Página 1 dos resultados de 12273 itens digitais encontrados em 0.004 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde

‣ Avaliação do efeito de um adoçante comercial com sucralose na marcação de constituintes sanguíneos com tecnécio-99m, na morfologia das hemácias e na biodisponibilidade dos radiofármacos pertecnetato de sódio e ácido dietilenotriaminopentacético-tecnécio-99m em ratos Wistar.

Rocha, Gabrielle de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.743198%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Células e moléculas são marcadas com tecnécio-99m (99mTc) e usadas na obtenção de imagens em medicina nuclear. Produtos naturais e sintéticos podem interferir na marcação de constituintes sanguíneos com 99mTc. A sucralose é um adoçante utilizado em alimentos e bebidas, sendo indicado para indivíduos com dietas de restrição calórica como obesos e diabéticos. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito do adoçante comercial com sucralose: (i) na marcação de constituintes sangüíneos com 99mTc; (ii) na morfologia das hemácias e (iii) na biodistribuição dos radiofármacos pertecnetato de sódio (Na99mTcO4) e ácido dietilenotriaminopentacético marcado com 99mTc (99mTc-DTPA) em ratos Wistar. No estudo in vitro, amostras de sangue de animais foram isoladas e incubadas com diferentes concentrações da solução de sucralose ou solução de NaCl 0,9% (controle). No tratamento in vivo, animais foram tratados com sucralose em diferentes doses ou solução de NaCl 0,9% (controle) e em diferentes tempos. Amostras de sangue foram isoladas e a marcação de constituintes sanguíneos com 99mTc foi realizada. Plasma e células foram isolados por centrifugação. Frações solúvel e insolúvel de plasma e células sanguíneas também foram separadas utilizando-se ácido tricloroacético a 5% e centrifugação. A radioatividade em cada fração foi contada e a porcentagem de radioatividade incorporada (%ATI) foi calculada. Distensões sanguíneas foram preparadas...