Avaliou-se o potencial e viabilidade metodológica da análise de isótopos estáveis de 13C/12C, 15N/14N e 18O/16O no sangue e plasma de bovinos de corte criados em diferentes sistemas de produção no Brasil. Os tratamentos consistiram em três sistemas de alimentação de bovinos de corte, sendo: em pasto (PA), em sistema de confinamento de animais recriados (CAR) e confinamento de animais desmamados (CAD). Foram utilizados para análise do plasma 16 bovinos, sendo 6 do PA, 4 do CAR e 6 do CAD. Já para análise do sangue foram utilizados 14 bovinos, sendo 4 do PA, 5 do CAR e 5 do CAD. Para o sangue e também para o plasma, houve distinção para todos sistemas avaliados assumindo maior representatividade na separação o elemento Carbono. Para análise da diferenciação entre os sistemas avaliados, é fundamental a participação dos 3 elementos: Carbono, Nitrogênio e Oxigênio. Para análise isotópica visando a caracterização dos sistemas de produção, recomenda-se o sangue como tecido a ser utilizado.; It was evaluated the potential application of stable isotopes methodology of 13C/12C, 15N/14N e 18O/16O in blood and plasma of beef cattle raised under three different production systems in Brazil. Treatments consisted of production systems: pasture (PA)...

‣ Aplicações de isótopos estáveis na área da saúde no Brasil

Berti Filho, Vander José
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
724.5884%
The use of stable isotopes in Brazil is being improved, mainly through research conducted at main universities in the country. Some applications in health allow to studying, for example, processes involving synthesis and protein degradation, energy expenditure, body composition, kinetics of vitamins, mineral absorption and diagnose diseases related to Helicobacter pylori. The big motivation is to encourage the growth of investments in health in the few centers that have mass spectrometers in Brazil, as the technique is harmless to humans, in other words, no has problems to use it like when you use radioactive isotopes; Uso de isótopos estáveis no Brasil vem sendo aprimorado, principalmente através das pesquisas realizadas nas principais universidades do país. As aplicações na área da Saúde permite estudar, por exemplo, os processos envolvendo síntese e degradação protéica, gasto energético, composição corporal, cinética de vitaminas, absorção de minerais e diagnosticar patologias relacionadas ao Helicobacter pylori. A grande motivação é incentivar o aumento das aplicações na área de saúde no poucos centros que possuem espectrômetros de massa no Brasil, já que a técnica é inócua ao ser humano, ou seja, não possui restrições de uso...

‣ Rastreabilidade da cama de aviário por isótopos estáveis em bovinos leiteiros

Carvalho, Marco Antônio Gonzales de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 70 f. : il., tabs
Português
Relevância na Pesquisa
724.5884%
Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; Traceability of poultry litter in dairy cow diet was performed by analysis of stable isotopes of carbon (δ13C), nitrogen (δ15N), oxygen (δ18O) and deuterium (δ2H) in milk and its fractions (fat, whey, and protein). The values of δ13C and δ15N were higher in milk and fractions of animals fed diet containing poultry litter than those fed with vegetable diet, while the values of δ18O and δ2H remained similar. The principal component analysis of milk and fractions (protein and water) differed among the group which diet contained poultry litter from those fed vegetable diet, where the stable isotopes of carbon and nitrogen were more representative. However, by stable isotopes in the fat was not possible to differentiate between treatments. The results demonstrate the capacity to track the presence of poultry litter in dairy cow diet by isotopic analysis of milk and its components (protein and whey), emerging as a new tool in the supervision and quality control of this food; A rastreabilidade da cama de aviário na dieta de vacas leiteiras foi realizada pela análise dos isótopos estáveis de carbono (δ13C), nitrogênio (δ15N), oxigênio (δ18O) e deutério (δ2H) no leite e suas frações (gordura...

‣ Ostracodes de águas profundas do Pleistoceno/Holoceno da Bacia de Campos : isótopos estáveis de oxigênio vs. mudanças faunísticas

Nicolaidis, Demetrio Dias
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
728.8165%
O presente trabalho envolveu o estudo da microfauna de ostracodes de 10 amostras provenientes de um testemunho de sondagem realizado na porção norte do talude médio da Bacia de Campos, RJ (1287 m de lâmina d'água). As amostras foram tratadas segundo a metodologia padrão para microfósseis calcários. A fauna total de ostracodes foi recuperada e os elementos autóctones foram identificados e estudados. Em conjunto aos dados faunísticos, análises geoquímicas de isótopos estáveis de oxigênio foram realizadas em testas de foraminíferos planctônicos, colaborando com o estudo paleoecológico e paleoceanográfico. Foram identificadas 86 espécies, 46 das quais autóctones, distribuídas em 28 gêneros e 13 famílias. Krithe e Cytheropteron foram os gêneros mais diversificados (sete e quatro espécies, respectivamente), assim como as famílias Cytheruridae e Krithidae, concordando com estudos similares em outras regiões do mundo. A ocorrência de espécies cosmopolitas na Bacia de Campos é marcante, o que reforça a idéia de que a distribuição de algumas espécies tende ao pandemismo em águas profundas. A curva de isótopos estáveis de oxigênio obtida segue a tendência geral das curvas padrões para o oceano Atlântico Sul. A fauna de ostracodes respondeu às mudanças oceanográficas ocorridas no Quaternário da Bacia de Campos...

‣ Uso do habitat e identificação de unidades populacionais de pequenos cetáceos do Atlântico Sul-Ocidental através de isótopos estáveis e elementos traço

Botta, Silvina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
734.6185%
Tese(doutorado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Biologica, Instituto de Oceanografia, 2011.; O objetivo geral desta tese foi identificar unidades populacionais (estoques ecológicos) e determinar padrões de uso de habitat de pequenos cetáceos no Atlântico Sul Ocidental por meio de traçadores químicos. A análise de isótopos estáveis foi utilizada como ferramenta para identificar estoques ecológicos de botos-cinza (Sotalia guianensis) e toninhas (Pontoporia blainvillei) e o uso do habitat de delfinídeos. Adicionalmente, as razões de Ba/Ca, Sr/Ca e Ba/Sr foram utilizadas, pela primeira vez, para caracterizar os padrões de uso de habitats por espécies de cetáceos ao longo de gradientes de salinidade. As análises químicas foram realizadas em dentes, utilizando um espectrômetro de massa acoplado a um analisador de elementos, no caso dos isótopos e a técnica de ablação a laser seguida da análise num espectrômetro de massa e plasma indutivamente acoplado, no caso do Ba e Sr. Quatro estoques ecológicos de botos-cinza foram identificados ao longo da costa do Brasil:(1) grupo Norte composto por animais de áreas costeiras adjacentes ao estuário do Amazonas (AmE) e indivíduos do Ceará (CE); (2) botos do Espírito Santo (ES); (3) animais do Norte do Rio de Janeiro (NRJ); e (4) indivíduos coletados na Baia da Babitonga (SC). Os animais coletados no Sul de São Paulo/Norte do Paraná (SP/PR) não constituíram um grupo separado. Os valores médios de 13C e 15N das toninhas sugeriram a existência de ao menos cinco estoques ecológicos habitando as seguintes regiões: (1) ES; (2) NRJ; (3) Norte de São Paulo (NSP)...

‣ Aplicação dos isótopos estáveis em aqüicultura

Ducatti,Carlos
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2007 Português
Relevância na Pesquisa
739.5512%
O produto mais importante do conhecimento é a ignorância. A situação sugere a imagem de alguém que vive numa ilha de conhecimento cercado por um mar de ignorância. Quando a área dessa ilha aumenta pelo progresso da ciência, também aumenta o litoral, - a fronteira com o desconhecido. Esta expansão é o fruto mais valioso do conhecimento (David Gross, Nobel em Física, 2004). O uso dos isótopos estáveis dos bioelementos (CHON'S) presentes na Atmosfera, Hidrosfera, Litosfera e Biosfera enquadra-se neste contexto, surgindo como ferramenta de alto potencial em pesquisas nas diversas áreas das Ciências da Vida. Com organismos aquáticos, a aplicação dos isótopos estáveis do carbono (δ 13C) e do nitrogênio (δ 15N) tem ocorrido em diversas áreas. Em larvas de pacu Piaractus mesopotamicus, a técnica evidenciou a escolha voluntária entre organismos vivos e dieta seca pelos animais, desde as primeiras alimentações até o final da larvicultura. Na carcinicultura, o crescimento do Penaeus vannamei resultou do aproveitamento dos alimentos oferecidos e da produtividade primária do lago (biota). Por meio do balanço de massa e isotópico foi possível determinar a contribuição da biota, da ordem de 44 a 86% do carbono assimilado pelos animais durante o crescimento. Outro exemplo é com o caranguejo de mangue Sesarma rectum...

‣ ISÓTOPOS ESTÁVEIS: FUNDAMENTOS E TÉCNICAS APLICADAS À CARACTERIZAÇÃO E PROVENIÊNCIA GEOGRÁFICA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS.

Caxito, Fabrício A.; Silva, Almir Vieira
Fonte: Centro de Pesquisa Professor Manoel Teixeira da Costa - IGC - UFMG Publicador: Centro de Pesquisa Professor Manoel Teixeira da Costa - IGC - UFMG
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 23/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
732.1854%
Nos últimos anos, a utilização de isótopos estáveis como traçadores da proveniência geográfica de produtos alimentícios vem crescendo e a força desta ferramenta na determinação da origem de produtos com Denominação de Origem Controlada vem sendo demonstrada. Neste sentido, os isótopos de C, O, N, H, S, e Sr mostram-se especialmente úteis. Neste artigo, os fundamentos do método e suas principais técnicas são revistos, de forma a fornecer as bases para a compreensão e interpretação destes dados.Palavras Chave: Isótopos estáveis, proveniência geográfica, Denominação de Origem Controlada Abstract: STABLE ISOTOPES: FUNDAMENTALS AND APPLIED TECHNIQUES TO THE CHARACTERIZATION AND GEOGRAPHIC PROVENANCE OF FOOD PRODUCTS.In the past few years, the use of stable isotopes as tracers of the geographic provenance of food products is growing and the strenght of this tool in the determination of origin of products with Controlled Designation of Origin has been demonstrated. In this context, C, O, N, H, S, and Sr isotopes has been shown to be especially useful. In this paper, the basics of this method and its main techniques are reviewed, furnishing a basis for the understanding and interpretation of this kind of data.Keywords: Stable isotopes...