Página 1 dos resultados de 425 itens digitais encontrados em 0.022 segundos

‣ Study of a wild rabbit (Oryctolagus cuniculus) population Habitat factors related to its spatial distribution

Fernandes, Paula
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
69.69265%
O Coelho bravo (Oryctolagus cuniculus) é considerado uma espécie chave na Península Ibérica, embora os seus números tenham caído durante as últimas décadas, o cada vez se torna mais uma preocupação para os ecossistemas mediterrânicos. Alguns esforços têm sido feitos para recuperar as populações de coelho-bravo como o uso de tocas artificiais, gestão de habitat ou acções de repovoamento. O objetivo deste trabalho é avaliar a distribuição das tocas e abundância relativa de coelho-bravo numa reserva de caça como forma a prever a distribuição da espécie nesta zona. Para isso, um modelo GLM foi realizado para explicar quais os parâmetros que são seleccionados pelos coelhos para a construção de tocas. O modelo final foi dado principalmente pela AFS (sistemas agro-florestais), PMC (culturas permanentes), HAA (áreas agrícolas heterogéneas) e negativamente pela ANT (territórios antropogênicos). Com o método de contagens de latrinas, as abundâncias relativas de coelho bravo foram estimadas e não mostraram uma correlação significativa entre a abundância e a distribuição tocas. Além disso houve uma ligeira diferença (mas não significante) entre a abundância relativa de Coelho bravo estimada em 2010 e 2012. Este estudo deve ser continuado e melhorado de forma a aumentar o conhecimento da distribuição desta população e num futuro próximo ser possivel melhorar as condições de habitat nesta area com vista a conservação do Coelho bravo.; European wild rabbit (Oryctolagus cuniculus) is considered a keystone species in the Iberian Peninsula...

‣ Sistematização da aorta abdominal, ramos colaterias parietais e viscerais e ramos terminais em coelhos da raça Nova Zelândia (Oryctolagus cuniculus)

Bavaresco, Andréia Zechin
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
69.69265%
Neste estudo definiu-se o padrão, as variações e a distribuição dos ramos colaterais parietais e viscerais e ramos terminais da aorta abdominal em coelhos (Oryctolagus cuniculus) da raça Nova Zelândia, sendo utilizados 30 animais, 14 machos e 16 fêmeas, adultos jovens. O sistema arterial foi preenchido com látex corado em vermelho através da aorta torácica no sentido do fluxo sanguíneo e fixado em uma solução aquosa de formaldeído a 20%. A artéria celíaca foi o primeiro ramo colateral visceral direto, seguida da artéria mesentérica cranial, sendo estas emitidas ventralmente da aorta abdominal. As artérias renais foram originadas lateralmente da aorta abdominal, sendo que o vaso direito teve origem mais cranial que o esquerdo. Próximo à entrada da cavidade pélvica, a aorta abdominal emitiu ventralmente a artéria mesentérica caudal e nas proximidades desta última, originou as artérias gonadais. Os ramos colaterais parietais diretos foram as artérias lombares, enquanto que os ramos colaterais indiretos foram as artérias frênico-abdominais, que eram ramos colaterais das artérias renais; artérias frênicas craniais, ramos colaterais das artérias intercostais dorsais e as artérias circunflexas ilíacas profundas que eram ramos colaterais das artérias ilíacas comuns...

‣ A systematic study of the brain base arteries in the rabbit (Oryctolagus cuniculus); Sistematização das artérias da base do encéfalo e suas fontes de suprimento sanguíneo em coelho da raça Nova Zelândia (Oryctolagus cuniculus)

Souza, Fernanda de; Campos, Rui
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
69.91971%
The brains of 30 New Zealand rabbits (Oryctolagus cuniculus) were injected with red stained latex. The arteries of the ventral surface of the brain were systematized on the right (R) and on the left (L) side with the respective percentage of appearance: the aortic arch emitted the braquicephalic trunk and the left subclavian artery (83.3%); or the braquicephalic trunk, the left common carotid artery and the left subclavian artery (16.7%). The braquicephalic trunk emitted the right and the left common carotid arteries and the right subclavian artery (83.3%); or the right common carotid artery and the right subclavian artery (16.7%). The common carotid arteries were divided into external and internal carotid arteries (96.7% on the R, 100% on the L.). The internal carotid artery to the R was present (96.7%) and absent (3.3%), and to the L, was present (100%). The rostral choroidal artery to the R was collateral branch of the rostral branch of the internal carotid artery (83.3%), collateral branch of caudal branch of the internal carotid artery (16.7%), and to the L was collateral branch of the rostral branch of the internal carotid artery (93.3%), collateral branch of the caudal branch of the internal carotid artery (6.7%). The middle cerebral artery to the R and to the L was single (80%) and double (20%). The rostral cerebral artery to the R had middle caliber (90%)...

‣ Tear production, intraocular pressure and conjunctival microbiota, cytology and histology of New Zealand rabbits (Oryctolagus cuniculus)

Oriá, Arianne P.; Gomes Junior, Deusdete C.; Arraes, Elane A.; Estrela-lima, Alessandra; Pinna, Melissa H.; Meneses, Íris D.s.; Martins Filho, Emanoel F.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1024-1028
Português
Relevância na Pesquisa
69.91971%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); The purpose of this study was to establish reference values for selected ophthalmic diagnostic tests in New Zealand rabbits (Oryctolagus cuniculus). A total of 22 adult male rabbits were used. The ophthalmic tests included evaluation of tear production with Schirmer tear test 1(STT1) and Endodontic absorbent paper point tear test (EAPPTT) using two different commercial brand materials. Applanation tonometry, Culture of the conjunctival bacterial flora, , conjunctival cytology and conjunctival histology were also performed. Mean (±SD) for STT1, EAPPTTa, EAPPTTb and IOP was 7.27±2.51mm/min, 12.43±1.69mm/min, 15.24±2.07mm/min, 12.89±2.80mm Hg, respectively. Staphylococcus epidermidis, Staphylococcus sp. and Bacillus sp. were predominant. The cytological evaluation revealed the presence columnar epithelial cells, superficial squamous keratinized cells, lymphocytes, heterophils, red blood cells, mucus and bacteria. The histological analysis revealed a stratified epithelium, characterized by the presence of columnar epithelial cells with a large number of goblet cells. The reported data can be used for therapeutic or experimental purposes.; O objetivo deste estudo foi estabelecer valores de referência para testes diagnósticos oftálmicos em coelhos da raça Nova Zelândia (Oryctolagus cuniculus). 22 coelhos...

‣ Habitat suitability model for european wild rabbit (Oryctolagus cuniculus) with implications for restocking

Carvalho, J. C.; Gomes, Pedro
Fonte: Office National de la Chasse et de la Faune Sauvage Publicador: Office National de la Chasse et de la Faune Sauvage
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
The European wild rabbit, Oryctolagus cuniculus, is a key species in the Iberian ecosystems. However, its populations are seriously depleted. Therefore, the development of habitat suitability models could be an important step towards the establishment of management and recovery plans. An habitat suitability model was developed for the rabbit in the 4,606 ha of the Peneda-Gerês National Park (northern Portugal). The framework was based on 3 steps: (1) construction of an habitat suitability model using the logistic regression of presence/absence of rabbits on habitat variables, (2) location of suitable habitat on a map, with the help of a Geographic Information System (GIS), by applying the above-obtained regression coefficients to the digitalized data of a land-cover map, and (3) delineation of the best potential sites for restocking. In June-July 2000, presence/absence of rabbits was determined by the presence/absence of pellets, warrens and individuals on 86 100-m radius random circular plots, i.e. 3.14 ha each representing the area occupied by a family group in summer. The initial dataset was divided into 56 sampling plots to build the model and 30 sampling plots (15 with rabbits and 15 without rabbits) for cross-validation. Measured habitat variables were % cover of tall scrubland...

‣ Caracterização reprodutiva e produtiva de um sistema de produção de coelho bravo subespécie Oryctolagus cuniculus algirus

Baptista, J. P.; Miguel, M.; Azevedo, Paula
Fonte: RED CONBIAND Publicador: RED CONBIAND
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
69.69265%
No efectivo reprodutor constituído por 171 fêmeas e 31 machos da subespécie Oryctolagus cuniculus algirus, alojados no mesmo pavilhão em jaulas individuais e sujeitos ao mesmo regime alimentar, foi utilizado o maneio reprodutivo em banda semanal de cerca de 30 reprodutoras a que correspondeu um total de 20 bandas, considerando-se cada uma delas como uma unidade experimental. As fêmeas foram injectadas, por via intramuscular, com 25 UI de eCG (equine Corionic Gonadotrophin) ao 11º dia pós-parto, com o objectivo de indução e sincronização do cio. A beneficiação foi realizada ao 13 º dia, por cobrição natural. Os desmames efectuaram-se entre os 35 e 40 dias. Das 594 cobrições realizadas entre os meses de Janeiro e Agosto de 2010, resultou, para o total das bandas, uma taxa de fertilidade de 57,16% ±15,00 com o valor mais elevado em Abril (82,90%), uma prolificidade de 4,67±0,86 láparos com o valor mais alto no mês de Abril (6,10) e uma fecundidade de 2,68±0,94 láparos sendo mais elevada no mês de Junho (4,00). As taxas de mortalidade ao parto e aleitamento foram de 14,18%±17,14 e de 28,76%±16,32 respectivamente, com os valores mais baixos a serem registados em Janeiro (0,00 % e 6,90%, respectivamente). O número médio de láparos desmamados foi de 1...

‣ Contribuição para o estudo duma população de coelhos selvagens Oryctolagus cuniculus L. da Ilha das Flores : Arquipélago dos Açores, Portugal

Carvalho, Gil Ferraz de; Almeida, Luís Mexia de
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Relatório
Publicado em /06/1990 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
IV Expedição Científica do Departamento de Biologia – Flores 1989.; 0 objectivo deste trabalho foi a colheita duma população de coelhos selvagens Oryctolagus cuniculus L. na Ilha das Flores e a obtenção dos seus diversos parâmetros anátomo-morfológicos. Uma primeira parte deste trabalho é consagrada a dados históricos, o ambiente geográfico e a ocupação do solo. Numa segunda parte o estudo versa a relação entre o peso do cristalino e a idade dos coelhos. Numa terceira parte faz-se a análise da distribuição da idade e o sexo da população colhida.

‣ Contribuição para o estudo de uma população de coelhos selvagens (Oryctolagus cuniculus L.) na ilha de Santa Maria e o impacto do R.V.H.D. na população local.

Carvalho, Gil Ferraz de; Almeida, Luís Mexia de
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Relatório
Publicado em //1991 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
V Expedição Científica do Departamento de Biologia – Santa Maria e Formigas 1990.; 0 objectivo deste trabalho foi o estudo do impacto do R.V.H.D. na população de coelhos selvagens (Oryctolagus cuniculus L. ) na Ilha de Santa Maria. A parte introdutória consta de dados históricos, geográficos, climáticos, ocupação do solo, análise dos nutrientes do solo e das plantas e determina-se da idade da população colhida, pelo método do cristalino (MYERS & GILBERT, 1968). Estudou-se a mortalidade causada pelo R.V.H.D. nos diferentes grupos etários. A mortandade na Ilha de Santa Maria encontra-se dentro dos parâmetros estatísticos apresentados pela "EUROPEAN SOCIETY FOR VETERINARY VIROLOGY". (FRANCE, 1989).

‣ Estudo de uma população de coelhos selvagens (Oryctolagus cuniculus L.) na ilha de São Jorge, Açores.

Carvalho, Gil Ferraz de; Ferrand, Nuno; Fonseca, Amélia; Branco, Madalena; Azevedo, Mário; Mendes, Rosa; Batista, Paulo; Mântua, Pedro
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Relatório
Publicado em /06/1993 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
VII Expedição Científica do Departamento de Biologia - São Jorge e Topo - 1992.; Na "Expedição Científica" realizada pelo Departamento de Biologia da Universidade dos Açores à Ilha de São Jorge (27/6 a 4/7/92) tivemos como objectivos efectuar a colheita de uma população de coelhos selvagens (Oryctolagus cuniculus) para a obtenção de diversos parâmetros que nos permitissem efectuar diversos estudos tais como: a evolução da dinâmica populacional após a introdução do R.V.H.D. (doença hemorragica): a determinação da idade da população: a análise dos dados anatomo-morfológicos e vários estudos electroforéticos de sangue obtido por punção cardiaca (5 cm3) e de amostras de rim e fígado dos especimens colhidos.

‣ Estudo preliminar de alguns parâmetros de uma população de coelho selvagem (Oryctolagus cuniculus) da Ilha do Faial, Açores.

Carvalho, Gil Ferraz de; Fonseca, Amélia; Cruz, Agostinho; Célio, Paulo; Mântua, Pedro; Simões, Carla; Silva, Susana; Arruda, Genoveva
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Relatório
Publicado em //1994 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
Entre 26 de Junho a 3 de Julho de 1993, efectuou-se a Expedição Científica do Departamento de Biologia da Universidade dos Açores à ilha do Faial. O Coelho-bravo (Oryctolagus cuniculus) é uma espécie de ampla distribuição mundial, estando intimamente ligada a processos de colonização. Embora originário da região mediterrânea, caracterizada por um clima com uma demarcada estação seca, o coelho-bravo adaptou-se muito bem a uma grande variedade de habitats onde foi introduzido. Deste modo constitui um dos mamíferos mais abundantes que ocorre no Arquipélago dos Açores, sendo a sua principal espécie cinegética. Tanto os aspectos históricos e evolutivos como as da sua ecologia, tornam de maior interesse a realização de estudos científicos no sentido de avaliar o carácter adaptativo e evolutivo bem assim o estudo da dinâmica populacional desta espécie .

‣ Análise genética de proteínas em coelho-bravo (Oryctolagus cuniculus L.) da Ilha Terceira.

Fonseca, Amélia; Carvalho, Gil Ferraz de; Cruz, Agostinho; Cardoso, Margarida; Mântua, Pedro
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Relatório
Publicado em /06/1996 Português
Relevância na Pesquisa
69.805205%
IX Expedição Científica do Departamento de Biologia - Terceira 1994.; A introdução do coelho-bravo Oryctolagus cuniculus L., 1758, na ilha Terceira data do Século XV. Este trabalho pretendeu caracterizar geneticamente a população de coelho-bravo existente na ilha Terceira. Foram analisados 14 loci (ADA, AK, AMY2, CAI, CAII, DIA, GUK, HBA, HBB, NP, PGD, PGP, PSP e TF), tendo-se encontrado polimorfismo em 7 deles (ADA, AK, AMY2, HBA, NP, PGD e TF). As restantes proteínas (CAI, CAII, DIA, GUK, HBB, PGP e PSP) não apresentaram qualquer variação na população terceirense. Determinaram-se as frequências alélicas dos loci polimórficos e compararam-se com outras populações açorianas já estudadas e com populações continentais portuguesas. As evidências apontam para uma origem das populações de coelho-bravo dos Açores a partir de populações selvagens continentais e, neste caso, as populações açorianas, tal como as populações continentais portuguesas, derivaram da subespécie 0. cuniculus algirus.

‣ Effects of genetic selection on the expression and activity of intermediate metabolism regulatory enzymes, muscle structure and testicular function: from the Oryctolagus cuniculus algirus to the Oryctolagus cuniculus cuniculus

Harten, Sofia Varela van
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
50.23194%
Tese de Doutoramento em Ciência e Tecnologia Animal; O objectivo deste trabalho é a identificação da actividade e da expressão genética de enzimas reguladoras do metabolismo intermediário. O efeito da restrição alimentar na expressão proteica do músculo e na actividade angiogénica testicular também é abordada. São utilizadas duas raças de coelhos: oryctolagus cuniculus algirus, o coelho bravo (WR) e uma raça de carne de alta produtividade, oryctolagus cuniculus cuniculus (coelho NeoZelandês-NZ). Os grupos experimentais foram sujeitos a restrição alimentar (30% da alimentação ad libitum) durante 30 dias, resultando numa perda de peso de 17.7% nos NZ (n=11) e 21.7% nos WR (n=10). Os grupos controlo foram alimentados ad libitum (NZ, n=10; WR, n=9). Um grupo com restrição mais acentuada (NZHR-34.7%perda de peso) foi utilizado no estudo da angiogénese testicular. Os nossos resultados das actividades das enzimas sugerem que os NZ apresentam um melhor controlo da glicemia e uma maior disponibilidade energética dos substratos através das acções das enzimas HK, PFK e PK. Os resultados do metabolismo proteico mostram que o grupo WR apresenta um nível de actividade inferior na desaminação do glutamato. Apesar dos WR apresentarem um nível superior do mRNA da HL...

‣ Estudo dos níveis de L-lactato em plasma de coelho (Oryctolagus cuniculus) : determinação de valores de referência e seu valor prognóstico

Dias, Sara Raquel Correia
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 08/11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
69.91971%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Em medicina humana, diversos estudos demonstraram que a medição do lactato sérico é um instrumento útil no diagnóstico, monitorização e prognóstico de uma larga variedade de síndromes clínicas. Em medicina veterinária, muito pouco foi relatado sobre índices prognósticos do lactato. A hiperlactatémia e a acidose láctica ocorrem frequentemente em medicina veterinária, em animais em estado crítico que apresentam alterações clínicas únicas ou múltiplas, tais como choque, insuficiência hepática, septicémia, neoplasias, envenenamento, entre outras. As situações de hipoperfusão e consequente hipoxigenação conduzem a um aumento do metabolismo anaeróbio e como resultado, à hiperlactatémia. Com a elaboração deste trabalho pretendeu-se, determinar os valores de referência de Llactato plasmático em coelhos (Oryctolagus cuniculus), bem como avaliar e interpretar diferenças nos níveis de lactato entre coelhos doentes e não doentes e também entre animais sobreviventes e não sobreviventes, que ingressaram no Centro Veterinario Los Sauces, para consulta ou que permaneceram internados na UCI. Ao mesmo tempo, pretendeu-se detectar diferenças nos níveis de lactato consoante a patologia presente e efectuar a comparação com a respectiva evolução em termos de sobrevivência. De acordo com o estudo...

‣ Tear production, intraocular pressure and conjunctival microbiota, cytology and histology of New Zealand rabbits (Oryctolagus cuniculus)

Oriá,Arianne P.; Gomes Junior,Deusdete C.; Arraes,Elane A.; Estrela-Lima,Alessandra; Pinna,Melissa H.; Meneses,Íris D.S.; Martins Filho,Emanoel F.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
The purpose of this study was to establish reference values for selected ophthalmic diagnostic tests in New Zealand rabbits (Oryctolagus cuniculus). A total of 22 adult male rabbits were used. The ophthalmic tests included evaluation of tear production with Schirmer tear test 1(STT1) and Endodontic absorbent paper point tear test (EAPPTT) using two different commercial brand materials. Applanation tonometry, Culture of the conjunctival bacterial flora, , conjunctival cytology and conjunctival histology were also performed. Mean (±SD) for STT1, EAPPTTa, EAPPTTb and IOP was 7.27±2.51mm/min, 12.43±1.69mm/min, 15.24±2.07mm/min, 12.89±2.80mm Hg, respectively. Staphylococcus epidermidis, Staphylococcus sp. and Bacillus sp. were predominant. The cytological evaluation revealed the presence columnar epithelial cells, superficial squamous keratinized cells, lymphocytes, heterophils, red blood cells, mucus and bacteria. The histological analysis revealed a stratified epithelium, characterized by the presence of columnar epithelial cells with a large number of goblet cells. The reported data can be used for therapeutic or experimental purposes.

‣ Use of space by sympatric European hares (Lepus europaeus) and European rabbits (Oryctolagus cuniculus) in Australia

Stott, P.
Fonte: Urban & Fischer Verlag Publicador: Urban & Fischer Verlag
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
Use of space by sympatric European hares (Lepus europaeus) and European rabbits (Oryctolagus cuniculus) was investigated in a coarse-grained environment in the Mediterranean climatic zone of Australia by telemetric methods. There was a high degree of overlap between rabbits and hares during the day, when both species made use of native vegetation as cover. At night, hares travelled further than rabbits. Well after both species had become active, the hares still spent time in crop and pasture areas utilised by rabbits, although partial avoidance was detected in the periods around dawn and dusk. Rabbit home ranges were c.10 ha, but at 149 ha mean hare home range area matched the maximum predicted for a herbivorous species of its size. Home ranges of rabbits, and overlap between male rabbits, decreased as succulent green feed became available. Home ranges of hares remained large, and overlap between male hares remained high, irrespective of the availability of green feed.; http://www.elsevier.com/wps/find/journaldescription.cws_home/701782/description#description

‣ Can the invasive European rabbit (Oryctolagus cuniculus) assume the soil engineering role of locally-extinct natives?

James, A.; Eldridge, D.; Koen, T.; Moseby, K.
Fonte: Springer Netherlands Publicador: Springer Netherlands
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
Habitat modifying species can play crucial roles in ecosystem function. Invasive engineers may assume these roles where native engineers have been lost from the system. We compared the dynamics of the foraging pits of an invasive engineer, the European rabbit (Oryctolagus cuniculus) with two native mammals, the greater bilby (Macrotis lagotis) and the burrowing bettong (Bettongia lesueur). Foraging pits are small surface depressions created by animals when they forage for seeds, bulbs, roots, invertebrates and fungi. We measured foraging pit density and turnover, and density and richness of plant seedlings in pits and adjacent surfaces across three landforms representing a gradient in resource availability inside (bilbies and bettongs), and outside (rabbits only) a reserve in an arid Australian shrubland over 2 years. Pits of the native engineers contained 80% more seedlings (11.2 plants m−2) than rabbit pits (6.22 plants m−2). Further, rabbit pits supported 3.6-times fewer seedlings than equivalent non-pit surfaces outside the exclosure. Only one plant species was restricted entirely to pits. The reserve had more foraging pits and greater turnover than outside, but contrary to prediction, pit effects on seedling density were no greater in the more resource-limited dunes. There were some strong temporal and landscape effects on pit density and species composition...

‣ A systematic study of the brain base arteries in the rabbit (Oryctolagus cuniculus)

Souza,Fernanda de; Campos,Rui
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
The brains of 30 New Zealand rabbits (Oryctolagus cuniculus) were injected with red stained latex. The arteries of the ventral surface of the brain were systematized on the right (R) and on the left (L) side with the respective percentage of appearance: the aortic arch emitted the braquicephalic trunk and the left subclavian artery (83.3%); or the braquicephalic trunk, the left common carotid artery and the left subclavian artery (16.7%). The braquicephalic trunk emitted the right and the left common carotid arteries and the right subclavian artery (83.3%); or the right common carotid artery and the right subclavian artery (16.7%). The common carotid arteries were divided into external and internal carotid arteries (96.7% on the R, 100% on the L.). The internal carotid artery to the R was present (96.7%) and absent (3.3%), and to the L, was present (100%). The rostral choroidal artery to the R was collateral branch of the rostral branch of the internal carotid artery (83.3%), collateral branch of caudal branch of the internal carotid artery (16.7%), and to the L was collateral branch of the rostral branch of the internal carotid artery (93.3%), collateral branch of the caudal branch of the internal carotid artery (6.7%). The middle cerebral artery to the R and to the L was single (80%) and double (20%). The rostral cerebral artery to the R had middle caliber (90%)...

‣ Aspectos reprodutivos e perfil metabólico de coelhas (Oryctolagus cuniculus) suplementadas com geleia real in natura.

Dutra, Patrícia Alves
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Português
Relevância na Pesquisa
69.69265%
Objetivou-se avaliar o efeito da suplementação via oral de geleia real in natura sobre parâmetros reprodutivos e perfil metabólico de coelha (Oryctolagus cuniculus). Foram utilizadas 36 coelhas das raças Califórnia e Nova Zelândia, distribuídas em quatro grupos (G), sendo: Grupo 1 (n=9): sem suplementação com geleia real, Grupo 2, 3 e 4 (n=9): suplementação com 10, 20 e 40 mg/dia de geleia real in natura. Os animais foram suplementados por 11 meses. As fêmeas foram superovuladas, submetidas à cobertura natural e eutanasiadas 72 horas após a cópula, para coleta dos embriões e do plasma sanguíneo. Foram avaliados os seguintes parâmetros: peso do útero; peso, largura, comprimento e altura dos ovários; índice gonadossomático; comprimento e diâmetro da tuba uterina e corno uterino; número de folículos e de corpos lúteos nos ovários; taxa de recuperação embrionária; número de estruturas totais recuperadas, número de embriões viáveis e degenerados; qualidade morfológica dos embriões viáveis. Foram determinadas as concentrações plasmáticas de glicose, colesterol total, lipoproteína de alta densidade (HDL), lipoproteína de baixa densidade (LDL), lipoproteína de muito baixa densidade (VLDL), triglicerídeos...

‣ First epizootic of rabbit hemorrhagic disease in free living populations of Oryctolagus cuniculus at Doñana National Park, Spain

Villafuerte, Rafael; Calvete, C.; Gortázar, Christian; Moreno, Sacramento
Fonte: Wildlife Disease Association Publicador: Wildlife Disease Association
Tipo: Artículo Formato: 543485 bytes; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
4 pages.-- PMID: 8028101 [PubMed].; The first known epizootic of rabbit hemorrhagic disease (RHD) occurred in two free-living wild rabbit (Oryctolagus cuniculus) populations at Donana National Park, Spain. Rabbit population density was not correlated to RHD mortality. Only adult animals were affected; males and females had similar mortality rates.; This paper is a contribution of the Convenio de Cooperación ICONA-CSIC, 1990-92.; Peer reviewed

‣ Distribución actual y dispersión del conejo europeo (Oryctolagus cuniculus) en Mendoza (Argentina)

Bonino, Never; Soriguer, Ramón C.
Fonte: Sociedad Argentina para el Estudio de los Mamíferos Publicador: Sociedad Argentina para el Estudio de los Mamíferos
Tipo: Artículo
Português
Relevância na Pesquisa
69.35746%
El conejo silvestre europeo (Oryctolagus cuniculus) es una especie nativa de la parte suroccidental de Europa y septentrional de Africa y ha sido introducida en diferentes regiones del mundo incluyendo Australia, Nueva Zelanda y Sud América (Flux y Fullagar, 1983). En este último continente, el conejo se encuentra solamente en la parte meridional donde los primeros individuos fueron introducidos en Chile (tanto en Tierra del Fuego como en la parte central del país) y desde donde invadieron territorio argentino (Jaksic y Yañez, 1983; Zunino, 1989) (Fig. 1). En Argentina, el conejo se encuentra establecido en tres áreas bien definidas (Fig. 1): a) Tierra del Fuego e Islas Malvinas (Amaya y Bonino, 1981); b) Sudoeste de Santa Cruz (Clarke y Amaya, 1986) y c) Neuquén y sudoeste de Mendoza (Bonino y Amaya, 1984). En esta última área el conejo se encuentra en un proceso activo de expansión geográfica que le ha permitido colonizar con éxito gran parte de Neuquén y el sudoeste de Mendoza (Bonino y Gader, 1987).; Peer reviewed