Página 1 dos resultados de 523 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

‣ Modelos longitudinais de grupos múltiplos multiníveis na teoria da resposta ao item: métodos de estimação e seleção estrutural sob uma perspectiva bayesiana; Longitudinal multiple groups multilevel models in the item response theory : estimation methods and structural selection under a bayesian perspective

Azevedo, Caio Lucidius Naberezny
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
994.4436%
No presente trabalho propomos uma estrutura bayesiana, através de um esquema de dados aumentados, para analisar modelos longitudinais com grupos mútiplos (MLGMTRI) na Teoria da Resposta ao Item (TRI). Tal estrutura consiste na tríade : modelagem, métodos de estimação e métodos de diagnóstico para a classe de MLGMTRI. Na parte de modelagem, explorou-se as estruturas multivariada e multinível, com o intuito de representar a hierarquia existente em dados longitudinais com grupos múltiplos. Esta abordagem permite considerar várias classes de submodelos como: modelos de grupos múltiplos e modelos longitudinais de um único grupo. Estudamos alguns aspectos positivos e negativos de cada uma das supracitadas abordagens. A modelagem multivariada permite representar de forma direta estruturas de dependência, além de possibilitar que várias delas sejam facilmente incorporadas no processo de estimação. Isso permite considerar, por exemplo, uma matriz não estruturada e assim, obter indícios da forma mais apropriada para a estrutura de dependência. Por outro lado, a modelagem multinível propicia uma interpretação mais direta, obtenção de condicionais completas univariadas, fácil inclusão de informações adicionais, incorporação de fontes de dependência intra e entre unidades amostrais...

‣ Experimentos de microarrays e teoria da resposta ao item; Microarryas experiments and Iten Response Theory

Neves, Carlos Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
892.8181%
Recentemente desenvolvida, a biotecnologia denominada por Microarrays permite o monitoramento simultâneo dos valores de expressão gênica de centenas de milhares de genes, fator este que traz uma nova interpretação aos resultados obtidos em pesquisas desenvolvidas nas mais diversas áreas do conhecimento incluindo, por exemplo, a Farmacologia e Medicina, uma vez que os resultados obtidos são interpretados ao nível molecular. Contudo, apesar de muita tecnologia ser empregada à técnica de Microarrays, sua aplicação ainda ocasiona algumas complicações decorrentes, por exemplo, das inúmeras fontes de variação existentes, da escala das respostas ou da natural dificuldade de se analisar uma grande quantidade de fragmentos genéticos avaliados sob poucas unidades experimentais. Frente a estas complicações, atualmente, muitas são as propostas metodológicas de análises estatísticas para atenuar ou eliminar os problemas inerentes à técnica de Microarrays e propiciar a extração de resultados mais confiáveis a partir dos valores de expressão gênica, porém muitos desafios ainda persistem. Sob esta colocação, o presente trabalho procurou explorar duas metodologias de análise estatística alternativas no que diz respeito a seus conceitos...

‣ Modelos multidimensionais da teoria de resposta ao item; Multidimensional models of item response theory

Fragoso, Tiago de Miranda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
998.5741%
Avaliaçõs educacionais, de distúrbios psicológicos e da aceitação de um produto no mercado são exemplos de estudos que buscam quantificar um construto de interesse através de questionários compostos por itens de múltipla escolha. A Teoria de Resposta ao Item (TRI) é muito utilizada na análise de dados provenientes da aplicação desses questionários. Há vários modelos da TRI já muito utilizados na prática com tal finalidade, tanto para respostas dicotômicas aos itens (certo/errado, presente/ausente, sim/não), quanto para itens com mais de duas categorias de resposta (nominais ou ordinais). No entanto, a grande maioria supôe que apenas um traço latente é necessário para explicar a probabilidade de resposta ao item (modelos unidimensionais). Como as situações práticas são usualmente caracterizadas por várias aptidões (traços latentes) influenciando a probabilidade de um indivíduo apresentar certa resposta ao item, os modelos multidimensionais são de grande importância. Neste trabalho, após um levantamento bibliográfico dos principais modelos multidimensionais da TRI existentes na literatura, realizou-se um estudo detalhado de um deles: o modelo logístico multidimensional de dois parâmetros. O método de estimação dos parâmetros dos itens por máxima verossimilhança marginal e dos traços latentes por máxima verossimilhança são explicitados assim como a estimação por métodos bayesianos. Todos os métodos foram implementados em R...

‣ Uma análise da habilidade do professor - medida com base na Teoria de Resposta do Item - sobre o desempenho escolar do aluno; An analysis of the ability of the teacher - measure based on Item Response Theory - on the performance of student's school

Morandi, Liliane Ubeda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
996.6345%
O objetivo deste estudo foi analisar o impacto da habilidade do professor sobre o desempenho escolar de seus alunos. Muitos estudos não encontram um efeito significativo para o 'professor' em regressões de desempenho escolar. Uma possível explicação pode estar na fragilidade das variáveis que têm sido utilizadas para medir qualidade do professor - nível de escolaridade e experiência. Este estudo utilizou como proxy para identificar o traço latente ou habilidade do professor com o ensino, as questões da Prova Brasil de 2007 a respeito das características produtivas (investimento em capital humano) dos professores e das práticas didáticas adotadas em sala de aula para estimular a aprendizagem dos alunos. Com base em tais variáveis e utilizando a teoria de reposta ao item, foram construídos dois índices de habilidade do professor: um primeiro relativo às características de capital humano dos professores e um segundo relativo às práticas didáticas. A análise mostrou que os itens em geral utilizados neste exercício são itens fáceis, ou seja, um professor não precisa ter habilidade muito alta para ter 50% de chance de acertar o item. Embora alguns itens tenham mostrado bom poder de discriminação para professores com baixa habilidade...

‣ Seleção bayesiana de variáveis em modelos multiníveis da teoria de resposta ao item com aplicações em genômica; Bayesian variable selection for multilevel item response theory models with applications in genomics

Fragoso, Tiago de Miranda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
994.4436%
As investigações sobre as bases genéticas de doenças complexas em Genômica utilizam diversos tipos de informação. Diversos sintomas são avaliados de maneira a diagnosticar a doença, os indivíduos apresentam padrões de agrupamento baseados, por exemplo no seu parentesco ou ambiente comum e uma quantidade imensa de características dos indivíduos são medidas por meio de marcadores genéticos. No presente trabalho, um modelo multiníveis da teoria de resposta ao item (TRI) é proposto de forma a integrar todas essas fontes de informação e caracterizar doenças complexas através de uma variável latente. Além disso, a quantidade de marcadores moleculares induz um problema de seleção de variáveis, para o qual uma seleção baseada nos métodos da busca estocástica e do LASSO bayesiano são propostos. Os parâmetros do modelo e a seleção de variáveis são realizados sob um paradigma bayesiano, no qual um algoritmo Monte Carlo via Cadeias de Markov é construído e implementado para a obtenção de amostras da distribuição a posteriori dos parâmetros. O mesmo é validado através de estudos de simulação, nos quais a capacidade de recuperação dos parâmetros, de escolha de variáveis e características das estimativas pontuais dos parâmetros são avaliadas em cenários similares aos dados reais. O processo de estimação apresenta uma recuperação satisfatória nos parâmetros estruturais do modelo e capacidade de selecionar covariáveis em espaços de dimensão elevada apesar de um viés considerável nas estimativas das variáveis latentes associadas ao traço latente e ao efeito aleatório. Os métodos desenvolvidos são então aplicados aos dados colhidos no estudo de associação familiar 'Corações de Baependi'...

‣ Teoria de resposta ao item : aplicação do modelo Rasch em desenvolvimento e validação de instrumentos em saúde mental

Chachamovich, Eduardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
804.3316%
Introdução: A Teoria de Resposta ao Item constitui-se em um novo grupo de modelos psicométricos de construção, validação e avaliação de instrumentos de aferição em desfechos em saúde. Dentre tais modelos, o Modelo de Rasch se destaca como uma possibilidade de testar a Teoria de Mensuração Conjunta e, portanto, desenvolver escalas de medida com estrutura intervalar. De fato, as robustas estratégias estatísticas utilizadas recentemente demandam que as variáveis apresentem propriedades intervalares para que resultados fidedignos sejam obtidos. Na área da saúde mental, o Modelo de Rasch agrega a possibilidade de que os construtos sejam avaliados quanto à dimensionalidade. Os instrumentos podem ser explorados quanto à invariância dos itens, calibragem, adequação das escalas de resposta e adequação dos itens ao modelo teórico subjacente.Objetivos: Explorar a aplicação do Modelo de Rasch no desenvolvimento de instrumentos de qualidade de vida e atitudes frente ao envelhecimento. Utilizar o Modelo de Rasch na validação cultural de um instrumento de depressão geriátrica, assim como testar a adequação de uma escala de resposta Likert de acordo com o nível educacional, através da aplicação do Modelo de Rasch. Método: Dados internacionais de qualidade de vida...

‣ Teoria da resposta ao item aplicada ao Inventário de Depressão Beck; Item response theory applied to the Beck Depression Inventory

Castro, Stela Maris de Jezus; Trentini, Clarissa Marceli; Riboldi, João
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
997.4025%
O Inventário de Depressão Beck (BDI), uma escala que mede o traço latente de intensidade de sintomas depressivos, pode ser avaliado através da Teoria da Resposta ao Item (TRI). Este estudo utilizou o modelo TRI de Resposta Gradual na avaliação da intensidade de sintomas depressivos de 4.025 indivíduos que responderam ao BDI, de modo a explorar eficientemente a informação disponível nos diferentes aspectos possibilitados pelo uso desta metodologia. O ajuste foi efetuado no software PARSCALE. Foram identificados 13 itens do BDI nos quais pelo menos uma categoria de resposta não tinha chance maior que as demais de ser escolhida, de modo que estes itens tiveram de ser recategorizados. Os itens com maior capacidade de discriminação são relativos à tristeza, pessimismo, sentimento de fracasso, insatisfação, auto-aversão, indecisão e dificuldade para trabalhar. Os itens mais graves são aqueles relacionados com perda de peso, retraimento social e idéias suicidas. O grupo dos 202 indivíduos com as maiores intensidades de sintomas depressivos foi composto por 74% de mulheres, e praticamente 84% possuíam diagnóstico de algum transtorno psiquiátrico. Os resultados evidenciam alguns dos inúmeros ganhos advindos da utilização da TRI na análise de traços latentes.; The Beck Depression Inventory (BDI)...

‣ Modelos da teoria de resposta ao item assimétricos de grupos múltiplos para respostas politômicas nominais e ordinais sob um enfoque bayesiano; Skew item response theory models for multiple groups and for nominal and ordinal polytomous responses under a Bayesian framework

Eduardo Vargas Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
994.4436%
No presente trabalho propõem-se novos modelos da Teoria de Resposta ao Item para respostas politômicas nominais e ordinais (graduais), via dados aumentados, para grupos múltiplos. Para a modelagem das distribuições dos traços latentes de cada grupo, considera-se normais assimétricas centradas. Tal abordagem, além de acomodar a característica de assimetria aos dados, ajuda a garantir a identificabilidade dos modelos estudados, a qual é tratada tanto sob a ótica frequentista quanto bayesiana. Com relação aos métodos de estimação, desenvolveu-se procedimentos bayesianos através de algoritmos de Monte Carlo via cadeias de Markov (MCMC), utilizando o algoritmo de Gibbs (DAGS), com a verossimilhança aumentada (dados aumentados) e Metropolis-Hastings, considerando a verossimilhança original. As implementações computacionais foram escritas em linguagem C++, integradas ao ambiente computacional, gráfico e estatístico R, viabilizando rotinas gratuitas, de código aberto e alta velocidade no processamento, essenciais à difusão de tais metodologias. Para a seleção de modelos, utilizou-se o critério de informação deviance (DIC), os valores esperados do critério de informação de Akaike (EAIC) e o critério de informação bayesiano (EBIC). Em relação à verificação da qualidade do ajuste de modelos...

‣ Modelos da teoria de resposta ao item multidimensionais assimétricos de grupos múltiplos para respostas dicotômicas sob um enfoque bayesiano; Assimetric multidimensional item response theory models for multiple groups and dichotomic responses under a bayesian perspective

Juan Leonardo Padilla Gomez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
994.4436%
No presente trabalho propõe-se novos modelos da Teoria de Resposta ao Item Multidimensional (TRIM) para respostas dicotômicas ou dicotomizadas considerando uma estrutura de grupos múltiplos. Para as distribuições dos traços latentes de cada grupo, propõe-se uma nova parametrização da distribuição normal assimétrica multivariada centrada, que combina as propostas de Lachos (2004) e de Arellano-Valle et.al (2008), a qual não só garante a identificabilidade dos modelos aqui introduzidos, mas também facilita a interpretação e estimação dos seus parâmetros. Portanto, nosso modelo representa uma alternativa interessante, para solucionar os problemas de falta de identificabilidade encontrados por Matos (2010) e Nojosa (2008), nos modelos multidimensionais assimétricos de um único grupo por eles desenvolvidos. Estudos de simulação, considerando vários cenários de interesse prático, foram conduzidos a fim de avaliar o potencial da tríade: modelagem, métodos de estimação e ferramentas de diagnósticos. Os resultados indicam que os modelos considerando a assimetria nos traços latentes, em geral, forneceram estimativas mais acuradas que os modelos tradicionais. Para a seleção de modelos, utilizou-se o critério de informação deviance (DIC)...

‣ Application of Item Response Theory to Mathematics High School Exams in Portugal

Jacinto, Gonçalo; Infante, Paulo; Pereira, Cláudia
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
993.956%
Item Response Theory (IRT) provides statistical models that relate an examinee’s response to a test item to an underlying latent trait that is measured by the items. Unlike classical test theory, IRT models focus on the responses to individual questions instead on the total score obtained in the test. In this paper we apply IRT models to the results of the quiz part of the first and second calls of mathematics exams accomplished by high school graduating students in Portugal, in the years 2008, 2009 and 2010. We concluded that the quiz part of the first call exams had a difficulty level lower than the students median ability, whereas the quiz part of the second call exams had a difficulty level higher than the students median ability.

‣ Selecting Optimal Screening Items for Delirium: An Application of Item Response Theory

Yang, Frances Margaret; Jones, Richard Norman; Inouye, Sharon; Tommet, Douglas; Crane, Paul K; Rudolph, James; Ngo, Long H.; Marcantonio, Edward Ralph
Fonte: BioMed Central Publicador: BioMed Central
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
995.67266%
Background: Delirium (acute confusion), is a common, morbid, and costly complication of acute illness in older adults. Yet, researchers and clinicians lack short, efficient, and sensitive case identification tools for delirium. Though the Confusion Assessment Method (CAM) is the most widely used algorithm for delirium, the existing assessments that operationalize the CAM algorithm may be too long or complicated for routine clinical use. Item response theory (IRT) models help facilitate the development of short screening tools for use in clinical applications or research studies. This study utilizes IRT to identify a reduced set of optimally performing screening indicators for the four CAM features of delirium. Methods: Older adults were screened for enrollment in a large scale delirium study conducted in Boston-area post-acute facilities (n = 4,598). Trained interviewers conducted a structured delirium assessment that culminated in rating the presence or absence of four features of delirium based on the CAM. A pool of 135 indicators from established cognitive testing and delirium assessment tools were assigned by an expert panel into two indicator sets per CAM feature representing (a) direct interview questions, including cognitive testing...

‣ Assessment of an asthma quality of life scale using item-response theory

Adams, R.; Rosier, M.; Campbell, D.; Ruffin, R.
Fonte: Blackwell Publishing Asia Publicador: Blackwell Publishing Asia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
990.56734%
OBJECTIVE: Health-related quality of life (HRQOL) scores produced by simply summing individual item values have been criticized for lacking linearity and for not being equally discriminating across the range of scores. Differences in summed scores may depend more on their starting point on the scale rather than actual differences in the underlying dimension of HRQOL, making it difficult to judge what a particular score means. We sought to examine the usefulness of an alternative method of scoring questionnaires, item–response theory (IRT), for the clinical interpretation of a modified version of the Marks Asthma Quality of Life Questionnaire (MAQLQ-M). METHODOLOGY: Using the MAQLQ-M, we surveyed 293 adults with moderate to severe asthma, managed at two university teaching hospitals in Adelaide, South Australia. Scores obtained by usual summative Likert-type scores were compared to estimates using the partial credit method of IRT. RESULTS: We found a non-linear relationship between raw, summative scores and the IRT estimates. The departure from linearity was marked for summative scores below 3.0 and above 5.0 (range 1.0–7.0), values that included half of the study patients. Summative scoring did not produce scores at the interval level of measurement. CONCLUSION: For an equivalent difference measured in the underlying dimension of actual HRQOL using IRT...

‣ Evidenciation of Environmental Management: An Evaluation with Item Response Theory’

Trierweiller, Andréa Cristina; Peixe, Blênio César Severo; Tezza, Rafael; Bornia, Antonio Cezar; De Souza, Lucila Maria
Fonte: Brazilian Association for Industrial Engineering and Operations Management (ABEPRO) Publicador: Brazilian Association for Industrial Engineering and Operations Management (ABEPRO)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Peer-reviewed Article; Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
896.2076%
The aim of this article is to measure the evidence ofEnvironmental Management using the Item Response Theory, based on website analysis from Brazilian industrial companies. This is a qualitative, exploratory, and descriptive study related to an information collection and analysisinstrument. Primary data was gathered from 638 company websites from 10 different Brazilian sectors: (1) Agricultural Production, (2) Automotive, (3) Chemicals and Petrochemical, (4) Construction, (5) Energy, (6) Paper, (7) Steel and Metals, (8) Information Technology, (9) Miningand (10) Textile. There was the creation of 26 items approved by environmental specialists. The results were attained with the measuring of Environmental Management evidence via the Item.Response Theory, providing a clear order of the items involved based on each item’s level ofdifficulty, quality, and propriety. This permitted the measurement of each item’s quality andpropriety, as well as that of the respondents, placing them on the same analysis scale. Increasingthe number of items involved is suggested for future research in order to permit broadersector analysis. It would also be interesting to build a Computerized Adaptive Test (CAT) forthe respondent – the end of the questionnaire – get...

‣ Um modelo de teoria de resposta ao item para os dados do vestibular 2006-2 da UFLA; An item response theory model for UFLA's, 2006-2 admission examn

Bragion, Maria de Lourdes Lima
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DEX - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DEX - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL
Tipo: Dissertação
Publicado em 04/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
1000.0232%
Neste trabalho ajustou-se um modelo de Teoria de Resposta ao Item (TRI) aos dados do Vestibular 2006-2 da Universidade Federal de Lavras (UFLA). O objetivo principal deste estudo foi investigar a qualidade das questões quanto ao seu grau de dificuldade e poder de discriminação. Adotou-se o modelo logístico de três parâmetros: poder de discriminação, grau de dificuldade e probabilidade de acerto casual , além da habilidade individual do candidato. Os ajustes deste modelo aos dados de cada curso (considerados populações distintas de candidatos) foram feitos separadamente, via inferência bayesiana, usando o algoritmo Metropolis & Hastings. As habilidades individuais apresentaram alta correlação com as notas observadas. Houve baixo índice de acerto casual. As questões mais difíceis, em média, foram de Matemática, seguidas de Física, Química, História, Biologia e Português. Geografia e Filosofia apresentaram um baixo nível de dificuldade. Quanto ao poder de discriminação, as questões de Biologia apresentaram o melhor resultado, com ótima discriminação. Boa discriminação foi obtida pelas questões de Química, Física e Matemática. As demais não trouxeram uma contribuição relevante. A título de ilustração...

‣ Modelagem para construção de escalas avaliativas e classificatórias em exames seletivos utilizando teoria da resposta ao item uni e multidimensional; Modeling for constructing of classificatory and evaluative scales in selective tests using uni and multidimensional item response theory

Quaresma, Edilan de Sant'Ana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
999.0613%
O uso de provas elaboradas na forma de itens, em processos de avaliação para classificação, é uma herança histórica dos séculos XVI e XVII, ainda em uso nos dias atuais tanto na educação formal quanto em processos seletivos, a exemplo dos exames vestibulares. Elaboradas para mensurar conhecimentos, traços latentes que não podem ser medidos diretamente, as provas costumam ser corrigidas considerando unicamente o escore obtido pelo sujeito avaliado, sem contemplar informações importantes relacionadas aos itens das mesmas. O presente trabalho teve como objetivos: (i) utilizar a modelagem baseada na teoria da resposta ao item unidimensional - TRI e multidimensional - TRIM para construir escalas do conhecimento para a prova da FUVEST e (ii) classificar os candidatos aos seis cursos de graduação oferecidos pela Escola Superior de Agricultura \"Luiz de Queiroz\", unidade da Universidade de São Paulo, com base na escala construída. A hipótese imbutida no corpo do trabalho admitiu que o uso da TRIM classifica de forma diferente os candidatos que os atuais métodos utilizados pela FUVEST. Foram utilizados os padrões de respostas dos 2326 candidatos submetidos à prova, para que uma análise unidimensional fosse realizada...

‣ Teoria da resposta do item : um estudo inicial dos dados GERES Campinas; Item response theory subingles: a initial study of data GERES Campinas

Christiane Bellorio Gennari de Andrade Stevão
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
798.043%
Este trabalho teve como problema pesquisa mostrar os resultados obtidos aplicando a Teoria da Resposta ao Item aos dados do Projeto GERES Campinas, o qual utiliza todos itens de um teste como âncora para a criação da escala de proficiência, e assim comparar os resultados com a forma clássica de se elaborar escalas, o qual usa critérios específicos para aceitação de um item como item âncora. Para isso trabalhamos com os dados da pesquisa GERES, um estudo longitudinal com alunos de 1ª a 4ª série do ensino fundamental na cidade de Campinas, que teve seu início em março de 2005, nas três redes de ensino, Estadual, Municipal e Particular. Apresentamos o desempenho dos alunos nas três primeiras aplicações, no teste de matemática, e mostramos que há divergência entre as duas técnicas.; This work had as a research issue to show the results obtained by applying the Theory of the Response to the item to the database from the GERES' Project of Campinas. This Project utilizes all the items of a test as an anchor to make the scale of proficiency, and then to compare the obtained results with the classical way to elaborate scales. The latter uses specific criteria for the approval of an item as an anchor item. Therefore, we have analyzed the data from GERES' Project...

‣ Valoración psicométrica de la Psychological Entitlement Scale desde la Teoría clásica de los tests y la Teoría de respuesta al ítem; Valoração psicométrica da Psychological Entitlement Scale desde a teoria clássica dos testes e a teoria da resposta ao item; Psychometric Evaluation of the Psychological Entitlement Scale Using Classical Test Theory and Item Response Theory

Mola, Débora Jeannete; Laboratorio de Psicología Cognitiva, Facultad de Psicología, Universidad Nacional de Córdoba, Argentina; Saavedra, Bianca Analía; Laboratorio de Psicología Cognitiva, Facultad de Psicología, Universidad Nacional de Córdoba,
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
1004.3088%
Objetivo. Esta investigación se propuso examinar las propiedades psicométricas de la escala Psychological Entitlement Scale (PES) en el contexto local desde la Teoría clásica de los tests (TCT) y la Teoría de respuesta al ítem (TRI). Método. Participaron 402 estudiantes universitarios con una media de edad de 22.77 años (DS = 4.85), de ambos géneros (61.9% mujeres) y de distintas carreras universitarias, y 324 personas de 18 a 65 años de edad (M = 32.77, DS = 10.71), de ambos géneros (56.2% mujeres) y de diferentes niveles socio-económicos, residentes en la ciudad de Córdoba, seleccionados de manera accidental. Todos ellos fueron evaluados con la PES y la Escala de dominancia triple. Resultados. Desde la TCT, análisis factoriales exploratorios y confirmatorios evidenciaron que ocho de los nueve ítems que comprendía la escala original mostraron una estructura unifactorial, con adecuadas cargas factoriales y/o pesos de regresión. Además, se observaron valores aceptables de consistencia interna. Las personas clasificadas como prosociales presentaron valores significativamente menores en la PES que las personas individualistas y competitivas (hp2 = 0.04). Desde la TRI, si bien se obtuvo un buen ajuste global al modelo de escalas de clasificación de un parámetro...

‣ Consumer satisfaction and item response theory: creating a measurement scale

Bortolotti,Silvana Ligia Vincenzi; Moreira Junior,Fernando de Jesus; Bornia,Antonio Cezar; Sousa Júnior,Afonso Farias de; Andrade,Dalton Francisco de
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
997.6475%
Today, people have increasingly demanded more from the state and enterprises. Consumer satisfaction is not an organizational option, but rather a matter of survival for any institution. The quest for measurement of consumer satisfaction has been ongoing in many areas of research, and researchers have concentrated efforts to demonstrate the psychometric quality of their measurements. However, the techniques employed by these commitments have not kept pace with the advances in psychometric theory and methods. The Item Response Theory (IRT) is an approach used for assessing latent trait. It is commonly used in educational and psychological tests and provides additional information beyond that obtained from classic psychometric techniques. This article presents a model of cumulative application of item response theory to measure the extent of students' satisfaction with their courses by creating a measurement scale. The Graded Response Model was used. The results demonstrate the effectiveness of this theory in measuring satisfaction since it places both items as individuals on the same scale. This theory may be valuable in the evaluation of customer satisfaction and many other organizational phenomena. The findings may help the decision maker of an enterprise with the correction of flows...

‣ Employment of Item Response Theory to measure change in Children's Analogical Thinking Modifiability Test

Queiroz,Odoisa Antunes de; Primi,Ricardo; Carvalho,Lucas de Francisco; Enumo,Sônia Regina Fiorim
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
993.956%
Dynamic testing, with an intermediate phase of assistance, measures changes between pretest and post-test assuming a common metric between them. To test this assumption we applied the Item Response Theory in the responses of 69 children to dynamic cognitive testing Children's Analogical Thinking Modifiability Test adapted, with 12 items, totaling 828 responses, with the purpose of verifying if the original scale yields the same results as the equalized scale obtained by Item Response Theory in terms of "changes quantifying". We followed the steps: 1) anchorage of the pre and post-test items through a cognitive analysis, finding 3 common items; 2) estimation of the items' difficulty level parameter and comparison of those; 3) equalization of the items and estimation of "thetas"; 4) comparison of the scales. The Children's Analogical Thinking Modifiability Test metric was similar to that estimated by the TRI, but it is necessary to differentiate the pre and post-test items' difficulty, adjusting it to samples with high and low performance.

‣ Using Item Response Theory to Develop Measures of Acquisitive and Protective Self-Monitoring from the Original Self-Monitoring Scale

Wilmot, Michael P.; Kostal, Jack W.; Stillwell, David; Kosinski, Michal
Fonte: SAGE Publicador: SAGE
Tipo: Article; accepted version
Português
Relevância na Pesquisa
992.8181%
This is the author accepted manuscript. The final version is available from SAGE via http://dx.doi.org/10.1177/1073191115615213; For the past 40 years, the conventional univariate model of self-monitoring has reigned as the dominant interpretative paradigm in the literature. However, recent findings associated with an alternative bivariate model challenge the conventional paradigm. In this study, item response theory is used to develop measures of the bivariate model of acquisitive and protective self-monitoring using original Self-Monitoring Scale (SMS) items, and data from two large, nonstudent samples (Ns = 13,563 and 709). Results indicate that the new acquisitive (six-item) and protective (seven-item) self-monitoring scales are reliable, unbiased in terms of gender and age, and demonstrate theoretically consistent relations to measures of personality traits and cognitive ability. Additionally, by virtue of using original SMS items, previously collected responses can be reanalyzed in accordance with the alternative bivariate model. Recommendations for the reanalysis of archival SMS data, as well as directions for future research, are provided.